Fórum Inativo!

Atualmente Lodoss se encontra inativo. Saiba mais clicando aqui.










Vagas Ocupadas / Vagas Totais
-- / 25

Fórum Inativo!

Saiba Mais
Quadro de Avisos

>Dizem as más línguas que o anão Rookar, que fica no Porto Rangestaca, está procurando por mercenários corajosos - ou loucos - que estejam afim de sujar as mãos com trabalhos "irregulares". Paga-se bem.

> Há rumores sobre movimentações estranhas próximas aos Rochedos Tempestuosos. Alguns dizem que lá fica a Gruta dos Ladrões, lar de uma ordem secreta. Palavra de goblin!

> Se quer dinheiro rápido, precisa ser rápido também! O Corcel Expresso está contratando aventureiros corajosos para fazer entregas perigosas. Por conta da demanda, os pagamentos aumentaram!

> Honra e glória! Abre-se a nova temporada da Arena de Calm! Guerreiros e bravos de toda a ilha reúnem-se para este evento acirrado. Façam suas apostas ou tente sua sorte em um dos eventos mais intensos de toda ilha!




Quer continuar ouvindo as trilhas enquanto navega pelo fórum? Clique no botão acima!

Rancho Eldest

Página 3 de 3 Anterior  1, 2, 3

Ir em baixo

Rancho Eldest

Mensagem por ADM GabZ em Sab Fev 22, 2014 1:54 pm

Relembrando a primeira mensagem :


O Rancho Eldest é referência em toda ilha, possuindo uma estrutura formidável para criação de cavalos, grifos e hipogrifos. Recentemente o rancho fez um acordo com o Exército Real de Hilydrus, desta forma tendo um investimento maior por parte do reino. Com isso a estrutura aumentou consideravelmente, sendo que antes o rancho comportava apenas cavalos. Parte da frota, no entanto, é destinada ao exército como parte do acordo, mas graças a isso o lugar possui vigia constante de soldados reais, garantindo a segurança de todos.

Os animais criados aqui são saudáveis e bem cuidados, sendo os cavalos mais fáceis de se lidar. Os grifos e hipogrifos, no entanto, são mais temperamentais. Tendo a inteligência um pouco mais superior à de um cavalo, estes seres alados são mais teimosos e ariscos, sendo difícil deixarem qualquer um montarem neles. Por conta disso a doma é mais acirrada e seu valor, naturalmente, muito mais alto. Como vantagem os grifos e hipogrifos, além de voarem claro, são muito mais leves do que dragões, sendo também mais fáceis de alimentar. São bastante independentes e, quando bem treinados, é possível chamá-los com um assovio.

O responsável pelo rancho atualmente é o ex-general Firehawk, aposentado depois da guerra mesmo com pouca idade. Durante a fatídica batalha, Firehawk foi atingido pelo fogo esverdeado de um necrodraco, perdendo assim todo seu braço direito e do joelho para baixo de sua perna direita. Hoje ele consegue andar normalmente graças à ajuda de uma perna de madeira feita especialmente para ele, sendo praticamente impossível de notá-la quando trajando calças, o que é costume do ex-general.

Trabalhar aqui garante um bom salário e, quem sabe, uma vaga no exército real.


Última edição por ADM GabZ em Sab Jul 15, 2017 7:11 pm, editado 1 vez(es)

_________________
avatar
ADM GabZ

Pontos de Medalhas : 999
Mensagens : 1141
Localização : Extrema - MG

Ficha Secundária
Título:
Lvl: 1
Raça: Humano

Ver perfil do usuário http://www.flickr.com/photos/gabzero

Voltar ao Topo Ir em baixo


Re: Rancho Eldest

Mensagem por Pacificador em Qua Fev 17, 2016 3:46 pm

Balltier inclinou sua cabeça para a esquerda como se a proposto de Near não fizesse sentido para ele. Parou e observou o garoto pensando em uma resposta, mas nada veio em sua cabeça, então decidiu começar do começo tentando fazer um elo de informações relevantes. - Eu sou Balltier, um homúnculo desde que eu fui criado fazem 9 anos. - Parou pensando ainda mais em mais informações sobre ele, ele detinha conhecimento sobre seu corpo e até mesmo sobre a alquimia, mas não conhecia como iria dar informações relevantes sem revelar informações sobre seus guardiões. Piscou e voltou a olhar para Near 9, claro ele estava olhando para o garoto, mas só agora focava sua atenção nele. - Eu tenho que aprender sobre o mundo... As vezes tenho uma sensação como se isso não fosse meu objetivo, então... Bem, tenho que continuar aprendendo. - Agora ele queria ouvir sobre Near, mas não tinha um bom motivo para pedir isso, então ficou quieto.

_________________
Balltier El Raizel

MO$:0

Força: 0 (F)
Energia: 4 (D)
Agilidade: 4 (D)
Destreza: 4 (D)
Vigor: 2  ++ (E)
avatar
Pacificador

Pontos de Medalhas : 0
Mensagens : 57
Idade : 23
Localização : .-.

Ficha Secundária
Título: Nenhum
Lvl: 1
Raça: Homúnculo

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Rancho Eldest

Mensagem por Near em Sab Fev 20, 2016 10:47 pm

Não sei ao certo sobre como homúnculos são ao nascer mas creio que Ball não tivesse um objetivo naquele exato momento, claro, além de adquirir conhecimento, o que me fez pensar em como ele havia parada aqui sozinho, talvez ele fosse como eu, apenas buscando o que fazer sem nenhum objetivo claro em mente, mas fiquei quieto sobre este assunto pois creio que seria ultrajante perguntar alto tão pessoal.

As falas de Balltier foram breves porém claras, era exatamente isto que esperava, creio que o conhecendo melhor poderia saber o que esperar, pelo que pude perceber ele era normal, creio que pudesse ser uma boa pessoa. Acredito que após Ball falar ele esperaria que fizesse o mesmo, visto que era o que eu havia proposto, logo não iria deixar de faze-lo, por isso disse:

— Bem, você já contou sobre você, creio que agora é minha vez. Meu nome é Near, sou um humano comum, nasci nas Montanhas da Neve Eterna, onde cresci e vivi durante toda minha vida, pelo menos até agora. Eu sou de uma pequena tribo, onde temos várias tradições, as quais me trouxeram para cá. Não tenho muitas coisas para contar, sempre vivi na minha tribo e como já lhe disse essa é a primeira vez que saio dela, mas se tiver alguma dúvida é só perguntar.

Após dizer aquelas palavras fiquei em silêncio, não havia mais nada a contar, a não ser que ele me perguntasse, logo resolvi não lhe fazer mais perguntas, já havia perguntado até demais, não me intrometeria ainda mais. Simplesmente estava esperando chegar ao nosso destino e receber as ordens que me fossem impostas.

_________________

Near - L$: 0

| Força: D | Energia: F | Agilidade: D | Destreza: D | Vigor: E |
avatar
Near

Pontos de Medalhas : 0
Mensagens : 10

Ficha Secundária
Título: Nenhum
Lvl: 1
Raça: Humano

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Rancho Eldest

Mensagem por Pacificador em Ter Fev 23, 2016 9:11 pm

O homúnculo se surpreendeu com as palavras de Near, era a primeira vez que ele ouvia sobre uma tribo humana. - Uma tribo como as dos Ferais, eu conheço apenas isso de tribo. Ei, É muito frio na montanha da neve eterna? Por que saiu da tribo? Quais as tradições? Uma tribo não é uma família? Então você saiu da sua família para ficar sozinho ou te descartaram por ser obsoleto? Ah, desculpa, humanos não são obsoletos. - Respirou fundo e logo em seguida pediu desculpas. - Eu exagero... - - Parou por um longo tempo, então olhou para Near novamente. - Me diga Alquimia é segredo? - Olhou esperando uma resposta , talvez tudo que Balltier precisa-se era aprimorar a arte da alquimia na qual seus criadores haviam ensinado, claro sabia de suas limitações. - Criar um homúnculo não é dificil, complicado é fazer sobreviver.-


Respirou fundo, aparentemente o que estava fazendo era jogar conversa fora. - Fogo, terra, água e o ar. São usados na alquimia, não sei se todos o homúnculos tem um elemento basico, ou é apenas uma mistura de oxigênio, carbono, ferro e outras substancias... Mas nem todos conseguem uma forma humana, eu acho que fui criado por restos de alguns humanos. Assustador, não é? - Observou a reação de Near, ainda o estava testando? Era apenas a verdade sendo dita, Balltier considerava melhor falar do que ser desmascarado por terceiros. - Nunca se esqueça de quem você é.  Assim, não poderá ser nunca a sua fraqueza. Arme-se com esta lembrança, e ela nunca poderá ser usada para lher magoar. Meu gurdião me ensinou... Assim são os Homunculos, pelo menos os Humanoides.- Concluiu.

_________________
Balltier El Raizel

MO$:0

Força: 0 (F)
Energia: 4 (D)
Agilidade: 4 (D)
Destreza: 4 (D)
Vigor: 2  ++ (E)
avatar
Pacificador

Pontos de Medalhas : 0
Mensagens : 57
Idade : 23
Localização : .-.

Ficha Secundária
Título: Nenhum
Lvl: 1
Raça: Homúnculo

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Rancho Eldest

Mensagem por ADM GabZ em Qui Fev 25, 2016 12:24 pm

[Muito legal a interação de vocês! Ambos receberam 100 pontos de experiência como bônus de narração!]

A conversa da dupla foi interrompida por uma corneta. Baltier nunca havia ouvido aquele som, mas Near sabia que se tratava daquelas cornetas feitas a partir de chifres de animais. Era um dos anões anunciando a parada. Afinal, já estava anoitecendo.

A caravana fez sua parada em uma clareira cercada por algumas árvores. Deixaram as três carroças em um grande círculo, de forma a não perderem visão de nenhuma. Durante as duas horas seguintes, Near e Baltier ajudaram o grupo a preparar-se para a noite. Montaram uma grande fogueira no centro e algumas barracas. Ao terminarem, a comida já estava pronta e as canecas de cerveja, cheias.

Near e Baltier talvez nunca tivessem experimentado uma comida assim. O assado era de carneiro, o cozido acompanhava cogumelos e raízes de sabor forte, tudo com um cheiro salgado de fazer qualquer um salivar. A cerveja, se tomassem, era também forte e amarga, mas com um suave toque de mel. E claro que os anões não ficaram quietos durante todo esse tempo: contavam histórias de suas jornadas, batalhas e até mesmo de como foram pegos chegando tarde em casa.

— Certa vez — esbravejava um dos anões, este tão careca que sua cabeça refletia a luz da fogueira. — Minha mulher me recebeu com um dos meus martelos. Por Thorin, nem eu consigo usar aquele martelo enorme, mas ela o jogou direto na minha cabeça! Se eu não tivesse tropeçado de tão bêbado, estaria no paraíso!

— Ou no inferno, seu velho bêbado!

Todos riram. Eram realmente histórias divertidas. Hora ou outra, uma história mais aventureira e empolgante surgia, mesmo que acompanhada de alguns soluços. Isso continuou até todos terem se alimentado e, agora, era hora de descansar.

Near e Baltier foram colocados de vigia em uma das carroças. Cada uma tinha dois vigias, dessa forma cobriam toda a área em volta. Esse turno duraria quatro horas, depois poderiam trocar com os demais para dormir.

[Vou precisar que descrevam o quanto estão atentos ou não. Considerem que se divertiram muito, e se beberam, que estão levemente embriagados.]

_________________
avatar
ADM GabZ

Pontos de Medalhas : 999
Mensagens : 1141
Localização : Extrema - MG

Ficha Secundária
Título:
Lvl: 1
Raça: Humano

Ver perfil do usuário http://www.flickr.com/photos/gabzero

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Rancho Eldest

Mensagem por Pacificador em Sex Fev 26, 2016 1:34 pm

Enquanto comentava sobre a sabedoria de seus guardiões, fora interrompido por um som desconhecido, arregalou os olhos em duvida. - O que é isso?- Levantou um pouco tremulo, era difícil se manter em pé na carroça em pleno movimento. Já estava se preparando para pular para fora com a carroça  em pleno movimento...


Balltier, saiu da carroça, sentiu o ar e observou o sol se pondo. Percebeu a forma em que as carroças estavam estacionadas, não questionou ninguém, mas achou estranho. Começou ajudar os anões nas tarefas em que fora pedida, foi até a floresta pegar galhos e folhas secas para a fogueira, pelo menos era isso que acreditava, era isso que a fogueira necessitava. Pegou mais do que necessitavam, iria pegar ainda mais; uma espécie de madeira cheio de musgo e cogumelos, ele tinha quase certeza que a propriedade dela iria fazer a fogueira crepitar com facilidade, mas em compensação o cheiro não era normal quando queimava, claro se alguém não impedisse...


O jovem lavou as mãos diligentemente, então se sentou para comer. Demorou um longo tempo pensando o que iria fazer com a comida, deveria rejeitar? Olhou para Near precisando de ajuda, deveria comentar sobre o fato de não se alimentar como os humanos, estava confuso, indeciso o que deveria fazer. Se levantou com o prato em uma mão e a caneca de cerveja em outra comentou para as pessoas próximo a ele. - Eu volto logo... - Caminhou até uma das arvores próxima em passos rápidos, muito semelhante a uma criança que estava preste a fazer alguma arte, olhou ao redor para ter certeza que não teria ninguém por perto. Cavou com as mãos no solo até um palmo de comprimento e despejou a comida e cerveja no buraco, cobriu logo em seguida. - Tome este alimento, terra.- Murmurou em um tom culposo, era errado, certo? Mas ele compreendia que o alimento iria ser usado pela terra, se transformando em energia para ela. Ergueu a mão até o tronco de uma arvore próxima e absorveu a energia da arvore, esta certo em sua medida? Talvez da próxima vez teria de rejeitar a comida, mas se bem que levar alimento a terra era uma forma deixar o que ele tomava em equilíbrio...

Voltou para a fogueira com o prato limpo junto com a caneca, entregou e não comentou sobre o gosto da carne e dos cogumelos ou até mesmo o gosto da cerveja, parecia estar constrangido em omitir a verdade. Voltou a tempo de ouvir alguma das historia, demorou um longo tempo pensando nas conversas, entendeu o humor dos anões mas era algo básico de mais para rir, uma atitude violenta era algo ruim, morrer também não é bom, rir disso é cruel, não é?. Por isso se manteve calado o restante da noite apenas escutando, aprendendo e esperando, certamente se divertiu, apendeu muita coisa em pouco tempo.


Ficou de vigia com Near. Ele sabia o que era estar de vigia significava. Apenas observar e relatar algo estranho, tipo um Homúnculo tentando andar na madrugada. Balançou a cabeça, estava comparando sua vida anterior com o presente. Olhou para a parte escura por pouco tempo, tornando sua atenção para o alto logo em seguida pensou, onde será que estava a lua? As arvore pareciam diferente sem a luz do sol para iluminar. Estava apenas olhando para a escuridão, pensando, continuou calado. Não iria falar com Near enquanto estava trabalhando, pelo menos isso era seu senso de dever.
Spoiler:
Se fiz errado avisa.

_________________
Balltier El Raizel

MO$:0

Força: 0 (F)
Energia: 4 (D)
Agilidade: 4 (D)
Destreza: 4 (D)
Vigor: 2  ++ (E)
avatar
Pacificador

Pontos de Medalhas : 0
Mensagens : 57
Idade : 23
Localização : .-.

Ficha Secundária
Título: Nenhum
Lvl: 1
Raça: Homúnculo

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Rancho Eldest

Mensagem por Near em Sex Fev 26, 2016 5:54 pm

Ouvia atentamente enquanto Balltier fazia suas perguntas, mas o que mais chamou a atenção de Near foram suas afirmações, os homúnculos pareciam criaturas interessantes, mesmo que Near não conhecessem o básico de alquimia a explicação de Balltier foi simplória o bastante para que intendesse. Near esperava Balltier acabar para que pudesse falar, mas antes que o pudesse fazer os anões tocaram a corneta, havíamos chegado em nosso destino.

Ao descer da carroça Near demonstrava em seu rosto uma expressão de alívio, passou um grande tempo na carroça, não estava exausto mas queria poder esticar as pernas. Após se aliviar o jovem foi ajudar nos afazeres do acampamento, ao terminar se juntou com o restante da caravana para poder comer, o cheiro era algo que nunca havia sentido antes,  a carne parecia estar extremamente saborosa, e não pode negar ao experimentar o assado, não comia algo assim desde que saiu de sua tribo.

Balltier estava sentado ao lado de Near, estava com uma expressão estranha, o que fez Near imaginar o motivo, pois haviam viajado praticamente um dia inteiro sem comer nada, a fome deveria ser tamanha, pelo menos era o que ele estava sentido naquele momento, mas Ball não falou nada e levantou-se dirigindo-se a floresta, Near não disse nada e ficou calado esperando, após algum tempo o mesmo voltou e sentou-se novamente, mesmo estranhando Near resolveu deixar para perguntar outra hora, não queria incomodar Ball com suas perguntas.

Near decidiu não beber, mesmo que parecesse  que estivesse com um gosto bom, pois sabia que deveria se manter atento durante a vigia, apenas ficou lá sentado ouvindo as histórias dos anões, eram realmente engraçadas, em alguns momentos soltava algumas risadas sutis.

Após a noite foi colocado na vigia junto a Balltier, o qual ficou calado durante um bom tempo, logo Near percebeu que seria melhor ficar calado e apenas observar, já que Ball parecia fazer a mesma coisa, se concentrar e permanecer atento a movimentos estranho.

_________________

Near - L$: 0

| Força: D | Energia: F | Agilidade: D | Destreza: D | Vigor: E |
avatar
Near

Pontos de Medalhas : 0
Mensagens : 10

Ficha Secundária
Título: Nenhum
Lvl: 1
Raça: Humano

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Rancho Eldest

Mensagem por ADM GabZ em Ter Mar 01, 2016 5:31 pm

[Um novo jogador vai se unir à vocês!]

@Mikael

A vingança, muitas vezes, é a única coisa que nos move. Ela nos faz viver dia após dia e pode ser causadora de feitos incríveis, mas nem sempre justos. E depois que a vingança é concluída, tudo que resta é o nada. Apenas aquele vazio, a incerteza do que virá depois. E agora? Sua cidade foi destruída, centenas de vidas acabaram e, agora, tudo que Mikael tinha era não apenas o sangue do pai em suas mãos, mas de todos que morreram em sua busca por vingança. Se estava satisfeito, era difícil saber. Mas agora não havia nada que o movesse além de pura e simples vontade de desaparecer.

Isso o levou a Lodoss, uma ilha aonde ele era apenas um desconhecido. Ali não havia o preconceito que tanto o atormentou durante toda sua vida. Era um ninguém. E isso nunca foi tão reconfortante. Ainda assim, não tinha um objetivo em mente. Apenas viajava utilizando sua lábia e carisma, certamente algo valioso naquelas terras.

A certo ponto, durante um jogo de cartas, teve sua primeira onda de azar. Não que estivesse perdendo, claro, mas seus oponentes estavam tão bêbados que imaginaram que ele estava trapaceando. Isso resultou em uma briga feia, o suficiente para fazer com que Mikael não se lembrasse de nada. Tinha sido atingido com um golpe na cabeça e, ao acordar, estava no meio do mato vestindo apenas sua cueca. Havia sido roubado e humilhado, só para completar o dia. A única coisa que lhe restou foi sua cartola favorita.


@Near / Balltier

A noite era muito mais longa quando era preciso ficar acordado. Principalmente quando nenhum dos dois queria trocar uma palavra sequer, concentrados na tarefa de vigiar o acampamento. Aos poucos ficou claro que não foi uma boa idéia. Near ficava com cada vez mais sono, o lugar era tranquilo demais para resistir. Balltier já era diferente, não precisava dormir, mas ainda assim sentia-se entediado e o sono batia.

Até que ouviram um som estranho.

Na verdade, o mais surpreendente não foi o som. Como tinha vindo do lado da dupla, apenas eles ouviram. Mas a surpresa era a figura que saía do meio do mato: um homem alto, de cabelos negros e pele ligeiramente escura. Era elegante, não fosse por um pequeno detalhe: vestia apenas as roupas debaixo e uma cartola.

[Mickael, você está faminto e, claro, ainda atordoado.]
[Near e Baltier, podem agir como preferir. O ideal é deixarem Mikael postar primeiro]

_________________
avatar
ADM GabZ

Pontos de Medalhas : 999
Mensagens : 1141
Localização : Extrema - MG

Ficha Secundária
Título:
Lvl: 1
Raça: Humano

Ver perfil do usuário http://www.flickr.com/photos/gabzero

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Rancho Eldest

Mensagem por Mikael.O.V em Ter Mar 01, 2016 7:13 pm

Seus olhos se abriam mas sua visão estava ainda bem bagunçada. Uma forte dor atrás da cabeça fazia com que este lançasse um gemido para o ar ao mesmo tempo que levava a mão até a região onde doía. A cabeça latejava bastante e até para se sentar foi uma tarefa que precisou de certo esforço, até agora não havia percebido sua situação, a mão que repousava antes na região da pancada agora estava sobre seus olhos, evitando que eles se esforçassem para melhorar seu estado de tontura.

- Caramba... o pessoal hoje em dia levam as coisas muito a sério... -

Enquanto tentava raciocinar sua situação um mix de sensação foram aparecendo, primeiro foi o frio que sentia, não lembrava daquela noite estar tão gelada. O segundo foi a fome, sua barriga roncava e doía, era como se realmente houvesse um buraco nela, e o terceiro foi quando devido a  essa dor Mikael levou sua outra mão a barriga, e finalmente ele percebeu que não havia tecido, os olhos se abriam para verificar e confirmar de que estava apenas com as roupas de baixo. Uma expressão realmente decepcionada se formou em seu rosto, soltou um suspiro e foi tentando se colocar em pé meio cambaleante, tirava a cartola da cabeça e dava uns tapas nela para tirar a poeira ou terra que pudesse ter sujado ela.

- Que situação deplorável e humilhante estou, nunca imaginei que chegaria a este ponto. Que ingênuo que eu fui. Não posso mais subestimar a natureza de um homem, principalmente quando este esta bêbado. -

Olhava ao redor em busca do caminho para voltar para a estrada.. não podia estar tão longe dela naquele momento. Olhando para o céu viu fumaça subindo, e foi nessa direção que seguiu, alguém estava acampando próximo. Acreditava não estar muito distante da estrada, eles não teriam tanto trabalho de leva-lo tão a dentro do nada só para despeja-lo, caminhava devagar se esforçando para manter seu corpo reto, sua barriga doia e sua visão ainda não estava 100% o que o fazia vez ou outra balançar. Ficou pensando se seriam os mesmos homens que o jogaram ali... mas eles não podiam ser tão burros a ponto de joga-lo no mato e acampar tão perto assim... mas para falar a verdade, Mikael estava torcendo muito para que isso fosse verdade.

Sua situação tava tão ruim que sequer conseguia pensar numa forma de se vingar. Com uma mão sempre na barriga como se isso aliviasse a dor ele se aproximava até sair do meio do mato e se deparar com pessoas que ele ainda não conhecia.

- Droga.. bem que podia ser eles... -

Indagava para si mesmo antes de se virar para aqueles que estavam logo a sua frente. A mão livre ia até a borda da cartola a erguendo levemente inclinada em um sinal de cumprimento.

- Boa noite companheiros! Permitiriam seus corações ajudar um rapaz tremendamente necessitado nesse momento? -

Mantinha seu porte educado e calmo, um sorriso se formava em seu rosto, um sorriso simpático como se estivesse achando graça da situação deplorável em que se encontrava, e mesmo com o sorriso no rosto ainda estava com uma expressão um pouco abatida, ele realmente precisava de ajuda por mais que não gostasse de admitir isso.
avatar
Mikael.O.V

Pontos de Medalhas : 0
Mensagens : 14

Ficha Secundária
Título: Nenhum
Lvl: 1
Raça:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Rancho Eldest

Mensagem por Pacificador em Ter Mar 01, 2016 8:25 pm

O garoto se mantinha quieto, sentando na beirada do vagão observando a noite, se passaram algumas horas o que tornava aquilo ainda mais tedioso para o homúnculo. Balançava as pernas sentado na beirada e desviava o olha periodicamente para outra parte escura, estava vigiando. De fato queria perguntar e conversar mas como a noite seguia em silencio, se mantinha firme e quieto. Olhou para Near por poucos segundos, parecia cansado ou até mesmo era a diferença entre seus corpos, deu de ombros, não deveria comparar algo assim, não era de sua natureza pensar que fora criado para se sentir superior. Continuou vigiando até perceber uma movimentação, pareceu não prestar atenção naquilo então continuo calado. - Boa noite. - Respondeu, continuava vigiando ao redor como se a presença do estranho não fosse algo estranho. Parou então arregalou os olhos e se virou para encarar Near. - Um vigia devia avisar sobre algo estranho acontecendo... Acho que isso é estranho né? - Perguntou para Near. Estava claro que o homúnculo não sabia como proceder, então deixou o resto para o jovem Near. Estava escuro por isso era um pouco dificil ver o rosto do homem a sua frente, era alto e portava uma cartola e estava de cueca. -Você esta com calor? - Perguntou seriamente, não tinha a minima noção do motivo de alguém andar apenas de cueca. Assim deixou Near fazer as perguntas normais como qual era o nome e o motivo de estar ali. - Acho melhor levar ele para o Barbafogo. - Disse indiferente, ainda iria se manter vigiando, talvez aquele homem ali não estive-se sozinho. Mas na verdade é que não queria tentar explicar a situação atual, era demasiadamente complicado para alguém como ele.

_________________
Balltier El Raizel

MO$:0

Força: 0 (F)
Energia: 4 (D)
Agilidade: 4 (D)
Destreza: 4 (D)
Vigor: 2  ++ (E)
avatar
Pacificador

Pontos de Medalhas : 0
Mensagens : 57
Idade : 23
Localização : .-.

Ficha Secundária
Título: Nenhum
Lvl: 1
Raça: Homúnculo

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Rancho Eldest

Mensagem por Near em Qua Mar 02, 2016 10:37 pm

Tudo era tão monótono e tranquilo, o frescor da noite, o estrilar dos grilos, tudo dava um aspecto aconchegante e até reconfortante e com esse sentimento vinha o sono, estava entrando em um estado de sonolência cada vez maior me esforçando para não dormir, via Ball me olhar mas o mesmo não demonstrava sono, creio que por ser homúnculo.

Pensava que a noite se manteria no mesmo ritmo mas esse pensamento foi algo momentâneo, um homem surgiu da mata, não estava em meu melhor estado, afinal o sono estava me consumindo aos poucos, por isto demorei ao interpretar suas palavras e Ball o respondeu antes e logo após alguns segundos, com minha consciência retomada, respondi a Ball:

— Você está certo, se não se importa vou conduzi-lo até Barbafogo e gostaria que você ficasse aqui para manter a vigia, não se preocupe volto já!

Olhando para homem em minha frente dei um leve sorriso, talvez por aquilo ser algo que eu realmente não esperasse que acontecesse, me dirigi em sua direção e disse no tom mais amigável possível:

— Vamos! Vou leva-lo ao líder do acampamento, ele decidirá o que fazer.

Ao finalizar minha fala segui até Barbafogo guiando o desconhecido, decidi não fazer perguntas, afinal Barbafogo era o líder e poderia não gostar se tomássemos atitudes por nós mesmos.

_________________

Near - L$: 0

| Força: D | Energia: F | Agilidade: D | Destreza: D | Vigor: E |
avatar
Near

Pontos de Medalhas : 0
Mensagens : 10

Ficha Secundária
Título: Nenhum
Lvl: 1
Raça: Humano

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Rancho Eldest

Mensagem por ADM GabZ em Qui Mar 10, 2016 3:20 pm

Havia muitas coisas que Baltier e Near ainda não sabiam sobre o mundo. Um exemplo é o quanto os dragões são diferentes uns dos outros, tendo várias espécies. Outra é que você nunca deve mostrar a um goblin o quanto você precisa de um item que ele está vendendo. E talvez a mais importante delas era que nunca, em hipótese alguma, acorde um anão que foi dormir bêbado.

Mas claro, o mundo ainda era um mistério para aqueles dois! E Lodoss era um mistério maior ainda para Michael. Tanto que seguiu inocentemente, e despidamente, os dois vigias não muito experientes. Barbafogo, o anão líder, dormia dentro de uma barraca média apenas para ele. Near tomou a dianteira para acordá-lo, primeiro chamando-o pelo nome. Decidiu cutucá-lo. O ronco do anão podia ser confundido com o de um touro. Ele dormia em uma colcha ao chão. Não tendo sucesso, Near decidiu empurrá-lo com o pé. Foi talvez a coisa que mais se arrependeu de fazer aquele dia.

No que pareceu um instante o machado de Barbafogo fez um arco e cravou-se ao chão a apenas 2 centímetros ao lado de Near. A lâmina afundou inteira na terra, tamanha fora a força usada.

— Absumnasdna! — O anão gritou algo em uma língua desconhecida, ou apenas estava incrivelmente enrolado com sua língua. Ele se levantou já retirando o machado da terra com enorme facilidade e preparava outro golpe, até que parou e piscou algumas vezes. — Ora, é você, moleque?!

Ligeiramente cambaleante, o anão apoiou seu machado no chão.

— Espero que tenha um bom motivo para me acordar, quase te cortei ao meio! — e de fato era verdade.


-----------

Explicações feitas, agora Barbafogo estava com o trio do lado de fora de sua cabana. Ele não conseguiu evitar de gargalhar ao ver o estado de Mikael. Outros dois anões haviam acordado e assistiam a cena.

— Meu caro, você tem sorte de eu ter acordado de bom humor! Muito bem, vou te ajudar, mas em troca deverá trabalhar para mim por alguns dias. Nada demais, apenas alguns carregamentos, terminaremos com uma entrega em Takaras. Fique com estes dois, eles serão responsáveis por você. — E, de repente, Mikael teria como babá dois garotos que deveriam ter metade da sua idade.

Um anão trouxe algumas provisões para Mikael: um saco com roupas e uma grande tigela de comida. Era um ensopado com carne, cogumelos e outras especiarias. Estava frio, mas ainda parecia delicioso.

— O que me diz? — Esperou a resposta de Mikael e dos garotos. O cheiro da comida fez o estômago do novato revirar de fome.

_________________
avatar
ADM GabZ

Pontos de Medalhas : 999
Mensagens : 1141
Localização : Extrema - MG

Ficha Secundária
Título:
Lvl: 1
Raça: Humano

Ver perfil do usuário http://www.flickr.com/photos/gabzero

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Rancho Eldest

Mensagem por Pacificador em Dom Mar 13, 2016 1:06 pm

As incertezas eram o que tornava aquele mundo tão exuberante, mesmo sendo inexperiente e até mesmo perdido, como não ficar animado com aquilo? A liberdade, a variedade de escolhas e até mesmo de caminhos que se poderia tomar sem ninguém para testa-lo, de fato era um sentimento conflitoso, será que ele podia fazer mesmo aquilo? Logo após esperar por pouco tempo, ele preferiu seguir com Near, não era uma boa coisa deixar seu único guardião sozinho para se explicar, mesmo que isso tornava as coisas  difíceis para Balltier, ele iria ajudar. E se um dia ele percebe-se como um amigo faria falta e já se tornasse tarde demais? Ele não queria isso.

Seguiu logo atrás do desconhecido, não tinham perguntado o nome do homem, chato sem duvida, com toda certeza se arrependeu de segurar suas perguntas. Entrou na barraca que pertencia a Barbafogo, imaginou que não seria ruim dormi ali, esperou, se barba fogo era um anão aquela barraca media deveria ser uma grande barraca; ergueu a mão até o queixo em uma pose estranha, será que era isso? Na mesma posição viu Near tentando acordar barbafogo, era assim que se acordava as pessoas? Ele brevemente se lembrava de se acordado por uma torrente d'água... Um tanto diferente imaginou. Em apenas um instante algo passou ao lado de Near, de imediato não entendeu o que tinha acontecido, apenas depois do ocorrido que pode entender as circunstancia daquele movimento. Ficou logo atrás, testemunhado a cena e a força do anão em manejar aquele machado. Compreendia de fato que Near poderia ter sido cortado ao meio, era uma lição que ele não iria esquecer tão cedo, não acorde as pessoas sem um balde d'água.


Já fora da cabana do anão, ele se afastou até se aproximar de um dos anões que haviam acordado. " Paramet depois Takaras." Imaginou que seria isso, ou seria um desvio, ele ainda queria aprender a andar a cavalo... Se aproximou de um dos anões e se sentou ao seu lado, estava ali esperando ouvindo a conversar de Barbafogo com Mikael. Ele voltou sua atenção para o anão, não parecia certo interromper e pergunta isto para Barbafogo. - O que é Abbs... Absumnasdna? - Estava curioso, os anões tinha sua própria linguagem? Ou era um aviso? Sempre que alguém gritasse tal palavra, iria tentar atacar? Ele seria capaz de aprender? Queria aprender sobre os anões, a se comunicar em seu vocabulário, sabia que aprender mais língua para ele não iria fazer mal nenhum ou talvez, faria, ignorância era uma benção, mas seus guardiões avisaram que ele não poderia abusar disso. Se lembrou que deveria voltar a vigia, tentou agradecer o anão, mesmo que esse não lhe responde-se, era isso que os humanos faziam, agradeciam.  


Voltou até seu grupo, parecia que Mikael não teria muita escolha a não ser aceitar a proposta de Barbafogo. - Olá, eu sou Balltier, mas costumam me chamar de Ball. - Acenou com a mão no ar, era para aperta sua mão, certo? Voltou a retorna sua atividade, aquele evento havia trazido muito animação para o jovem, então iria ficar mais um pouco de vigia, mesmo se os demais quisessem lhe render, ele ficaria.

_________________
Balltier El Raizel

MO$:0

Força: 0 (F)
Energia: 4 (D)
Agilidade: 4 (D)
Destreza: 4 (D)
Vigor: 2  ++ (E)
avatar
Pacificador

Pontos de Medalhas : 0
Mensagens : 57
Idade : 23
Localização : .-.

Ficha Secundária
Título: Nenhum
Lvl: 1
Raça: Homúnculo

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Rancho Eldest

Mensagem por Mikael.O.V em Sex Mar 18, 2016 8:13 pm

Mikael observava a reação dos dois que encontrou, a todo momento ele pensava que teria que usar seus poderes para desacordar alguém e sair dali, guardas, vigias ou sentinelas decentes não devem ser lá muito amigáveis, devem sempre estar com um pé atrás até mesmo se tiver alguém com metade do corpo se arrastando na sua frente e pedindo por ajuda.

A inocência daqueles dois garotos foi tanta que Mikael ficou até com dó de fazer qualquer coisa, eles nem sequer pareciam desconfiados ou alarmados com a presença dele... Ficou um tempo pensando se ficaria melhor junto deles ou não, mas de uma coisa ele tinha certeza, eles não eram bons vigias.

Quando foi levado até o líder do acampamento, que logo se mostrou ser uma caravana de Anões. Após uma quase execução acidental acontecer, tudo é esclarecido para o líder anão. Mikael se mostrava sempre simpático e sorridente, as vezes uma expressão de contentamento mostrando que não gostava nem um pouco da situação em que se encontrava mas não deixava de sorrir e ser educado com ninguém.

As roupas e a comida foram muito bem vindas, e seria mais do que justo Trabalhar para o anão em troca desta hospitalidade e ajuda.

- Eu só tenho a agradecer a confiança e a hospitalidade. Eu não vejo problemas... alias, trabalhar para você não seria nada mais do que justo, então eu o farei com prazer. -

Mas o problema era.... ficar com aqueles dois. E o pior... ''eles serão responsáveis por você''......
''Não! Senhor barbafogo, pode deixar, agradeço a hospitalidade, acho que estarei melhor na floresta sozinho, estou voltando ok?''

- Sem problemas, espero que possamos nos dar bem! Me chamo Mikael ^^ -

Até hoje é difícil falar o que pensa. Ergueu a cartola num cumprimento aos dois apesar de parecer que o papel possivelmente iria se inverter.
Quando recebeu a comida, Mikael agarrou a tigela com um olhar voraz para a sopa, não ligando se estava fria ou não, apenas a agarrou e estava pronta para devora-la... quando percebeu que estava um tanto quanto... Selvagem demais. A fome era enorme mas por favor.. não vamos esquecer os modos.

Mudando a postura instantaneamente ele pegava a colher e ia tomando ela devagar, sem fazer barulho algum... como se estivesse sentado numa mesa vestindo roupas de gala.
''Minha nossa senhora... que fome... que fome... vou precisar repetir.. ''

- Só uma tigela é necessária obrigado. -

''Maldita seja minhas boas maneiras.''

_________________

(Ficha na Imagem)
Força: E
Energia: C
Agilidade: D
Destreza: F
Vigor: F
''De poder ao fraco e o verá lutar. Entregue poder nas mãos de um tolo e verá um covarde''(H.E)
avatar
Mikael.O.V

Pontos de Medalhas : 0
Mensagens : 14

Ficha Secundária
Título: Nenhum
Lvl: 1
Raça:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Rancho Eldest

Mensagem por ADM GabZ em Ter Mar 22, 2016 6:42 pm

[Estarei pulando Near este turno, visto que ele está atrasado]

A situação no acampamento ainda era um tanto tensa. Alguns anões não confiavam no estranho, enquanto outros estavam mais interessados em voltar a dormir. De qualquer forma, Mikael agora fazia parte da caravana e teria um trabalho a fazer. Mas, primeiro, comer algo era o mais importante.

— Ótimo! Estou precisando de mão-de-obra. — Falou Barbafogo, respondendo ao rapaz de cartola. — E claro, acho melhor não ter nenhuma gracinha, ou este machado vai te aliviar do peso de suas pernas.

Encarou o rapaz com um olhar firme. Mikael tinha visto que a velocidade do anão era surpreendente, por isso não ousou duvidar de que as palavras dele podiam tornar-se realidade em um instante. Barbafogo repousava o machado no chão e suas mãos sobre o cabo. Era uma figura imponente de fato, mesmo tendo acabado de acordar. Mas após alguns momentos, ele riu.

— Partiremos em algumas horas. — Virou-se para Balltier, confuso com sua pergunta. — Como é? Você andou bebendo, moleque? Aliás, vocês dois. Da próxima vez que virem um estranho se aproximar do acampamento, soem o alarme, não o tragam para cá e o convidem para um jantar à luz de velas. Claro que ele teria sido fatiado se tentasse algo, mas nunca se sabe. E é bom que você seja útil, estranho, ou voltará para a rua da mesma maneira que chegou: sem roupas e com fome.

Falando as palavras firmes, fez sinal para que todos voltassem aos seus postos. O resto da noite ocorreu bem e tudo foi tranquilo. Mikael pôde dormir após encher a barriga e a dupla também teve suas merecidas horas de sono.

----------------

A atividade do acampamento começou cedo. O céu já estava claro mas o sol ainda não iluminava as vastas terras de Hirt. Todos ergueram acampamento em pouco tempo e, quando o sol já raiava no horizonte, a caravana já seguia pela estrada. E assim foram os dois dias seguintes. Mikael teve que ficar com a dupla todo o tempo e não pôde deixar de notar o quanto o jovem Balltier era curioso, fazendo inúmeras perguntas. Pelo menos a viagem não foi tediosa. No último dia, enfim, haviam chegado à Paramet.

http://www.lodossrpg.com/t466-praca-central-de-comercio>

_________________
avatar
ADM GabZ

Pontos de Medalhas : 999
Mensagens : 1141
Localização : Extrema - MG

Ficha Secundária
Título:
Lvl: 1
Raça: Humano

Ver perfil do usuário http://www.flickr.com/photos/gabzero

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Rancho Eldest

Mensagem por Pacificador em Qua Mar 30, 2016 12:59 pm

Ele anuiu sem entender direito a reação do anão, tinha plena certeza que tinha escutado aquela palavra... Voltou para seu posto em silencio, estava imaginando o que mais o mundo tinha para lhe mostrar, era tão vasto e seu conhecimento tão pequeno que não conseguia ficar parado por muito tempo, simplesmente não conseguiu dormi por muito tempo naquela noite. Ainda deitado estava se decidindo ou talvez tomando nota ou até mesmo planos para o futuro e foi assim que decidiu que na próxima parada iria tentar ficar perto do pessoal, pelo menos até aprender a andar pela cidade por conta própria.


Acordou cedo e pode perceber que já haviam pessoas trabalhando pelo acampamento, sem nenhum problemas seguiu para fora para ajudar como podia. Ninguém se dera o trabalho a dá uma ocupação para o Homúnculo ao que parecia fora enxotado para fora do caminho dos demais, voltando para carroça então seguindo viagem.

Tentou chamar a atenção do Mikael, ele não tinha tido oportunidade de conversa com ele durante a noite. - De onde vem? Como se chama o chapéu por que o usar por que usa se não tem sol? Foi roubado? Então você tinha dinheiro? Ficou com medo? - Continuo até se cansar( O que é praticamente impossível) perguntava coisas triviais e aparentemente sem nenhuma importância como idade sobrenome historias e assim seguiu. Se mantinha olhando a estrada atras da carroça, não tinha muito ideia para onde ficava o lugar aonde fora criado, apenas sabia que era em algum lugar perto do rancho de Firehawk, franziu a testa se lembrando que para os demais o tempo era algo desgastante então ali mesmo se decidiu que um dia iria visitar aquele lugar de novo ou até mesmo tentar achar novamente o laboratório, talvez até mesmo tentar procurar por outros Homúnculo, mas era para outro momento. Então assim que parou de pensar finalmente havia chegado a Paramet.

_________________
Balltier El Raizel

MO$:0

Força: 0 (F)
Energia: 4 (D)
Agilidade: 4 (D)
Destreza: 4 (D)
Vigor: 2  ++ (E)
avatar
Pacificador

Pontos de Medalhas : 0
Mensagens : 57
Idade : 23
Localização : .-.

Ficha Secundária
Título: Nenhum
Lvl: 1
Raça: Homúnculo

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Rancho Eldest

Mensagem por Mikael.O.V em Qui Mar 31, 2016 4:18 pm

Após se agonizar por dentro por não repetir a refeição, pode-se dizer que a melhor coisa que aconteceu naquele momento foi a bronca que os dois levaram. Não o leve a mal, não que Mikael não gostasse daqueles dois... mas eles eram tão jovens e precisavam daquelas broncas e erros para aprenderem melhor sobre como proceder daqui pra frente.

Um deles em particular.... bem.. não vou dizer que ele não era irritante... mas era como se sua idade mental fosse tao baixa... que era como se ele tivesse 3 anos de idade. Chegava uma hora que isso incomodava um pouco, mas mantendo a imagem de ''bom moço'', Mikael nunca deixava isso transparecer. Respondia sempre calmamente e com um sorriso simpático no rosto.

- Eu não sou desta ilha, então não creio que seja importante de onde eu vim. Este chapéu se chama ''Cartola''. Eu o uso porque de onde eu vim e acredito que em muitos outros lugares também, é uma peça de roupa que indica status e nobreza, além de eu gostar muito do design dele. Eu particularmente acho que fica muito bem em mim, além deste em especifico ser muito importante pra mim. Sim fui roubado infelizmente... eu perdi minhas roupas justamente porque não tinha dinheiro nenhum. E não meu jovem... eu não fiquei com medo. -

''Eu juro que se eu ouvir mais uma pergunta desse moleque, vou explodir a face dele até sobrar apenas suco dos olhos dele.''

- Mais alguma pergunta meu jovem? Estou a disposição. -

''AAAAAAHHHHHHHHHHHHHHHHHHH''

Tirando esses momentos, que apesar de irritantes não deixou a viagem ser tediosa, Mikael se mostrava disposto a ajudar Barbafogo em toda tarefa que ele lhe designava, fazendo os trabalhos sem reclamar, sem retrucar e sem conversar, se mostrando bem dedicado. Por mais que não tivesse tanta força, ele tinha vontade e isso o fazia trabalhar bastante mesmo cansado.
Sem perceber haviam chegado no seu destino. O que será que lhe aguardava nesse local? Será que acharia roupas novas semelhantes aquelas que vestia antes?

_________________

(Ficha na Imagem)
Força: E
Energia: C
Agilidade: D
Destreza: F
Vigor: F
''De poder ao fraco e o verá lutar. Entregue poder nas mãos de um tolo e verá um covarde''(H.E)
avatar
Mikael.O.V

Pontos de Medalhas : 0
Mensagens : 14

Ficha Secundária
Título: Nenhum
Lvl: 1
Raça:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Rancho Eldest

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 3 de 3 Anterior  1, 2, 3

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum