Fórum Inativo!

Atualmente Lodoss se encontra inativo. Saiba mais clicando aqui.










Vagas Ocupadas / Vagas Totais
-- / 25

Fórum Inativo!

Saiba Mais
Quadro de Avisos

>Dizem as más línguas que o anão Rookar, que fica no Porto Rangestaca, está procurando por mercenários corajosos - ou loucos - que estejam afim de sujar as mãos com trabalhos "irregulares". Paga-se bem.

> Há rumores sobre movimentações estranhas próximas aos Rochedos Tempestuosos. Alguns dizem que lá fica a Gruta dos Ladrões, lar de uma ordem secreta. Palavra de goblin!

> Se quer dinheiro rápido, precisa ser rápido também! O Corcel Expresso está contratando aventureiros corajosos para fazer entregas perigosas. Por conta da demanda, os pagamentos aumentaram!

> Honra e glória! Abre-se a nova temporada da Arena de Calm! Guerreiros e bravos de toda a ilha reúnem-se para este evento acirrado. Façam suas apostas ou tente sua sorte em um dos eventos mais intensos de toda ilha!




Quer continuar ouvindo as trilhas enquanto navega pelo fórum? Clique no botão acima!

Rancho Eldest

Página 1 de 3 1, 2, 3  Seguinte

Ir em baixo

Rancho Eldest

Mensagem por ADM GabZ em Sab Fev 22, 2014 1:54 pm


O Rancho Eldest é referência em toda ilha, possuindo uma estrutura formidável para criação de cavalos, grifos e hipogrifos. Recentemente o rancho fez um acordo com o Exército Real de Hilydrus, desta forma tendo um investimento maior por parte do reino. Com isso a estrutura aumentou consideravelmente, sendo que antes o rancho comportava apenas cavalos. Parte da frota, no entanto, é destinada ao exército como parte do acordo, mas graças a isso o lugar possui vigia constante de soldados reais, garantindo a segurança de todos.

Os animais criados aqui são saudáveis e bem cuidados, sendo os cavalos mais fáceis de se lidar. Os grifos e hipogrifos, no entanto, são mais temperamentais. Tendo a inteligência um pouco mais superior à de um cavalo, estes seres alados são mais teimosos e ariscos, sendo difícil deixarem qualquer um montarem neles. Por conta disso a doma é mais acirrada e seu valor, naturalmente, muito mais alto. Como vantagem os grifos e hipogrifos, além de voarem claro, são muito mais leves do que dragões, sendo também mais fáceis de alimentar. São bastante independentes e, quando bem treinados, é possível chamá-los com um assovio.

O responsável pelo rancho atualmente é o ex-general Firehawk, aposentado depois da guerra mesmo com pouca idade. Durante a fatídica batalha, Firehawk foi atingido pelo fogo esverdeado de um necrodraco, perdendo assim todo seu braço direito e do joelho para baixo de sua perna direita. Hoje ele consegue andar normalmente graças à ajuda de uma perna de madeira feita especialmente para ele, sendo praticamente impossível de notá-la quando trajando calças, o que é costume do ex-general.

Trabalhar aqui garante um bom salário e, quem sabe, uma vaga no exército real.


Última edição por ADM GabZ em Sab Jul 15, 2017 7:11 pm, editado 1 vez(es)

_________________
avatar
ADM GabZ

Pontos de Medalhas : 999
Mensagens : 1089
Localização : Extrema - MG

Ficha Secundária
Título:
Lvl: 1
Raça: Humano

Ver perfil do usuário http://www.flickr.com/photos/gabzero

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Rancho Eldest

Mensagem por ADM GabZ em Sab Fev 22, 2014 1:57 pm

<Arquivo de últimas postagens do tópico anterior. Foi necessário criar um novo por motivos de atualização. Caso precise consultar posts anteriores, me envie uma PM>

@ Lyza Symons
Spoiler:

Lyza Simons escreveu:


Another little thing.




Sem muito o que fazer pela fada, Lyza pensava em partir e prosseguir com sua entrega, mas as surpresas não paravam de aparecer. Um pouco mais a frente ouviu duas vozes que pareciam discutir, uma delas era conhecida de Lyza. - Seth! - Deu alguns galopes a frente na intenção de ir ver o que acontecia, mas a confusão chegou até ela antes do esperado. A maga parou de súbito e ficou observando a cena, no minimo, bizarra bem a sua frente, enquanto Seth e uma outra criatura tão estranha quanto ele, brigavam pelo colar que havia desaparecido. No fim das contas, graças a ajuda do cavalo de Lyza, o cabo de guerra foi vencido pelo segundo monstrinho, e Seth, derrotado, sumiu camuflando-se novamente. Oque aconteceu depois daquilo, fora bem mais tranquilo que o sumiço do colar e da aparição do outro ser, mas era igualmente bizarra a quantidade de criaturas desconhecidas e exóticas contidas naquele bosque.

Lyza ficou olhando um pouco impressionada, não sabia o que fazr mediante aquela situação, pensou em falar, mas desistiu no ato, não adiantaria. Olhou para o pequeno, que se chamava Kira, segundo a fada, enquanto ele falava agora diretamente com a maga, reclamando sobre sua... Mimosa? "MIMOSA?! MAS ISSO NÃO É UMA VACA, É UM CAVALO!" Pensou com certa indignação, mas foi acordada logo em seguida por seu bom senso. - Eu, errr, bem... Estou aqui de passagem, sigo para um local chamado "Asa de Águia", sabe me dizer onde fica? - Realmente ela estava pedindo ajuda aqueles dois? Lyza estava começando a se acostumar com os seres daquele lugar, desde que estes não representassem perigo eminente a mulher.

@ DoBer
Spoiler:

DoBer escreveu:O macaco ignorou-o e começou a tentar agredi-lo. Depois de desviar do primeiro ataque, Blaze suspirou, e simplesmente virou a cabeça para o lado, para se alongar, pensando "Se é assim que você quer, então...", enquanto desviava do novo ataque. Quando ele começou a chegar mais perto, Blaze se afastou um pouco e começou a correr em volta dele em espiral, e quando estivesse passando do lado e a uma distância boa, iria pular e dar um chute com toda a força na lateral do macaco marrom, para derrubá-lo no chão e desorientá-lo, e então já prepararia para defender o contra-ataque.

@ NT Kamui Black
Spoiler:

NT Kamui Black escreveu:
> Hello, Dober, como talvez você saiba, estarei substituindo o GM Akira em Hirt. Acredito que as trocas e atrasos de GM's tenham chegado ao fim agora. Enfim, tenha uma boa aventura e qualquer coisa PM-me

@ Dober

Não havia outra solução. Blaze teria que lutar caso não quisesse ser esmagado pelo seu semelhante de uma raça um pouco diferente da sua própria. O ataque do adversário parecia ser muito poderoso, mas o feral era ágil e flexível e não tivera dificuldade em se esquivar dos ataques.

Ele contornou seu oponente procurando a melhor oportunidade. Eles estudaram-se e Blaze pode perceber que o outro praticamente espumava de raiva. Talvez não estivesse acostumado a ver seus ataques sendo inúteis. De qualquer maneira, sua oportunidade não tardou a vir, pois conforme se movimentava o feral macaco maior deixava sua guarda muito aberta. Blaze, então, avançou e saltou contra seu oponente e, girando em pleno ar, acertou-o na lateral do corpo com seu calcanhar.

Certamente esperava que seu golpe desestabilizasse e talvez até derrubasse seu adversário. No entanto, não passou nem perto disso. Percebeu que ele sentiu o impacto do golpe, mas recuperou-se rapidamente. Blaze, por sua vez, não ficou parado e aproveitou o impacto do golpe para se afastar e, impulsionando-se no corpo do macaco de terra, saltou para trás em meio a um salto mortal para afastar-se o máximo possível de seu adversário.

Para a desagradável surpresa do feral, o seu oponente tinha os braços muito compridos e ele não tinha se afastado rápido o suficiente para chegar em uma posição segura. Foi agarrado pela perna esquerda e o seu oponente usou-o como se fosse um tacape qualquer e bateu-o com muita força no chão.

Por sorte, Blaze tinha uma constituição mais resistente do que seu corpo esguio indicava e o golpe não foi tão devastador como poderia ter sido. Ainda assim, sentiu as dores da pancada e um pouco de sangue saiu de sua boca junto com o ar que se esvaiu de seu pulmão. Ele estava um pouco desnorteado, mas ainda apto a continuar o combate. Mas era preciso que saísse dali rapidamente se não quisesse sofrer ainda mais.

-
O que achou disso, incendiare maldito? Prepare-se que ainda tem mais para você!

O macaco marrom provavelmente achava que a luta já estava ganha e olhava-o com um sorriso arrogante no rosto. Talvez Blaze pudesse aproveitar-se desse excesso de confiança.


> Blaze perdeu 10% de seus PV's, restando-lhe 90%. Talvez consiga se levantar no próximo turno, mas estará levemente desorientado. Tudo dependerá de sua narração.

@ DoBer
Spoiler:

DoBer escreveu:Blaze tenta lhe dar uma rasteira, chutando a parte de trás de seus joelhos e então levanta, recuperando os sentidos, e já aproveita a breve "desorientação" do adversário para concentrar toda sua energia vital e, lembrando dos treinamentos com seu mestre, canaliza toda a energia no seu braço, e depois no seu pulso, mirando um belo soco no rosto do oponente. "Vamos ver se é de pedra mesmo hahaha" - pensa o macaco, se divertindo com a brincadeira. (se a rasteira tiver errado ele ataca do mesmo jeito, mas com o golpe mais fraco e em uma postura mais defensiva).

- Você até que luta bem, de onde você é? - fala, ao fim da sequencia.

@ NT Kamui Black
Spoiler:

NT Kamui Black escreveu:@ DoBer

Após receber um pesado golpe de seu oponente, Blaze tentou reagir de forma rápida e afobada. Assim que se levantou tentou golpear as pernas de seu adversário, mas falhou miseravelmente. O motivo foi simples: ele tentou a manobra logo após se levantar em ainda estava um tanto quanto desorientado. Ao apoiar-se em apenas uma perna para utilizar a outra, desequilibrou-se e quase caiu. O resultado foi que ele errou o golpe.

Por sua sorte após isso ele conseguiu recuperar um pouco de sua estabilidade. Ao menos o suficiente para tentar uma nova investida. Desta vez utilizou seu punho num soco diretamente no rosto de seu oponente, que sequer tentou defender-se.

Sim. O feral deixou-se atingir diretamente no rosto. Blaze acreditava que seu golpe tinha sido forte, mas aparentemente sua força era muito baixa para suplantar um oponente tão vigoroso que, além disso, ainda tinha trinta centímetros a mais que ele de altura e pelo menos o dobro de sua largura.

-
HAHAHAHA! Que divertido!

Seguindo a risada e o deboche veio um punho que certamente machucou muito mais que as palavras. O golpe atingiu Blaze de baixo para cima exatamente no estomago. O feral sentiu seu corpo sendo elevado do chão como se não fosse nada. O sangue saiu de sua boca em uma golfada vermelha que por pouco não atingiu seu oponente. Mas o terror ainda não havia chegado ao fim, pois o outro feral utilizou sua mão esquerda para agarrar a cabeça de Blaze, que, por um momento de terror, pensou que a teria esmagada por poderosas mãos. Mas isto não aconteceu, pois o macaco inimigo arremessou-o para longe.

Não fosse sua agilidade, Blaze teria acertado em cheio em uma árvore, mas, apesar da dor fulminante, ele conseguiu girar o corpo e agarrar-se a um galho para, em seguida, suspender-se no mesmo, evitando, assim, uma queda e maiores dores.

Apesar de tudo, ele não tinha perdido a compostura e fez um comentário antes de voltar para a luta. O outro feral limitou-se a rir e não respondeu nada além disso. O que Blaze faria contra este adversário que tinha se provado tão superior em força e resistência física?



Informações:
> Situação:
Blaze está em um galho a pouco mais de 1 metro do chão. A distância entre ele e o inimigo é de aproximadamente 3 metros.

Status:
Perdeu mais 6% de seus PV's, mas não esta sangrando. Resta-lhe 84%.

Observações:
Você ainda não ativou a sua ficha de personagem. Bastar ir na guia perfil e depois na guia ficha de personagem. Ative-a e anote seus PV's atuais.

@ DoBer
Spoiler:

DoBer escreveu:Blaze ainda estava meio tonto, então errou seu chute, e seu soco não produziu efeito algum. Seu oponente brincou com ele um pouco e quase esmagou sua cabeça, então jogou-o longe. Por sorte, agarrou em um galho da árvore que ia bater e não teve maiores danos. Estava meio tonto novamente, mas conseguia pensar o suficiente para lembrar dos ensinamentos de seu mestre. "Nossa!" - um leve sentimento de vergonha veio-lhe à mente. Havia feito tudo errado. Se deixara levar pelo impulso demais. Então resolveu mudar de estratégia. Desceu da árvore atentamente, arqueando os joelhos para minimizar o impacto e, prestando atenção no inimigo, limpou a poeira de suas roupas e gritou para os outros dois ferais, ainda parados lá atrás: -Ei, vocês dois aí! Não vão fazer nada?? Até aí desviaria de qualquer ataque que o adversário preparasse, e caso não houvesse nenhum, se aproximaria uns dois passos dele e o provocaria, correndo em volta dele a uma velocidade mediana e falando: -E o que vai fazer agora? Isso tá começando a ficar interessante!, sempre prestando muita atenção em cada ação dele, para reagir de acordo.

Spoiler:
off: imagino que o raio da volta seja o suficiente para ele não ficar tonto, e que o tempo parado no início seja o suficiente para não estar mais ^^

@ NT Kamui Black
Spoiler:

NT Kamui Black escreveu:@ DoBer

Quando Blaze gritou para  os outros dois ferais macacos, nada escutou de resposta. A de pelos azulados permanecia meio acanhada e o de pelos esverdeados parecia-lhe sério e atento à tudo o que ocorria. Provavelmente eles não pretendiam agir, ao menos não naquele momento.

Sem outra opção e vendo seu oponente se aproximar, Blaze teve que descer de seu fraco refugio e entrar novamente na luta. Ciente de que estava combatendo de maneira errônea, resolver mudar de estratégia. Circulava o oponente com movimentos rápidos e irregulares, irritando-o com comentários satirizantes.

- RUORRRR!

Com um grunhido de fúria o brutamontes - se comparado ao tamanho do outro símio - avançou em um ataque desferido com ambas as mão. Blaze esquivou-se com incrível facilidade e afastou-se do oponente. O macaco tentou mais algumas investidas, todas evitadas pelo feral menor. Mas aquilo não poderia se manter para sempre, uma hora Blaze se cansaria e podia ser que o adversário não se exaurisse com tanta facilidade.

@ DoBer
Spoiler:

DoBer escreveu:Vendo que seu plano estava dando certo, Blaze continuou escapando dos ataques do outro e provocando-o para que ele cansasse antes de si, e de vez em quando parava para pegar uma pedra ou qualquer coisa parecida do chão e arremessá-la contra seu agressor, já que não podia se aproximar muito. Reduziria o ritmo se estivesse ficando cansado, para poupar energia. Então esperaria até que aquilo acabasse ou tivesse uma ideia melhor.

_________________
avatar
ADM GabZ

Pontos de Medalhas : 999
Mensagens : 1089
Localização : Extrema - MG

Ficha Secundária
Título:
Lvl: 1
Raça: Humano

Ver perfil do usuário http://www.flickr.com/photos/gabzero

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Rancho Eldest

Mensagem por NR Kamui Black em Qua Fev 26, 2014 9:03 pm

@ DoBer

A estratégia de Blaze parecia estar dando certo, o adversário não podia acompanhar sua velocidade e isso o deixava muito irritado. Entretanto, as pedras que o feral arremessava parecia não surtir praticamente nenhum efeito a não ser deixa-lo ainda mais irritado. Quando parecia que aquele impasse não teria fim, o feral de pelagem verde resolveu se manifestar.

- Já chega. Esta claro que ele não sabe nada sobre o que ocorreu no passado. É possível que existam outros de nossa espécie por aí.

O macaco de terra não teria parado caso seu amigo tivesse lhe segurado a mão. Era obvio que ele queria continuar aquela disputa.

-
Não importa. Quero acabar com ele!

E realmente teria continuado se a fêmea também não tivesse interferido.

- Vamos, isso não é nosso objetivo. Viemos para essa ilha por outro motivo.

Ela parecia bem tímida, mas parecia firme e decidida. O grandalhão olhou para ela e pareceu se acalmar misteriosamente. O terceiro membro do grupo, então, soltou-o e eles seguiram para a direção do galpão onde Blaze havia avistado um vulto. O que o feral faria a seguir, agora que fora novamente deixado sozinho?
avatar
NR Kamui Black
Narrador

Pontos de Medalhas : 0
Mensagens : 196

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Rancho Eldest

Mensagem por DoBer em Seg Mar 03, 2014 3:59 pm

Quando os outros interferiram, Blaze se sentiu aliviado. Aquela luta sem sentido finalmente tinha chegado ao fim. O macaco marrom tentou se soltar, mas a azul o acalmou e os três saíram em direção a onde tinham vindo, deixando sozinho de novo.

- Não! Agora não! Vocês vão me explicar o que está acontecendo aqui! - Blaze grita, já furioso com aqueles três - E você - aponta para a azul - falou que vieram para cá por outro motivo, que motivo é esse? E o que era aquele fantasma lá naquele lugar? - apontava para o casarão de que tinha saído alguns momentos atrás. Falava isso enquanto perseguia-os pelo caminho que estivessem fazendo, tentando fazê-los parar e lhe dar atenção de qualquer jeito.

_________________
Blaze
Habilidades especiais


Força:        [][] E
Energia:     [] F
Agilidade:  [][][][] C
Destreza:   [][][] D
Vigor:         [][][] D

Moedas de Ouro: 1500
avatar
DoBer

Mensagens : 130

Ficha Secundária
Título:
Lvl: 5
Raça: Feral

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Rancho Eldest

Mensagem por ADM GabZ em Sex Mar 07, 2014 2:08 pm

<Olá, Dober! Estarei responsável por sua aventura a partir de agora =) Espero que se divirta!>
<Você recebeu 150 pontos de experiência pela luta curta + 100 pontos de bônus de narração. Total de 250 pontos>

Os três ferais estavam para sair quando Blaze, indignado com a falta de explicações, começou a fazer perguntas. Ele tinha todo o motivo para tal — foi atacado sem motivo e agora o trio simplesmente lhe deu as costas. No mínimo revoltante.

— Me chame pelo nome, rapazinho. — Respondeu a fêmea azul, que era bastante atraente para Blaze. — Sou Limia. E pelo jeito você não sabe de nada mesmo, não é?

— Hah, típico dos cabeça-quente. — Continuou o feral de pêlos verdes. Seu rosto era calmo apesar de suas palavras serem agressivas. Os três pararam na grama a poucos metros de Blaze para respondê-lo. — Deve ser um desgarrado. Muito bem, quer um motivo para te odiarmos? Vivíamos bem em nossa ilha, as quatro raças, até que um exército de Gnolls ameaçou nos destruir e tomar nosso lar. Não seria problema, somos fortes, mas VOCÊS, da tribo do fogo, ousaram nos trair e se alinhar aos Gnolls Sangarra! E para completar a falta de caráter de vocês, depois de expulsar todos nós, ainda se viraram contra os próprios Gnolls. Não tem ninguém melhor para definir traidores do que vocês.

— Eles são escória, Artemis! Deixe-o para lá. — O brutamontes respondeu de forma áspera. Parecia que lembrar da história fazia com que odiasse os macacos-fogo ainda mais.

— Se quiser nos ajudar, que seja. — Limia falou em alto e bom tom, surpreendendo os outros dois, que a olharam calados. — É uma boa oportunidade para ver se a falta de caráter de sua raça está no sangue ou não. Mas saiba que não vamos hesitar em matá-lo na primeira escorregadia que você der. Agora venha, vamos ver os "fantasmas".

Ela encarou Blaze como se fosse matá-lo ali mesmo. Devia ser realmente revoltante perder toda sua terra natal por conta de pura ganância e a custo de uma traição imperdoável. Ainda assim estavam lhe dando uma chance. Blaze seguiu o trio até um grande galpão mais afastado. Parecia estar abandonado, talvez fosse tão antigo que o dono do rancho fosse derrubá-lo em breve. Lá dentro o feral-macaco teve outra surpresa.

Dezenas de ferais como ele estavam reunidos no galpão. Azuis, verdes, marrons. Estavam em toda parte: vigas no teto, guarda-celas nas paredes, cocheiras e sobre o feno velho. Não estavam agitados, mas todos olharam diretamente para Blaze assim que ele entrou. Se não fosse pela forte liderança e palavras de Artemis, certamente teriam matado-o ali mesmo. Depois que todos se acalmaram, ele voltou sua atenção para Blaze.

— Estamos aqui porque rastreamos os Gnolls Sangarra. Fugiram para esta ilha, mais exatamente para uma floresta próxima daqui. Estão em menor número e sem ajuda. É nossa chance de nos vingarmos e depois deles será a vez da sua laia. Você pode ajudar ou simplesmente cruzar os braços e partir como o lixo de raça que você é. Ou pode provar que estou errado.

Todos encaravam Blaze, esperando pela resposta.

_________________
avatar
ADM GabZ

Pontos de Medalhas : 999
Mensagens : 1089
Localização : Extrema - MG

Ficha Secundária
Título:
Lvl: 1
Raça: Humano

Ver perfil do usuário http://www.flickr.com/photos/gabzero

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Rancho Eldest

Mensagem por DoBer em Sab Abr 05, 2014 2:58 am

- Ah, finalmente você vai me dizer seu nome, então. - disse, quando a fêmea proferiu a primeira frase. - Limia... bonito nome... - fala, quase pensando em voz alta - Eu sou Blaze. E não, não sei de quase nada.

Quando o feral verde começou a falar, Blaze perguntou: E você, qual o seu nome?, ignorando a provocação dele. Então ele começou a falar coisas interessantes. Explicar aquela situação toda. De acordo com eles, uma raça de seres iguais a ele traíram-nos com um exército invasor que queria destruir tudo, e depois ainda voltou-se contra seus "aliados", para dominar todo o lugar.

- Céus, que coisa horrível! Eu juro que nunca ouvi essa história, e até ajudaria vocês a achar esses outros macacos e esses tais Gnolls. O marrom interrompeu-nos, revelando o nome do verde, Artemis, e continuava parecendo furioso. E o seu nome, qual seria? Blaze já não tinha mais paciência com ele, então não falou nada. Limia começou a falar novamente, quebrando o silêncio, e começou a questionar o macaco laranja, mas dando a oportunidade para que se provasse, se "redimisse", ainda que com uma ameaça. Blaze, um pouco enfeitiçado pelas belas palavras, falou: Eu farei o que for necessário para provar para vocês!

Então seguiram para o galpão abandonado. Chegando lá, para sua surpresa, Blaze percebeu que estava cheio de gente. Macacos, como os que estavam ali com ele. Como os que queriam matá-lo. Sorte que estava com seus "amigos", que logo acalmaram o resto. Artemis, que parecia ser o líder, começou a falar.

Muito envergonhado por ter tanta gente o olhando, e aquela gente em especial, e pela expectativa de todos, Blaze começou a falar:


- Artemis, você é o líder deles? ...Bem...É claro que vou ajudar vocês. Foi horrível o que fizeram com vocês, né? Se juntar a esses seres malignos, e não respeitar nem seus aliados! Eu não estava lá, nem conheço essa história de vocês direito, mas isso precisa mudar. E é preciso alguma coisa para trazer o equilíbrio de volta ao seu lar. E acho que essa coisa possa ser eu! - sorri, com a emoção de quem acha que encontrou a solução de uma situação que parecia perdida.

_________________
Blaze
Habilidades especiais


Força:        [][] E
Energia:     [] F
Agilidade:  [][][][] C
Destreza:   [][][] D
Vigor:         [][][] D

Moedas de Ouro: 1500
avatar
DoBer

Mensagens : 130

Ficha Secundária
Título:
Lvl: 5
Raça: Feral

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Rancho Eldest

Mensagem por ADM GabZ em Qua Abr 09, 2014 4:20 pm

As palavras de Blaze tiveram um efeito que ele não esperava. Todos os ferais ali o olharam surpresos, mas sentiram-se encorajados! Algo difícil de se ver, principalmente quando se trata de um recém-chegado desconhecido. Artemis percebeu a empolgação de todos e sorriu, virando-se para Blaze e apoiando a mão sobre o ombro do novo companheiro.

— Você tem um bom coração, Blaze. Sim sou o líder deles, mas você não está longe de tornar-se um por si só. — Ele agora virou-se para todos os outros. — Meus irmãos. Podemos ter sofrido nas mãos do fogo, mas sempre fomos ensinados que um equilíbrio deve existir. Terra, Fogo, Madeira e Água. Somos uma raça afortunada, unidos somos mais fortes! Talvez o que nos faltava era o fogo que tanto temíamos. Hoje vamos invadir o acampamento Sangarra, hoje vamos reaver nossa honra!

Todos gritaram animados, erguendo seus braços, animados. Alguns até mesmo desceram para cumprimentar Blaze, mesmo com certa desconfiança. Agora os quatro elementos da raça estavam unidos, não tinha como perderem.

---------------------

Algumas horas se passavam e os ferais se preparavam para a batalha que estava por vir. Vestiam-se com armaduras de couro, os marrons usavam martelos pesados como armas, os verdes usavam adagas feitas de uma madeira de incrível resistência enquanto os azuis portavam arcos mágicos. Blaze deveria escolher uma das armas se quisesse. Fora isso, cada um deles manipulava magicamente seu elemento.

— Muito bem, Blaze. — Artemis o chamou. Ele, Limia e o outro macaco marrom Thork se uniram diante de uma mesa com um mapa no centro. Nele havia desenhado a floresta e, no centro, foi marcado aonde era o acampamento. — Podemos usar o elemento surpresa. Azuis se esgueiram pelas árvores e, no meu sinal, atiram suas flechas. Os marrons, verdes e agora nosso novo vermelho já vão estar em cima dos Gnolls antes que sequer percebam que foram alvejados. Blaze, podemos fazer isso, mas se tiver outra idéia, pode nos dizer. Os vermelhos são peritos em táticas de guerra, quem sabe você também não é?

_________________
avatar
ADM GabZ

Pontos de Medalhas : 999
Mensagens : 1089
Localização : Extrema - MG

Ficha Secundária
Título:
Lvl: 1
Raça: Humano

Ver perfil do usuário http://www.flickr.com/photos/gabzero

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Rancho Eldest

Mensagem por DoBer em Dom Abr 27, 2014 8:13 pm

Blaze estava muito nervoso com a recepção que teria. A resposta do seu público definiria completamente a situação em que ele estava. Mas tudo mudou quando viu como tinham reagido. Tinha sido aceito, e estava se sentindo encorajado também por eles, especialmente Artemis, que estava praticamente o abraçando agora.

— Você tem um bom coração, Blaze. Sim sou o líder deles, mas você não está longe de tornar-se um por si só. - falou ele.

- E eu estou começando a gostar de você - diz Blaze, aliviado por toda aquela doideira estar acabando. Então Artemis proclama o equilíbrio da tribo e convoca-os para a luta contra os Sangarra. Agora que estavam unidos, não podiam perder.
*
Blaze estava entrando para uma batalha de verdade, agora que estava se dando conta, sempre foi de lutar de vez em quando, mas com seus vizinhos locais, ou com breves invasores que passassem por ali, mas sempre lutas pequenas, e lá estava ele: seus companheiros armando-se com armaduras de couro, adagas, arcos, ele tinha conseguido uma armadura de couro na cidade, e sempre teve seu bastão, e seria aquilo que iria usar. Enquanto os outros treinavam manipular seus elementos, ele também tentava, mas sem sucesso. E isso lhe deu uma ideia. Foi procurar Artemis e então perguntou-lhe: -Onde eu posso aprender a dominar o meu elemento aqui na ilha?

Eles e os outros de antes estavam reunidos e parecia importante. Estavam vendo um mapa com uma floresta desenhada e alguma coisa marcada no centro. -Aah! Então é esse o acampamento deles! E essa é a nossa floresta?

Após Artemis explicar a estratégia, Blaze diz somente: -Ótima estratégia! E como eu entro? Só vou com vocês? Eu só acho que não deveriam todos atacar pelo mesmo lado. E eles devem ter algum ponto em que fortificaram suas defesas, devíamos evitar a todo custo esse ponto. É tudo que eu sei. - falava o macaco, intrigado com a situação. Embora tivesse aprendido algumas coisas sobre estratégia no templo, e algumas na própria montanha, ele nunca tinha estado literalmente em alguma guerra.

_________________
Blaze
Habilidades especiais


Força:        [][] E
Energia:     [] F
Agilidade:  [][][][] C
Destreza:   [][][] D
Vigor:         [][][] D

Moedas de Ouro: 1500
avatar
DoBer

Mensagens : 130

Ficha Secundária
Título:
Lvl: 5
Raça: Feral

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Rancho Eldest

Mensagem por ADM GabZ em Qui Jun 19, 2014 4:45 pm

[Blaze, desculpe o atraso! Você recebeu 200 pontos de experiência referentes a 4 semanas de atraso]

Todos os macacos prestaram atenção nas palavras de Blaze.

— Tem razão — anunciou Artemis. — Seria perfeito. Mas eles não esperam por um ataque do fogo, então Blaze, seria ideal se você fosse com um grupo pequeno de verdes e atacasse por onde eles menos esperam: pela frente. Quando toda a atenção deles estiverem voltada para nós, você entra. Encontre o líder. Mate-o! São como cães, elimine o alfa e eles não saberão o que fazer. Hoje iremos rever nossa honra. Vamos partir!

Dito isso, todos os macacos assentiram e partiram para se preparar.

-----

Era noite e ventava bastante. O que era bom, pois o som do farfalhar das folhas encobria o barulho das dezenas de macacos movendo-se. Não que fosse muito necessário: Blaze achou incrível como moviam-se quase sem fazer barulho, especialmente os azuis que estavam nas árvores. Sabiam fazer movimentos certos e pular em galhos específicos para evitar qualquer barulho indesejável.

Estavam prontos.

Artemis fez sinal para que Blaze seguisse com um grupo de verdes. Eram seis além dele. Ao longe podiam ver a luz de uma grande fogueira, provavelmente o acampamento dos gnolls. Eram para lá que estavam indo. Assim que separou-se dos demais, Blaze não viu sombra deles. Era como se não existissem. Ótimo! Seguiu com os verdes até avistarem o acampamento gnoll e esperaram pelo sinal.

Eram muitos. Para cada macaco haviam cinco gnolls pelo menos. Haviam enormes barracas de couro e ossos e uma grande fogueira ao centro. Era um acampamento fortificado, gnolls patrulhavam ao redor enquanto os demais saboreavam alguns assados. Para Blaze o cheiro de carne assada era repugnante.

Então começou.

Os arqueiros entraram em ação e derrubaram os sentinelas. Silencioso, porém não passaria muito tempo sem ser notado. Mas antes que os gnolls se dessem conta os macacos já invadiam o acampamento! Blaze ficou abismado com o poder deles: marrons enormes lutavam com enormes machados e martelos, derrotando gnolls com facilidade. Verdes eram ágeis e portavam adagas, atacando com maestria. Os azuis continuavam com suas flechas, acertando inimigos distraídos. Mas eram muitos! Alguns gnolls eram grandes como os Marrons e a luta ficava cada vez mais acirrada.

Então Blaze viu o líder.

Era um gnoll enorme, cheio de cicatrizes e uma armadura negra. Portava uma maça de espinhos pesada e tinha presas assustadoras. Derrubá-lo certamente seria um desafio, pois com apenas um golpe o líder Sangarra arrebentou o crânio de um Marrom. Deveria agir!

Rapidamente o grupo de Blaze avançou. O único vermelho deveria formar uma estratégia, ou atacaria de frente? Pense rápido!

[Blaze, agora é com você! Seu inimigo está distraído e não sabe que você existe — ainda. Narre como pretende fazer o ataque e as possibilidades que irá procurar. Levarei tudo em consideração! Ao ataque!]

_________________
avatar
ADM GabZ

Pontos de Medalhas : 999
Mensagens : 1089
Localização : Extrema - MG

Ficha Secundária
Título:
Lvl: 1
Raça: Humano

Ver perfil do usuário http://www.flickr.com/photos/gabzero

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Rancho Eldest

Mensagem por DoBer em Qui Jul 17, 2014 10:19 pm

ps: desculpa a demora =P final de semestre é foda
------------
Blaze ouve atentamente as palavras de Artemis. Não pôde conter uma expressão de surpresa ao outro macaco pronunciar as palavras pela frente. "Assim? Só entrar lá, procurar o líder e... matá-lo?" Blaze falava com apreensão enquanto o destino de sua missão era anunciado. Embora tivesse nascido e se criado na selva, o que fizera lá sempre foi para sobrevivência. Nunca tinha se juntado com companheiros para matar outro por simples desavenças. E depois no templo... fazia muito tempo que não estava mais nessa vida.

Mas o macaco decidiu por continuar firme na missão e foi, então se preparar com os outros.

*

Começamos a seguir o caminho, era uma noite fria, e todos os macacos movimentavam-se sem fazer qualquer barulho, até os que estavam nas árvores. Quando se separou deles, nem ouviu mais sinal nenhum de suas presenças.

Ao longe tinha um acampamento gnoll, como um grande fogueira. Eles estavam comendo carne, e Blaze ficou pensando se a fogueira em sua cabeça atrapalharia a aproximação deles, mas a confusão que seria causada logo faria com que isso não tivesse mais importância. Existiam muitas barracas e muito mais gnolls, talvez um macaco para cada cinco deles. Mas isso não os fez recuar, pelo contrário, os arqueiros já estavam derrubando os sentinelas e os marrons e azuis já estavam lutando ferozmente com seus inimigos. Foi então que o viu. O líder. Um monstro mais feio ainda que os outros, cheio de cicatrizes e uma armadura negra. Frente a seu objetivo tão rapidamente, Blaze ficou  um pouco tonto, levando a mão a seu bastão para caso algo o alcançasse, e então faria um série de golpes rápidos contra o queixo, as costas e a parte de trás da cabeça do gnoll agressor. Se ninguém viesse, procuraria um canto mais escondido para poder pensar melhor no que fazer.

"Provavelmente atacar de frente não adiantaria de nada, ele tem aquela armadura muito pesada, e é muito maior que eu, levaria um dia para conseguir acertá-lo." Então Blaze começa a procurar algo que pudesse acertá-lo indiretamente, alguma armadilha que pudesse fazer, uma armadilha de urso seria aquela. Primeiro analisa seu terreno, seu entorno, se tinha algo ali que poderia ser útil. E tinha a fogueira. Era o que parecia ser mais útil ali... Se conseguisse atraí-lo para lá, e então derrubá-lo... Ou então usá-la de outra forma, para fazer uma flecha ou uma lança flamejante e então derrubá-lo... Calma. Não sabia de onde tinham vindo todos aqueles pensamentos, nem se eram uma ideia boa ou ruim, mas faziam sentido. Então pega uma pedra e joga no grandalhão, mirando na cabeça, para provocá-lo, e corre em direção à fogueira, olhando para trás para saber se o está seguindo (se não, pára e repete o processo), e então pula a fogueira, dobrando as pernas para não se queimar, tentando cair o mais longe possível da mesma e não se machucar tanto na queda. Quando estiver recuperado, olha para algum macaco pedindo ajuda e tenta fugir do gnoll chefe de novo, se precisar.

_________________
Blaze
Habilidades especiais


Força:        [][] E
Energia:     [] F
Agilidade:  [][][][] C
Destreza:   [][][] D
Vigor:         [][][] D

Moedas de Ouro: 1500
avatar
DoBer

Mensagens : 130

Ficha Secundária
Título:
Lvl: 5
Raça: Feral

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Rancho Eldest

Mensagem por ADM GabZ em Qua Out 15, 2014 7:30 pm

[Oi Dober! Nossa, 2 meses de atraso, esse foi um novo recorde hahaha. Desculpe, você recebe 400 pontos de experiência por isso. Vou fazer a partir de agora posts mais curtos e dinâmicos, ok?]

A batalha havia começado. Enquanto muitos de seus companheiros caíam, Blaze focava-se no maior objetivo ali: o líder Sangarra. Era um desafio e tanto, talvez o maior que houvesse enfrentado até hoje. O gnoll gigante tinha apenas parte de seu focinho largo para fora da armadura, além de partes das pernas e mãos. Blaze duvidou que golpes nestes lugares seriam suficiente para derrubá-lo. Era como enfrentar um troll com raiva.

Avançou e jogou uma pedra contra o líder. Ele imediatamente rugiu e olhou para Blaze.

— Vermelho...! — Sua voz rouca pôde ser ouvida em meio a todo aquele tumulto. Seus olhos brilhavam de ódio. Foram os Vermelhos que fingiram ser seus aliados e no final os traíram. E agora um deles estava ali, pronto para ser esmagado pelas suas mãos... perfeito!

Blaze se assustou. O líder sequer chamou reforços para atacá-lo, sua fúria o envolveu de tal forma que ele simplesmente sacou sua enorme maça de espinhos num golpe de cima para baixo! O macaco vermelho por sorte era muito ágil e esquivou-se a tempo, mas o impacto da arma foi assustador. Sem pensar duas vezes Blaze continuou a correr para a fogueira. O fogo era seu amigo e talvez a ruína dos gnolls.

Chamou por ajuda, mas estava sozinho.

Todos os outros macacos enfrentavam inúmeros gnolls, eram como uma praga precisando ser exterminada. E seu líder não era tão idiota quanto parecia. Ao invés de atravessar o fogo para pegar blaze, o gnoll deu a volta, mesmo sabendo que perderia um tempo precioso. Era rápido, mesmo com tanta armadura. Porque temia tanto o fogo? Uma resposta fácil na verdade.

[Blaze, você precisa fazer algo! Se não conseguir atingir o líder desta vez, no próximo turno ele irá acertar um golpe que pode ser fatal!]

_________________
avatar
ADM GabZ

Pontos de Medalhas : 999
Mensagens : 1089
Localização : Extrema - MG

Ficha Secundária
Título:
Lvl: 1
Raça: Humano

Ver perfil do usuário http://www.flickr.com/photos/gabzero

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Rancho Eldest

Mensagem por DoBer em Sex Jan 30, 2015 2:41 am

O seu ataque havia enfurecido seu novo inimigo, mas as coisas não saíram bem como planejado. O líder gnoll lançou rapidamente um ataque com sua maça em direção ao chão que Blaze só escapou por ser muito ágil, e então foi correndo a seu encontro, fazendo a volta ao redor da fogueira ao invés de copiar os movimentos do macaco.

Por algum motivo ele parecia odiar ou temer o fogo, e em instantes ele já estaria ali para desferir mais um golpe que Blaze provavelmente não poderia escapar, não para sempre. No mesmo momento que o grandão chegou perto, Blaze, em um ato extremo, sacou seu bastão, sua única arma, e o balançou contra o inimigo, num movimento de baixo para cima, passando pela fogueira para levar o fogo junto com ele, e tentando desviar da maça do oponente.

Quando o outro fosse contra-atacar, Blaze tentaria desviar, rolando para longe do fogo, da maça e da batalha ao fundo. Se tudo ocorresse bem, se prepararia para o próximo ataque analisando os efeitos dos últimos movimentos.

_________________
Blaze
Habilidades especiais


Força:        [][] E
Energia:     [] F
Agilidade:  [][][][] C
Destreza:   [][][] D
Vigor:         [][][] D

Moedas de Ouro: 1500
avatar
DoBer

Mensagens : 130

Ficha Secundária
Título:
Lvl: 5
Raça: Feral

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Rancho Eldest

Mensagem por ADM GabZ em Qua Mar 25, 2015 7:10 pm



[justify]O tempo passava e a batalha em torno de Blaze ficava ainda mais intensa. Ele não desviava os olhos do líder Gnoll, mas podia ouvir o som da carne sendo cortada, o cheiro forte e férreo do sangue sendo derramado. Não sabia se seus companheiros estavam levando a melhor ou a pior, mas sabia que deveria derrotar seu adversário e rápido. A cada golpe que Blaze desviava, mais perto ele estava de ser atingido.

E isso não demorou.

Em um de seus saltos acabou indo um milésimo de segundo tarde demais. A maça de espinhos pegou de raspão o braço esquerdo de Blaze, mas o suficiente para fazer u corte profundo. A dor o atingiu em cheio, mas Blaze não se deixou levar por ela. Manteve-se firme e encarou furioso o Gnoll rir de sua desgraça. Se fosse pego novamente, estaria morto! Foi quando, ao invés de desviar mais uma vez para os lados, Blaze fez o impensável. Sacou seu bastão e correu para cima do inimigo, mas em seu caminho o bastão passou pelas brasas do fogo e num movimento rápido, Blaze as jogou contra os olhos do líder Sangarra!

— Argh! — Rugiu o líder, as brasas haviam lhe acertado os olhos em cheio e agora ele levava a mão livre à cabeça para remover o capacete. A cena não era bonita, o Gnoll era cheio de cicatrizes e havia ganho novas marcas.

Mas não viveria o suficiente para que se tornassem marcas de batalha.

Blaze aproveitou a dor de seu oponente e jogou-se contra ele para derrubá-lo sobre o fogo. O resultado foi imediato! As chamas lamberam o metal da armadura e a aqueceram imediatamente, fazendo o Gnoll urrar loucamente de dor. Estava sendo assado dentro de sua própria armadura! Os berros do líder e o cheiro forte de carne queimada fizeram com que os gnolls começassem a debandar. O feral assistia com certo desconforto enquanto as chamas engoliam o que outrora fora um poderoso gnoll guerreiro. Mas apenas momentos depois uma lança cravou-se na cabeça do moribundo, encerrando assim seu sofrimento.

— Ser queimado vivo é algo que não desejo nem para meu pior inimigo. —Falou Artemis, se aproximando de Blaze. Ele quem havia arremessado a lança, não havia necessidade para o Gnoll sofrer por mais tempo.

Agora o campo estava deserto de gnolls, restando apenas os corpos e os macacos sobreviventes. Muitos estavam feridos, mas todos gritaram pela vitória. Haviam vencido a primeira batalha de muitas.

——————————————

Uma chuva leve agora caía sobre o antigo acampamento Gnoll. Blaze estava sob uma árvore enquanto assistia o fogo, aos poucos, ser apagado pela água. Tudo que restava do grande líder era uma carcaça fumegante e sua armadura. Havia vencido e provado seu valor perante aos outros ferais, mas ainda assim sentia-se incomodado. Levou a mão até o braço esquerdo ferido, que agora estava enfaixado, lembrando-se do terror da morte e imaginando o medo que seu inimigo passou no fogo.

Artemis apareceu e sentou-se ao seu lado.

— Você foi realmente bravo, Blaze. — Começou a falar, mas olhando para a frente. Artemis tinha um jeito mais sério que Blaze achava agradável. — Hoje você provou seu valor, um Vermelho em quem vale a pena confiar. Mas hoje foi apenas uma batalha, ainda não vencemos a guerra.

Ele agora encarou Blaze, seu olhar trazendo um suave grau de incerteza.

— Mas você não precisa ir conosco. Somos tolos calejados pela raiva e movidos pela vingança. Mas você não. Você cresceu longe de tudo isso e não quero que seja tragado para uma guerra que não é sua. — Artemis levantou-se e, detrás da árvore, trouxe um embrulho comprido e o entregou a Blaze. — Agradeço pelo seu apoio, mas por favor parta. Busque sua própria história e seus próprios motivos para lutar.

Artemis estendeu a mão para cumprimentar Blaze uma última vez. Sorriu, algo raro de ver nele, então partiu com os outros ferais. Era estranho ver seus semelhantes simplesmente partindo, mas sabia que cada um deles tinha seu propósito e que, certamente, nunca se esqueceriam daquele Vermelho que, contra todas as probabilidades, os ajudou a vencer uma batalha.


[Blaze, sua aventura se encerrou! Você irá começar outra, mas com uma nova narradora. Peço desculpas por todos estes atrasos e agradeço pela sua insistência em querer continuar a jogar. Tenho certeza de que a sua nova narradora irá oferecer aventuras ainda mais divertidas. A partir daqui é tudo novo para seu personagem. Ah, e vamos aos seus ganhos!

Experiência obtida:

• 800 por toda a aventura. Foi curta, só acabou demorando pelos meus atrasos.
• 100 pontos de bônus de narração.
• 400 por dois meses de atraso.
TOTAL: 1300 pontos

Itens obtidos:
• Um conjunto completo de armadura de couro nível 1 (ombros, elmo, peitoral, cinto, calças, luvas, botas)
• Um bastão retrátil com lâminas nas extremidades nível 2 (era o que tinha no pacote que recebeu).

Um grande abraço!]

_________________
avatar
ADM GabZ

Pontos de Medalhas : 999
Mensagens : 1089
Localização : Extrema - MG

Ficha Secundária
Título:
Lvl: 1
Raça: Humano

Ver perfil do usuário http://www.flickr.com/photos/gabzero

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Rancho Eldest

Mensagem por DoBer em Dom Abr 05, 2015 9:36 pm

A batalha parecia não estar indo muito bem. Blaze fugia de seu adversário enquanto pensava em uma estratégia para vencê-lo, enquanto ouvia os sons da batalha, sem saber se estavam ganhando ou perdendo. Então, se destraiu por um segundo e se lembrou do que significava dor. A lâmina do adversário cravou fundo em seu braço, por sorte não em sua cabeça, e então ele lembrava que não tinha tempo para sentir dor. Em um movimento ousado, ao invés de continuar desviando o macaco investiu contra o monstro verde com seu bastão, que passou pelas brasas da fogueira, então as lançou contra os olhos do inimigo, que gritou de dor também. Blaze não tinha ideia de como seria a sensação daquilo, mas não devia ser nada agradável. Então Blaze mal deixou o líder Sangarra tirar seu capacete e atirou-se sobre ele, derrubando-o no fogo, para seu fim.

Em pé em cima do adversário vencido, Blaze pula para longe da fogueira, pois o metal já tinha começado a superaquecer. Somente alguns reflexivos momentos depois, uma lança é cravada e acaba com seu sofrimento. Era Artemis, o macaco verde, que chega falando que não desejaria uma morte daquelas nem para seu pior inimigo. O macaco vermelho, mesmo ainda estando sob o efeito da adrenalina, começa a sentir o braço doer mais, e se sentia confuso sobre o que fizera ali, mas fora isso, não sobrara nenhum gnoll, os macacos que tinham sobrado estavam festejando a vitória, e Blaze se sentia feliz de rever o amigo, a salvo, e tinha muitas perguntas para fazer.

Artemis, concluímos o objetivo. O que há agora? - falava, com um ar de incerteza. Onde eu posso cuidar do meu machucado? - pensando nele agora, o macaco via como estava feio e como realmente doía, mas se concentrava para relaxar e esquecê-lo. E como ficaram os outros? Vi que muitos morreram, e não encontrei todos os nossos ainda, espero que estejam bem... - Blaze termina de falar e olha para Artemis, mas este se afasta e o ignora pelo momento.

*

Blaze senta ao lado de uma árvore e, coçando em cima da orelha, olha para a fogueira sendo apagada pela chuva e começa a refletir sobre sua batalha, seu desfecho e a dor que o adversário devia ter sentido ao ser queimado. Então Artemis chega e senta ao seu lado.

Depois de tudo que ele fez a vocês e o que devia fazer aos outros... Quero dizer, o Sangarra, ele mereceu isso, não foi? - Blaze começou a falar, mas Artemis ainda estava sério, mais que o normal, e não estava olhando para ele.
Você foi realmente bravo, Blaze. - o macaco só não ficou mais vermelho porque não dava.

E então começou a responder algumas das perguntas. Mas tinha um tom naquela conversa que Blaze, mesmo não entendendo muito de conversas, não estava gostando. Então ele falou que precisava continuar a guerra e que ele não precisava ir junto. - Eu não quero guerras. - Concordava, olhando para baixo e imaginando sua vida envolvida em uma guerra sem fim. - Eu quero achar um lugar que eu possa treinar luta para competir em campeonatos e encontrar lutadores legais como vocês. - dizia, sua voz subitamente equilibrada e olhando nos olhos do outro feral. - Se temos que nos separar. - esta última frase já expressava um pouco sua tristeza. Então Artemis se levantou e foi buscar um pacote, que continha um bastão novo com lâminas nas pontas. Blaze ficou tão animado que deu um pulo, se agarrou no galho mais baixo da árvore e deu um giro, gritando, caindo no mesmo lugar, o que quase acabou em tragédia, por causa de seu braço machucado. Ele então agradeceu e fez uma reverência, guardou o novo item em suas costas, retraído, no lugar do antigo chamuscado do seu avô e falou que precisava dar alguma coisa a ele também. Então retirou as proteções de metal que usava em seu corpo, - que não estavam o ajudando muito, mas tinham um visual legal - tirando a armadura para alcançá-las, a mais difícil sendo a da mão esquerda, por estar próximo do braço machucado, e as entregou a Artemis, que não parecia ter nada parecido. - Tenho estas desde que me lembro. Mas algo me diz que agora vão ser mais úteis com você.

Então Artemis estendeu a mão para dar um último aperto de mãos e Blaze, antes de fazer o mesmo falou: uma última pergunta: você conhece algum lugar por aqui que eu possa treinar alguma arte marcial? - Mesmo que a resposta fosse não, apertaria sua mão e, depois de colocar toda sua armadura menos o capacete a arrumar suas coisas, seguiria para o local indicado pelo outro ou se não houvesse, voltaria para o rancho.

_________________
Blaze
Habilidades especiais


Força:        [][] E
Energia:     [] F
Agilidade:  [][][][] C
Destreza:   [][][] D
Vigor:         [][][] D

Moedas de Ouro: 1500
avatar
DoBer

Mensagens : 130

Ficha Secundária
Título:
Lvl: 5
Raça: Feral

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Rancho Eldest

Mensagem por NR Lima Limão em Qua Abr 15, 2015 9:59 am

[Yoooooo! Eai Dober, blz? Desculpa e leve demora, provas e tals. A partir de hoje, serei sua narradora. o/]

A batalha havia acabado afinal. Muitos haviam caído, mas o sangue derramado, por ambos os lados, fora o preço a ser pago pela vitória dos ferais. A despedida entre Blaze e Artemis fora calorosa, os brados de vitória dos outros ferais ainda podiam ser ouvidos ao fundo enquanto que Artemis, despedia-se de seu novo e improvável aliado de uma forma um tanto desajeitada. Agora cada um teria que seguir seu caminho, a guerra dos ferais ainda não havia terminado, mas com aquela batalha, Artemis e sua tribo poderiam dormir mais tranquilos as próximas noites. E quanto a Blaze? Ele tinha seus próprios objetivos, e apesar de não desejar a guerra, seu intuito era de lutar, se tornar mestre num estilo de luta e participar de campeonatos. Para Artemis aquele era um desejo diferente, deveras um pouco estranho, mas o feral assumiu que deveria ser alguma influencia do mundo fora da tribo dos ferais.

Ele então parou sua caminhada na metade, virou-se novamente para Blaze e respondeu sua pergunta dali mesmo. – Conheço pouco deste mundo a fora, meu caro colega, mas digo que no norte da ilha, pode achar algo desse tipo. – E sem esperar por novas duvidas, Artemis seguiu seu caminho, e Blase seguiu o dele. O norte da Ilha, lar da cidade de Calm e das montanhas da Neve Eterna. Blaze lembrou-se de já ter ouvido falar também de uma academia de magia ficar naquele lugar, e perto desta, uma arena, onde os mais poderosos guerreiros digladiavam entre si para descobrirem quem era o mais forte. Talvez alguém nas proximidades pudesse dar a informação exata que Blaze queria, talvez até mesmo pudesse achar algum mestre nas proximidades do lugar, tudo dependeria da sua sorte, que até o momento, havia sido bem generosa com o macaco.

_________________

Quer ter sua HE avaliada? Clique na imagem acima e peça sem medo! =3
avatar
NR Lima Limão
Narrador

Pontos de Medalhas : 666
Mensagens : 786
Idade : 23
Localização : RJ/RJ

Ficha Secundária
Título:
Lvl: 500
Raça: Vampiro

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Rancho Eldest

Mensagem por DoBer em Dom Abr 19, 2015 7:17 pm

off: aeee da nada, vamos fazer uma aventura épica aqui, Sah! \o/
------

Agora Blaze estava se separando mesmo dos ferais macacos. Artemis, Limia, e como era mesmo o nome do marrom? Tinha gostado deles, e não sabia se algum dia iria encontrar alguém da sua espécie de novo. Tudo passou tão rápido, aquela história que parecia não ter sentido logo foi explicada, acionada, e lá estavam eles, com a batalha ganha e se despedindo. O que será que o destino lhe reservaria agora?

Foi então que Artemis, antes de ir embora, respondeu sua pergunta dizendo que conhecia poucos lugares fora dali, mas no norte de ilha provavelmente encontraria alguma coisa parecida com o que queria. E ele se lembrava de ter ouvido falar de uma academia de magia no norte dessa ilha - um lugar onde se aprendia magia, e o simples pensamento de entrar em um lugar desses o fazia tremer de medo, não sabia porquê, já que a magia era uma coisa tão natural para sua espécie. Também  tinha ouvido que tinha uma arena perto dali, um lugar onde haviam lutas sim, parecia ser interessante, ele precisava encontrar esse lugar, já que lá poderia conhecer outras pessoas e poderia aprender muito lá também. Mas antes de tudo, mesmo Blaze querendo ir embora de uma vez deste lugar, ele sentia que tinha que voltar ao rancho para se despedir e talvez encontrar alguém que pudesse lhe ajudar.

_________________
Blaze
Habilidades especiais


Força:        [][] E
Energia:     [] F
Agilidade:  [][][][] C
Destreza:   [][][] D
Vigor:         [][][] D

Moedas de Ouro: 1500
avatar
DoBer

Mensagens : 130

Ficha Secundária
Título:
Lvl: 5
Raça: Feral

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Rancho Eldest

Mensagem por NR Lima Limão em Dom Abr 26, 2015 9:34 pm

Era o fim da aventura de Blaze ao lado dos seus semelhantes, mas ele agora dava inicio a uma nova aventura, uma nova pagina em sua vida estava sendo escrita. Encontrar-se com outros de sua espécie havia lhe renovado o espírito, saber que não estava tão sozinho assim no mundo, mas toda a partida deixa um pouco de dor no coração, até dos mais fortes. Blaze se despediu de Artemis, não teve tempo de se despedir do restante, mas não sem antes receber um valioso presente, e também uma dica que lhe ajudaria muito em sua nova jornada. A Arena de Calm, esse era seu novo objetivo no momento. Blaze não sabia ao certo o que encontraria lá, sabia que não seria fácil, tampouco seria rápido, mas ele tinha certeza que seus desejos se realizariam ali, naquele lugar frio e distante de tudo.

Mas antes de começar sua atual jornada, ele tinha alguns assuntos a resolver, principalmente quando se tratavam de viagens longas, uma vez que do lugar onde estava até Calm, levaria no mínimo muitos dias a pé. Poderia ter uma montaria, quem sabe? Blaze foi até o rancho acertar suas contas e ver se conseguiria alguma ajuda para sua viagem. Chegando lá, ele foi direto falar com o Sr. Firehawk, que estava em pleno serviço dando ordens a funcionários aqui e ali, enquanto ele mesmo olhava alguma coisa num papel. Mas ao seu lado havia uma figura diferente, um homem completamente careca, ele não usava camisa nem nada protegendo seu tórax, apenas andava com um manto enrolado em seu pescoço que servia como uma meia capa. Ele estava vestido apenas de calças, e seus braços e pernas eram todos enrolados por faixas brancas. Em seus punhos ele usava manoplas que iam até metade de seu antebraço, e para completar, ele tinha pendurado à sua cintura, uma espécie de cantil feito em um bambu grosso. Sua constituição física era invejável, mais forte que muitos dos soldados ou funcionários daquele rancho. Ele não levava consigo armadura alguma, mas levava uma lança em suas mãos, um pouco velha, mas bem resistente, mais até do que o antigo bastão que Blaze usava. O homem aguardava pacientemente a frente de Firehawk, enquanto este lia o papel com uma sobrancelha arqueada, e logo em seguida, ele fez uma expressão de compreensão e chamou um de seus funcionários aos berros.

- EI VOCÊ! VENHA CÁ! – Quando o homem chegou, ele falou com mais calma. – Traga um cavalo a este homem. – O funcionário apenas assentiu com a cabeça e foi até o estábulo, mas Firehawk não parou por aí. – Senhor Fung, correto? Creio que não tenha ninguém entre meus homens que possa fazer este serviço, não seria mais conveniente que o senhor pedisse escolta ao exercito, ou contratasse mercenários para lhe proteger? – Blaze agora estava bem perto, a ponto de poder ouvir a conversa dos dois e também ser visto. Firehawk foi o primeiro a nota-lo, mas o homem desconhecido estava de costas e não o viu chegando. – Meu nome é Fu Ang, senhor. E não, os espíritos me enviaram até aqui com esta carta e uma mensagem, que me dizia que a pessoa que eu deveria levar comigo até o templo, estava neste lugar. – A voz do homem dava a demonstrar que era alguém jovem, entre20-25 anos no máximo, alem disso, ele falava de forma extremamente serena e suave.

_________________

Quer ter sua HE avaliada? Clique na imagem acima e peça sem medo! =3
avatar
NR Lima Limão
Narrador

Pontos de Medalhas : 666
Mensagens : 786
Idade : 23
Localização : RJ/RJ

Ficha Secundária
Título:
Lvl: 500
Raça: Vampiro

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Rancho Eldest

Mensagem por DoBer em Sab Maio 02, 2015 10:36 pm

Blaze voltou para o rancho para tentar encontrar alguém que o ajudasse na sua jornada, ou para buscar suprimentos para levar na viagem. Não demorou muito para chegar lá de volta, e uma sensação boa de estar entrando em um lugar conhecido lhe alcançou também. Mas conhecido até aonde? Mal parou ali, e no tempo em que ficou, esteve perdido e rodeado de coisas estranhas. Mas tudo tinha se resolvido, não? Estava pensando nisso quando avistou um guarda do rancho, e foi logo pedir informações para ele. Pelo que deu para entender, o guarda disse que o dono do rancho era um homem chamado Firehawk, que ele estava em uma casa perto dali e que Blaze deveria falar com ele se quisesse mais explicações.

Quando estava chegando, viu um homem gritando com outros, pela descrição deveria ser o Sr Firehawk. Ele até parecia jovem e parecia forte, e de costas para o macaco estava outra pessoa que chamou bastante atenção: um homem careca, vestindo só calças e um manto no pescoço, com faixas brancas nos braços e pernas e punhos de metal. Que legal! Esse aí parece com algumas das pessoas que eu vi passar lá no templo! - pensa Blaze, começando a gostar da nova situação que se apresentava a ele. O homem era bem forte e também carregava uma... lança, era esse o nome. Incrível como parecia esquecer as coisas tão rápido, ele pensava. A arma era parecida com a que ele tinha ganhado de Artemis! Foi se aproximando com empolgação. O senhor Firehawk gritou chamando a atenção de alguém, o que o fez voltar sua atenção para ele e ver que estava com um papel nas mãos. Ele o fitou de volta por alguns segundos e voltou a falar com o homem misterioso. Pelo que ele disse o outro estava precisando de alguma ajuda. Foi então que ele começou a falar, e Blaze estava ouvindo com toda a atenção:

Meu nome é Fu Ang, senhor. E não, os espíritos me enviaram até aqui com esta carta e uma mensagem que me dizia que a pessoa que eu deveria levar comigo, até o templo, estava neste lugar.

Sua voz era serena e aparentava ser jovem também. Logo que ele disse isso, o macaco foi para o lado dele e começou a falar.

- O senhor é monge? - Falava enquanto coçava a cabeça. Se a resposta fosse positiva, falaria: "Legal! Desde que cheguei aqui nesta Ilha ainda não tinha encontrado nenhum! Você conhece o mestre Zen? Neverwinter? As montanhas Verity? Sabe alguma coisa da arena no norte da ilha?" Se a resposta fosse negativa, falaria simplesmente: "Aah, me desculpe. Achei você parecido com algumas das pessoas que passavam lá no templo. Você sabe alguma coisa da arena no norte da ilha?" E terminaria falando como se tivesse alguma coisa estranha com aquilo.

_________________
Blaze
Habilidades especiais


Força:        [][] E
Energia:     [] F
Agilidade:  [][][][] C
Destreza:   [][][] D
Vigor:         [][][] D

Moedas de Ouro: 1500
avatar
DoBer

Mensagens : 130

Ficha Secundária
Título:
Lvl: 5
Raça: Feral

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Rancho Eldest

Mensagem por NR Lima Limão em Sab Maio 09, 2015 11:01 am

Blaze se aproximou mais da dupla que conversava, subitamente interessado pelas palavras e pelo homem estranho que falava com o dono do rancho, ele não se importou em estar interrompendo alguma coisa importante. – Já falo com você... Er, jovem feral. – Firehawk rapidamente tentou dispensar o feral antes mesmo que ele se aproximasse, mas Fu não ignorou aquilo, e levado pela curiosidade de saber quem era que estava atrás de si, ele se virou, e para a surpresa de Blaze, o homem sorriu com grande satisfação. – Senhor Firehawk, creio que não será mais necessário que encontre alguém para me ajudar, a pessoa a quem estava procurando finalmente chegou. – Ele falou sorrindo, sua voz ainda bem serena, e Firehawk agora fazia uma expressão de pura confusão, coçando a nuca.

- Está falando... Dele?! – Falou o dono surpreso. – Sim, ele mesmo, pode providenciar um montaria para ele também? Não se preocupe com pagamento, os senhores do meu templo virão em breve para lhe pagar pelo que está sendo solicitado. – Fu se virou novamente para o dono do rancho, que ainda confuso, ponderou um pouco, e agora ele observava Blaze. Parecia analisa-lo de alguma forma, talvez tentando identificar alguma característica no feral que tivesse feito com que Fu mudasse de ideia tão repentinamente. - EI VOCÊ! VENHA AQUI! Traga um potro para este feral, um daqueles que concedemos aos Halflings quando estes vêm aqui. – E enquanto o funcionário do rancho buscava uma montaria para Blaze, Fu resolveu responder as duvidas de seu mais novo companheiro de viagem.

- Hahaha, calma amiguinho. Você é um ser realmente muito energético. Faz jus à sua cabeleira de fogo. Uma pergunta de cada vez, certo? – Ele se agachou e ficou mais perto de Blaze, ainda sorrindo de forma bastante simpática. – Me chamo Fu Ang, e sim, sou um monge do Templo das Orquídeas em Calm. Infelizmente nenhum destes nomes que citou me são conhecidos, mas creio que se busca alguém, ou algo, terás sua chance de encontrar.

- Como você se chama, meu caro amigo?


Última edição por NR Lima Limão em Dom Maio 17, 2015 8:58 pm, editado 1 vez(es)

_________________

Quer ter sua HE avaliada? Clique na imagem acima e peça sem medo! =3
avatar
NR Lima Limão
Narrador

Pontos de Medalhas : 666
Mensagens : 786
Idade : 23
Localização : RJ/RJ

Ficha Secundária
Título:
Lvl: 500
Raça: Vampiro

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Rancho Eldest

Mensagem por DoBer em Dom Maio 17, 2015 6:17 pm

Quando chegou perto da dupla, o homem irritado falou com ele: Já falo com você... Er, jovem feral. Então, logo depois o homem simpático olhou para ele e falou que não precisava mais de ajuda por que quem ele estava esperando já tinha chegado.

Onde? Não estou vendo mais ninguém - falava Blaze com a sensação de que tinha alguma coisa estranha naquilo ali.

O homem Ang olhou e sorriu para ele. O senhor Firehawk olhou para ele, olhou para o outro e falou, confuso: Esta falando... dele? O monge concordou e pediu para que conseguissem uma montaria, que o macaco não sabia o que significava, e falou sobre um pagamento. Firehawk se virou para Blaze e começou a examiná-lo, deixando o macaco confuso, e então gritou para que alguém pegasse alguma coisa para ele. Então o homem simpático começou a responder suas perguntas. Você é muito enérgico. - ele disse. Faça uma pergunta de cada vez. Meu nome é Fu Ang, e sou um monge do templo das orquídeas de Calm. Então falou que não conhecia nenhum dos nomes que Blaze tinha mencionado e falou que ele podia encontrar qualquer coisa que estivesse procurando lá no seu templo. Então perguntou seu nome, e Blaze disse:

Meu nome é Blaze, senhor Ang. - Suas orelhas estavam formigando - Você quer que eu vá com você até seu templo então? Acho que é perto do lugar que eu preciso ir, pode me levar à arena de Calm depois?


Última edição por DoBer em Sex Maio 22, 2015 1:52 am, editado 1 vez(es)

_________________
Blaze
Habilidades especiais


Força:        [][] E
Energia:     [] F
Agilidade:  [][][][] C
Destreza:   [][][] D
Vigor:         [][][] D

Moedas de Ouro: 1500
avatar
DoBer

Mensagens : 130

Ficha Secundária
Título:
Lvl: 5
Raça: Feral

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Rancho Eldest

Mensagem por NR Lima Limão em Ter Maio 19, 2015 9:37 am

- Hum, a arena de Calm? Claro. A arena! – Ele ficou pensativo por uns instantes até finalmente se dar conta do que Blaze estava falando. Ele voltou a sorrir e respondeu ao macaquinho. – Posso leva-lo a Arena sim, Blaze. Se importa de irmos juntos até Calm? – Blaze apenas balançou a cabeça confirmando, e nisso, o homem voltou com uma montaria. Era cavalo bem menor que o normal, um poney como chamavam, perfeito para a altura de Blaze. Fu se levantou e voltou-se para Firehawk novamente. Ele juntou as palmas a frente do peito, e fez uma longa reverencia, uma forma de agradecer muito conhecida pelos monges. E então era hora de partir. Com suas montarias, não demoraram a sair das terras do rancho, a estrada longa os esperava, e a viagem seria bem longa. Fu não disse mais nada por todo o caminho. Ele era um rapaz silencioso, mas não por falta de educação, mas sim por sua educação diferenciada que tivera no templo, onde todos eram ensinados a falar somente o necessário, e quando necessário. Mas se Blaze iniciasse a conversa, certamente Fu não hesitaria em responder a todas as suas duvidas com a maior tranquilidade já vista pelo feral.


[Duas coisas!
Nota¹: Você ganhou essa montaria, parabéns, ele é seu! Pode adiciona-lo à sua ficha. ^^
Nota²: Vamos viajar por aqui mesmo, neste tópico, pois já tem gente nas estradas, e como não quero depender de outro narrador, vou ficar aqui até chegarmos a Calm.]

_________________

Quer ter sua HE avaliada? Clique na imagem acima e peça sem medo! =3
avatar
NR Lima Limão
Narrador

Pontos de Medalhas : 666
Mensagens : 786
Idade : 23
Localização : RJ/RJ

Ficha Secundária
Título:
Lvl: 500
Raça: Vampiro

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Rancho Eldest

Mensagem por DoBer em Sab Maio 23, 2015 7:51 pm

O monge Ang ficou pensativo até que se lembrou da tal arena. Então perguntou se Blaze se importava de ir até Calm com ele antes, algo que o macaco já tinha concordado. Então um homem chegou carregando dois animais, o monge logo saudou o dono do rancho e subiu no animal maior e ficou chamando para ele ir também.

Eu tenho que subir neste animal aqui também? - Blaze falava agora, chocado.

— É montar que se diz, Blaze. - explicava o monge, serenamente. Você nunca montou um cavalo? Veja, suba nele, e segure nele assim. - dizia enquanto segurava as rédeas em uma posição ereta, mandando o cavalo, que já começava a ficar inquieto, ficar parado. Você faz assim para direcioná-lo, assim para ele parar e tente manter sempre esta postura. - explicava, fazendo gestos com as mãos e com os pés.

Blaze montou o cavalo com dificuldade, falou um rápido "Tchau senhor Firehawk", que continuava com uma expressão confusa e contorcida no rosto, e então eles começaram a viagem, um pouco mais devagar que o normal, com Blaze agarrado ao animal, e Ang falando alguma coisa para ajudá-lo de vez em quando, mas a maior parte do tempo mantendo-se quieto.

Então, um tempo depois, quando já estivesse mais relaxado, Blaze perguntaria a ele:

Senhor Fu Ang, como é o seu Templo das Orquídeas, em Calm?

_________________
Blaze
Habilidades especiais


Força:        [][] E
Energia:     [] F
Agilidade:  [][][][] C
Destreza:   [][][] D
Vigor:         [][][] D

Moedas de Ouro: 1500
avatar
DoBer

Mensagens : 130

Ficha Secundária
Título:
Lvl: 5
Raça: Feral

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Rancho Eldest

Mensagem por NR Lima Limão em Qua Maio 27, 2015 12:46 pm

[Sem problema Dober, está indo muito bem! É isso mesmo que quero que você faça, interprete seu personagem como ele é. Se ele sabe montar, se ele não sabe, continue assim. ^^]

Blaze sentiu-se um pouco inseguro de inicio em subir no pequeno pônei, mas assim que o fez, percebeu que se tratava de animal bem manso. O monge guiava seus passos com bastante cautela, pois havia percebido que o feral não sabia sequer o que era uma montaria. Mas no fim das contas, tudo correu bem, eles seguiram viagem num ritmo normal de galope, e aos poucos, Blaze foi se acostumando a sua nova montaria.

- O Templo é um local de extrema paz, onde nós monges, vivemos e aprendemos a nos unir com o mundo e nos tornarmos um só com este. - Provavelmente não era esta a resposta que Blaze esperava, mas Ang não parou por aí. - Fica no alto de uma grande montanha, além das terras de Calm. Pode-se ver tudo lá de cima, até mesmo a arena, e a paisagem? Bem... Não posso descreve-la, creio que terá que ver com seus próprios olhos. - E silenciou-se novamente.

A viagem seguiu por mais longas horas, até que Ang decidiu parar para comerem algo. Blaze já se sentia faminto àquela altura, mas o monge não parecia estar tão incomodado assim. Muito pelo contrario, tudo o que fez foi sentar abaixo de uma arvore e uma posição esquisita para o macaco, fechou seus olhos e ali ficou imóvel. A paisagem do local era bela. Era cerca d meio dia, e eles se encontravam agora numa planície rodeada por uma grama baixa e muitas arvores, mas bastante esparsas entre si. Algumas delas davam frutos, mas a grande maioria eram arvores infrutíferas ou floridas apenas. O sol tocava na grama verde viva e o clima quente era um pouco mais abafado naquela região devido estarem longe da costa.

_________________

Quer ter sua HE avaliada? Clique na imagem acima e peça sem medo! =3
avatar
NR Lima Limão
Narrador

Pontos de Medalhas : 666
Mensagens : 786
Idade : 23
Localização : RJ/RJ

Ficha Secundária
Título:
Lvl: 500
Raça: Vampiro

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Rancho Eldest

Mensagem por DoBer em Seg Jun 01, 2015 5:41 pm

O monge estava ajudando Blaze a acompanhá-lo com sua montaria, e a viagem estava começando a ficar mais tranquila. Blaze estava com medo de machucar o animal, mas tirando isso estava se divertindo com a nova atividade. Quando o monge falou a primeira frase, Blaze exibiu o sorriso e falou, bem animado:

Exatamente como lá no templo! - e, depois de pensar um pouco, completou. - No meu templo, quero dizer.

Quando Ang terminou sua explicação, Blaze disse somente:

Mal posso esperar para conhecê-lo!

E seguiu viagem tranquilamente com seu companheiro.

Algumas horas depois, fizeram uma pausa para comer. Desceram e prenderam os cavalos, mas Ang simplesmente se encostou em uma árvore, fechou os olhos e ficou parado, em uma posição diferente. Parecia estar meditando. Eu tô com tanta fome... Pensei que a gente ia parar pra comer... Por que ele tá meditando? Será que ele se alimenta de um jeito diferente? - pensava o macaco. Olhou em volta.

O ambiente em que estavam era muito bonito. Não era o tipo de ambiente que estava acostumado a habitar, mas o clima estava agradável, a grama verde e existiam algumas árvores espalhadas aqui e ali. O sol estava bem alto, com certeza já era hora de comer, e como o monge não se mexia, ele teria que fazer as coisas por si mesmo, pensava o macaco. Primeiro procuraria uma daquelas árvores que tivesse algum dos frutos que ele conhecida, então subiria nela, cataria alguns deles e comeria, tirando as sementes e atirando no chão. Repetiria o processo até estar satisfeito, então começaria a explorar o lugar. Apenas iria cuidar para não se afastar muito, para não perder o outro de vista.

_________________
Blaze
Habilidades especiais


Força:        [][] E
Energia:     [] F
Agilidade:  [][][][] C
Destreza:   [][][] D
Vigor:         [][][] D

Moedas de Ouro: 1500
avatar
DoBer

Mensagens : 130

Ficha Secundária
Título:
Lvl: 5
Raça: Feral

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Rancho Eldest

Mensagem por NR Lima Limão em Qui Jun 11, 2015 9:31 am

Ang ficou ali parado por umas boas horas, não se moveu nem um músculo, e num determinado momento, algumas borboletas e pássaros vieram até ele, pousando em sua cabeça e nos ombros e depois indo embora, como se nada tivesse acontecido. Ja Blaze não se conteve muito no lugar, estava com fome, e como um bom herbívoro, ele logo tratou de se aproveitar da paisagem fértil que via a frente. Em pouco tempo, Blaze conseguiu saciar sua fome, estava bem satisfeito, não havia nada melhor que frutas frescas na dieta de um feral macaco. Mas antes de voltar à companhia de Ang, ele decidiu explorar um pouco lugar, mas não encontrou nada muito interessante por perto. Tudo era muito natural, muito vivo, a grama verde e as arvores, e até mesmo os animais pastando nas planícies, era tudo muito vivo e a natureza predominava ali como em nenhum outro lugar. Sem a interferência do homem, ou qualquer outra raça inteligente, apenas a mãe natureza e sua pureza sem igual.

Blaze ficou ali admirando o lugar por mais alguns minutos, até que decidiu que era hora de voltar. E quando voltou, viu Ang já preparando as coisas para montar em seu cavalo. - Vejo que está de volta, Amigo. Pronto para continuar? - Ele falou gentilmente e montou em seu cavalo, aguardando que Blaze fizesse o mesmo para partirem. O feral não fazia a menor ideia de quanto tempo demoraria a viagem, mas observando a paisagem, era possível notar que ainda estavam longe, pois lembrou-se de ter ouvido que Calm e as terras do norte eram cobertas de gelo, e não havia sequer o menor sinal de frio ali naquela região.

_________________

Quer ter sua HE avaliada? Clique na imagem acima e peça sem medo! =3
avatar
NR Lima Limão
Narrador

Pontos de Medalhas : 666
Mensagens : 786
Idade : 23
Localização : RJ/RJ

Ficha Secundária
Título:
Lvl: 500
Raça: Vampiro

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Rancho Eldest

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 1 de 3 1, 2, 3  Seguinte

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum