Fórum Inativo!

Atualmente Lodoss se encontra inativo. Saiba mais clicando aqui.










Vagas Ocupadas / Vagas Totais
-- / 25

Fórum Inativo!

Saiba Mais
Quadro de Avisos

>Dizem as más línguas que o anão Rookar, que fica no Porto Rangestaca, está procurando por mercenários corajosos - ou loucos - que estejam afim de sujar as mãos com trabalhos "irregulares". Paga-se bem.

> Há rumores sobre movimentações estranhas próximas aos Rochedos Tempestuosos. Alguns dizem que lá fica a Gruta dos Ladrões, lar de uma ordem secreta. Palavra de goblin!

> Se quer dinheiro rápido, precisa ser rápido também! O Corcel Expresso está contratando aventureiros corajosos para fazer entregas perigosas. Por conta da demanda, os pagamentos aumentaram!

> Honra e glória! Abre-se a nova temporada da Arena de Calm! Guerreiros e bravos de toda a ilha reúnem-se para este evento acirrado. Façam suas apostas ou tente sua sorte em um dos eventos mais intensos de toda ilha!




Quer continuar ouvindo as trilhas enquanto navega pelo fórum? Clique no botão acima!

[Ficha] Sylia

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

[Ficha] Sylia

Mensagem por Sylia Albath em Sab Jul 30, 2016 11:37 pm

Informações pessoais


Nome: Sylia
Idade: 21 ☾
Sexo: Feminino
Altura: 1,67 ↟
Raça: Humana
Terra Natal: Hilydrus
Lodians (L$): 0
Nível: 2 / Exp: 300/1000

Lembranças de Sylia:

Em meio a calada da noite, o fraco luar iluminava a jovem, seus passos rápidos e respiração ofegante tinha um motivo, os gritos em suas costas perseguindo-a, estava em uma floresta? A sua vista não podia distinguir bem, a velocidade com que passava não a deixava captar o cenário, o escuro não ajudava em nada, tampouco o cansaço, a quanto tempo já estava nesse embate? Teria se cansado por uma luta?

Em meio aos gritos repetindo para ir atrás dela, a pegar, não deixa-la escapar, era possível escutar os pássaros sendo acordados, os predadores incomodados com o barulho atacando, oras, não eram os únicos lá. E isso valia tanto para os perseguidores, com vozes ameaçadoras e auras malignas a ponto de deixar a mulher com desespero de vida ou morte, não parando por um segundo na fuga, mesmo chegando a exaustão, com o passo aos poucos diminuindo, mantinha seu rumo de fuga, quanto para si mesma. Uma sombra saltou em sua frente, o máximo que pode identificar daquele semblante era o formato de um felino enorme, só sua sede de sangue foi o suficiente para faze-la mudar o rumo, se arremessando ao lado. O problema é que era um declive, no qual ela rolou desenfreadamente por tropeçar no caminho inesperado, e quando finalmente sua sessão de giros terminou, não veio para melhor, uma queda livre imensa em direção às águas.
Teve o tempo suficiente para expelir o ar que tinha, encher seus pulmões para o mergulho e... SPLASH!

- Uah! Uhhhh, uhhhh... Esse sonho de novo?.

Com o susto da queda, acordava de seu sonho no chão gelado de pedra, em meio a um breu total, uma escuridão feita artificialmente, em um calabouço, sua voz ressoava pelo caminho em conjunto com murmúrios e gemidos de desespero, respirações pesadas dormindo naquele gélido subterrâneo com as trouxas que davam no momento que chegasse lá, os equipamentos que a jovem portava já não estavam mais com ela, talvez guardados em algum local ou vendidos. O que vestia agora era uma simples calça e camisa marrons desbotadas, e um par de meias improvisado que conseguiu rasgando trapos de outros detentos que não estavam mais entre os vivos.
Sua cela era dividida com uma Drow, extremamente misticista, tanto que é a causa de estar lá, rituais macabros e inumanos a fizeram chegar onde estava, e sua fé a cada dia naquele local se despedia mais, pois os deuses haviam a abandonado.

Bem, ao menos sabia o motivo de estar lá, já a mulher de cabelos brancos nem isso tinha o direito, pois não lembrasse de nada, seja família, amigos, infância ou trabalho, qualquer detalhe de sua vida desapareceu, apenas a base se conservou, instintos de como falar, andar ou lutar, conhecimentos que adquiriu na vida, porém o seu "Eu" havia sido apagado da memória, e apenas quando foi torturada com choques que conseguiu se lembrar de seu nome, apenas o nome,"Syilia" e com isso, lembrou-se de sua idade.

Mesmo sem quaisquer memórias, a jovem sabia que era inocente, e ligava a perda de memória à queda de seus sonhos, sua provável ultima lembrança fresca, outros sonhos que pareciam reais a atormentavam menos, contudo não se conseguia extrair muito deles, pois eram vagos e distorcidos.

Já faziam alguns dias, ou semanas? Sequer lembrava, mas havia passado tempo demais naqueles calabouços, muito menos que a maioria, ainda sim, tempo demais para ela. Seu desejo de fugir era partilhado pera maioria, contudo sua perseverança, coragem e vontade não, aqueles poucos que tentavam algo, costumavam voltar para contar o qual a ideia é ruim, ou melhor, transmitiam a mensagem com seus cadáveres putrefatos de demonstração, assolando o coração daqueles com a mente fraca e diminuindo as forças de resistência para um motim.

Sylia sabia, evitar confusões é o melhor método de se manter viva, e assim fazia, porém contatos são necessários para conseguir informações, e o que ela menos tinha naquele momento era isso, o máximo que descobriu é que estavam em Hilydrus, o que significa longe da famosa prisão de Takaras, Furnace, e longe das terras amaldiçoadas, tranquilizando a maioria burra o suficiente para não perceber o perigo de uma prisão tão grandiosa e cruel quanto Furnace, porém sem nome, dando maior liberdade aos carcereiros. Isso se fosse tão grande, sequer era possível ver algo além das próprias celas e um pequeno local mais aberto onde podia comer algo e se banhar.

Todos dias quando caia no sono, algum sonho vinha atormentar, aquela sensação horrível do local, aquele frio, precariedade, comida horrível, falta de liberdade, era extremamente frustrante para Sylia, era precisava fugir de lá o quanto antes, e é o que faria.


__________________________________________________________________________________________________

Características



Aparência:
How she is:

Uma mulher de cabelo liso, branco como a neve que cai ao norte, se estende até abaixo de seu pescoço, porém geralmente está preso para não atrapalhar em batalhas, deixando-o solto somente em ocasiões especiais ou em definitiva segurança.
Sua pele é clara e lisa, com sardas no rosto e uma cicatriz extensa no olho esquerdo. Seus olhos são de um verde profundo como a floresta Allgreen, mística e intrigante, fitando com desconfiança os poucos dignos de seu olhar.
Corpo esbelto como de uma elfa da floresta, é magra, ainda sim possui musculatura definida e força como de uma semi-orc, já sua beleza pode se assimilar a de uma vampira, com seios fartos e glúteos avantajados, podendo seduzir suas presas.
Seus lábios são um pouco mais carnudos que o normal, aparentando uma maciez, já o nariz não é nem grande nem pequeno, nem arrebitado nem abaixado, comum, o que não desvaloriza em nada sua beleza.
Seu semblante é muito variável, assim passando pré conceitos muito ambíguos, onde uma pessoa pode a ver como amigável e doce, outra logo depois pode a considerar rude e violenta.



Personalidade:
How she thinks:

É uma garota um pouco reservada, guardando para si seus sentimentos e ideais em geral, apenas expondo o que for necessário, e quando for necessário. Perspicaz, costuma ler entre as entrelinhas, entender a situação com mais facilidade, e até se for necessário, atuar um pouco para se adequar ao local, consegue criar hipóteses e planos rapidamente, o que lhe dá certa vantagem psicológica quando confrontada de surpresa; É um pouco antipática de início, porém após obter confiança na pessoa, se torna mais sociável. Coisa que é um pouco complicada, já que é bem desconfiada com os outros, sempre mantendo um pé atrás para não ser surpreendida de guarda baixa.
Possui uma índole benévola, seguindo a justiça e acreditando em fazer o que é certo.
Costuma evitar se engajar em assuntos alheios, entretanto é empenhada no que faz se devotando totalmente.
Em seus gostos particulares, possui certa queda pelo whisky, e quando bebê muda de personalidade, ficando muito mais espontânea e amigável.
.

__________________________________________________________________________________________________

Atributos


Força: E 2
Energia: E 2
Agilidade: D 4
Destreza: D 4
Vigor: D 4

Habilidades Especiais: Aqui

Equipamentos:
Espada Nv. 01
Blusa de algodão branca presa com uma fita no busto
Sutiã branco
Espartilho corset de couro com cinto preto Nv. 01
Luva de couro escuro Nv. 01
Calça de couro escuro com 'pregos'  Nv. 01
Botas de couro claro Nv. 01
Cantil prateado
Bolsa pequena de couro presa no cinto
Imagem:

--------------------

Contato Pessoal: S: fenixsuprema FB: /Megalovaniak


Última edição por Sylia Albath em Qua Ago 10, 2016 11:51 pm, editado 30 vez(es)

_________________
Sylia
Força: E
Energia: E
Agilidade: D
Destreza: D
Vigor: D


Inventário:

Lodians (L$): 0
Arma(s):Adaga Nv. 01.
Armadura(s): Espartilho de couro Nv. 01
Luvas de couro Nv. 01
Calça de couro escuro Nv. 01
Botas de couro Nv. 01
Na bolsa: Cantil de água
-x-
-x-
avatar
Sylia Albath

Pontos de Medalhas : 0
Mensagens : 18
Idade : 19
Localização : -x-

Ficha Secundária
Título: Nenhum
Lvl: 1
Raça: Feral

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Ficha] Sylia

Mensagem por NT Bird em Dom Jul 31, 2016 12:41 am

Off: Sei que não sou avaliador mas eu só queria postar pra dizer que achei a ficha muito ispesial, e também pra avisar que ele só começou Nível 2 e tal porque foi conversado e tal que ele ia reiniciar o personagem enfim, mas antes ia terminar aquela historinha lá, a experiência ganha então seria transferida pro novo pp, etc. Só isso, grande abraço pro fenisSuprema
avatar
NT Bird

Pontos de Medalhas : 0
Mensagens : 87

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum