Fórum Inativo!

Atualmente Lodoss se encontra inativo. Saiba mais clicando aqui.










Últimos assuntos
» Saudades
Ter Jun 20, 2017 2:28 pm por Cloud

» Parceria Naruto Survival RPG
Dom Jun 18, 2017 3:35 pm por Survival

» Registro de Atividade
Dom Maio 07, 2017 2:54 pm por NR Sérpico

» [Comum] Considere-se morto
Dom Maio 07, 2017 2:51 pm por NR Sérpico

» Fórum em Modo Inativo
Ter Dez 13, 2016 9:06 pm por Hitoezaki

» Vilarejo de Calm
Ter Nov 22, 2016 5:16 pm por NR Sérpico

» [Parceria] RPG HAJIME NARUTO!
Ter Nov 15, 2016 6:25 pm por ADM GabZ

» Templo de Janiya
Dom Ago 14, 2016 12:18 pm por Shaorin

» Arredores da Cidade
Dom Ago 14, 2016 10:38 am por Praquenome

Vagas Ocupadas / Vagas Totais
-- / 25

Fórum Inativo!

Saiba Mais
Quadro de Avisos

>Dizem as más línguas que o anão Rookar, que fica no Porto Rangestaca, está procurando por mercenários corajosos - ou loucos - que estejam afim de sujar as mãos com trabalhos "irregulares". Paga-se bem.

> Há rumores sobre movimentações estranhas próximas aos Rochedos Tempestuosos. Alguns dizem que lá fica a Gruta dos Ladrões, lar de uma ordem secreta. Palavra de goblin!

> Se quer dinheiro rápido, precisa ser rápido também! O Corcel Expresso está contratando aventureiros corajosos para fazer entregas perigosas. Por conta da demanda, os pagamentos aumentaram!

> Honra e glória! Abre-se a nova temporada da Arena de Calm! Guerreiros e bravos de toda a ilha reúnem-se para este evento acirrado. Façam suas apostas ou tente sua sorte em um dos eventos mais intensos de toda ilha!


[ Copy this | Start New | Full Size ]



Quer continuar ouvindo as trilhas enquanto navega pelo fórum? Clique no botão acima!

[Ficha] Ryujin

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

[Ficha] Ryujin

Mensagem por Gats G. Gaius em Seg Maio 26, 2014 2:06 pm

Nome: Ryujin
Idade:153 Anos
Sexo:Masculino
Altura:1,87m
Raça:Meio Dragão.
Lodians (L$):0

Nível: / Exp: 0/1000
Aparência:Ryujin como todo meio dragão possui um misto de aparência humana com aparência draconiana. Possui a estrutura básica de um corpo humano, postura ereta, braços e pernas. Seu abdome, coxas e antebraço são humanos externamente, bem como sua face, mas seus braços e mãos, do joelho para baixo e ombros são coberto por escamas. No lugar de suas unhas possuí garras triangulares e afiadas, seus dentes são pontiagudos e seus olhos de um amarelo brilhante profundo. chifres tortuosos ficam nas laterais da sua cabeça, saindo por entre seus cabelos castanho escuros, estes que são compridos e lisos chegando a altura de seus ombros. Pequenos espinhos saem das escamas em seus ombros e se ligam ali até a base de suas asas. Duas grandes asas em suas costas, com longos espinhos nas extremidades. Suas escamas são de um marrom avermelhada, com losangos verde grama em diversos pontos.

Possui um rosto "quadrado" com traços fortes e bem masculinos e sem barba, sua pele é morena bronzeada e suas orelhas um pouco pontiagudas.

Personalidade:Orgulhoso de si mesmo, sua raça e suas habilidades. Tem um jeito altivo, sempre seguro de si e confiante. Gosta de desafios, pois eles o diverte e aplacam seu lado feral herdado de suas origens. É feroz em batalha, recusa-se a dar-se por vencido geralmente não recuando, mas também não entra de cabeça em batalhas perdidas. É honrado e segue o caminho da espada, demonstrando respeito as seus oponentes e valorizando os que demonstram grande valor. Tem um grande amor por sua irmã e esse talvez é a única coisa no mundo que o faria cometer uma completa insensatez. Por ela se poria a frente de exércitos para combate, enfrentando milhares de inimigos sem recuar, mesmo que a mesma não seja fraca ou coisa parecida, apenas pelo amor incondicional que sente por ela.

Costuma discutir com ela muitas vezes, pois seus pontos de vista diferem, mas nunca sua relação foi abalada por isso, pois o mesmo só tenta ver o que acha que é melhor, embora ela as vezes ache coisas totalmente diferentes.

Terra Natal: Ilha de Lodoss, local Exato desconhecido

História:Ryujin e Tiamat, sua irmã, nasceram de uma união incomum. Seu pai um grande e antigo dragão puro que possuía a capacidade de se transformar em um humano e sua mãe até onde sabem uma humana. Nunca conheceram sua mãe e isso talvez seja o motivo das coisas terem acontecido da forma que aconteceram, mas isso é uma história para mais tarde.

Ainda beber foram levados para as florestas de Endless, mais exatamente para as montanhas na florestas, crescendo lá sobre a tutela de seu pai dragão. A floresta era um lugar solitário, dando a Ryujin apenas a companhia de sua irmã, a qual criou um grande laço de amor e afeto. Era sua única companhia para brincar durante a sua infância, a única pessoa que conseguia conversar tudo.. Bem entenda, é um pouco complicado não se sentir intimidado por um pai dragão, um corpo gigante e escamas vermelhas cor de sangue, mas não podia dizer que ele não se esforçava, é claro que do seu jeito.

Ryujin foi treinado e instruído por seu pai, em todas as vezes que o dragão assumia a forma humana. Aprendeu a lutar, aprendeu o orgulho de sua raça, aprendeu o que era ser um dragão de verdade, em suma aprendeu tudo que sabe com seu pai, e aprendeu as responsabilidades com sua irmã, sentia um dever que nunca soube explicar, um dever de protege-la, talvez por ser ela a única pessoa que o conhecia e compreendia profundamente.

Cresceram ali por muitos anos, caçando, lutando contra outras criaturas na floresta e estudando e aprendendo com seu pai, mas a curiosidade de quem era sua mão nunca lhe abandonou. Por mais que perguntassem a seu pai o mesmo sempre se recusava a dizer, o mesmo nunca dava qualquer pista do que havia acontecido exceto o fato  de uma vez ter confessado ser uma Humana.

Os anos passaram, não se podia dizer que não foram bons anos, mas poderiam ter sido melhores, enfim, não estou aqui para reclamar e sim contar a minha vida até aqui.

Foi uns dias atrás o fato que acabou mudando muita coisa na minha vida e na de minha irmã. Era um dia normal, em que saímos para caçar nossa comida, tinha tudo para ser um dia simples, mas acabamos encontrando outra coisa. Encontramos aquelas pessoas, nunca vim a saber dos detalhes, apenas coisas superficiais do porque estavam ali.

Eram um grupo de mais ou menos 15 humanos, haviam ali homens, mulheres e crianças, estavam sujos, machucados e famintos, as crianças choravam e gritavam e os adultos tinham rostos marcados por dor e tristeza. Estavam desesperados, desesperados ao ponto de não se espantarem com a nossa presença e acabaram por nos implorar socorro. Bem nunca entendi como a cabeça deles estava funcionando aquele dia, mas talvez o cheiro que vinha de nossa fogueira e do animal que assávamos os tivesse convencido.

Eu não ligava muito entende? Mas minha irmã se comoveu, percebi isso quando olhei em seus olhos que ela queria ajuda-los e apesar de todos esses anos junto a ela ainda não podia dizer que entendia todas as suas motivações. Assim acolhemos aquelas pessoas e decidimos guia-los para fora da floresta, já que ali estavam perdidos e desesperados.

Contaram-nos durante aquele dia algumas coisas, parece que eram 50 quando entraram ali, alguns se machucaram e foram deixados para trás, outros morreram em ataques e alguns simplesmente sumiram durante a noite. A cada dia o grupo diminuía, a tristeza e o desespero aumentavam e bem como eu disse minha irmã parecia querer ajudar e assim começamos a acompanha-los.

Infelizmente eles eram frágeis, não podiam voar, estavam cansados, tristes e machucados, seguiam em um caminhar lento, as crianças reclamavam e choravam, os homens e as mulheres também, mas de forma mais controladas. Minha irmã conversava com alguns, eu com outros afinal era uma experiência nova.

Fazia dois dias já que os ajudávamos, era noite e a lua estava alta, grande e cheia. Reuníamos ao redor de uma nova fogueira para nos aquecer, mas não havia alegria, não havia conversas, nem histórias de acampamento. As crianças ficam em silêncio encolhidas e os adultos encarando o nada com olhares vagos e tristes, comiam praticamente sem vida.

Eu olhava para eles e imaginava como podiam ser tão fracos de espírito. O javali que havíamos matado chiava sobre as brasas, sua gordura derretendo de forma suculenta e seu aroma se espalhando para o ar. Bom, minha irmã e eu nunca tivemos muita cautela em andar por aquelas florestas, até porque pouco andávamos, voávamos para onde desejávamos e voltávamos para a montanha onde vivíamos com nosso pai. Poucos ousavam nos atacar, receosos da fúria que podia ser dirigida a eles. Ser filho de um dragão tinha a suas vantagens, mas esses que temiam eram somente aqueles que tinham inteligência para tal.

Como eu disse era uma lua cheia, nosso javali exalava um delicioso aroma aos céus e então o ar se encheu com mais algo, um uivo profundo que trouxe um arrepio a todos naquela clareira. Não ouve dúvidas naquele momento, era um lobisomem, e um perigoso.

As crianças e os adultos todos gritaram, enquanto eu me levantei de imediato sacando minha espada.

- Leve eles, vai. - gritei com tom de urgência para minha irmã.

Seria impossível afinal, lutar e proteger ao mesmo tempo. E assim ela o fez. Eles não pareceram protestar em sair dali o mais rápido possível, pegando as tochas que havíamos feito para casos em que a necessidade ditasse e se foram em meio a escuridão da floresta guiados por minha querida irmã.

Junto ao fogo aguardei, um rosnado baixo logo alcançou os meus ouvidos e por entre as sombras um grande lobisomem surgiu. Era um ser impuro, dominado pelos instintos ferais, violento e irracional. Acho que não preciso dizer o que aconteceu depois. Fiquei vivo é claro, mas a vida não é sinônimo de segurança tudo que consegui fazer foi segura-lo ali e por fim fazê-lo recuar e devo dizer que só aguentei, pois não podia permitir que ele perseguisse a minha querida irmã. Tirei forças de onde elas não existiam e lutei, ataquei e fui atacado, mordido e arranhado, meu sangue se espalhou pelo local e o da fera também.

Não posso dizer que ganhei, talvez um empate seja o justo a descrever, ma seja o que fosse não consegui sair dali no mesmo instante. Estava ferido, fraco e incapacitado, mas consegui sobreviver. Algumas foram as cicatrizes que ganhei naquele dia e somente depois de alguns dias fui capaz de voltar a me mover.

Não sabia o que havia acontecido com minha irmã, apenas podia esperar que ela estivesse segura. Um nó se formava em meu peito quando retornei para a montanha onde vivíamos e lá percebi que as surpresas ainda não haviam terminado. Nosso pai, o qual havia nos criado, ensinado e treinado não estava mais ali. Outros foram os dias que ali esperei, mas nem meu pai, muito menos minha irmã voltaram a aparecer. Meu corpo havia se curado, mais em meu interior um vazio se formado. Em minha mente uma decisão precisava ser tomada, precisava encontrar minha irmã, mas como? Se em "casa" ficasse ela poderia retornar, mas se ali ficasse ela poderia morrer por estar precisando de ajuda.

E foi assim que chegamos aqui. Minha irmã em um local desconhecido, comigo sem saber noticias dela e de suas condições, tudo para ajudar um pequeno grupo de humanos e nosso pai em igual situação. Não conseguia entender o que lhe faria se ausentar por tantos dias e talvez nunca viesse a descobrir.



Atributos:

Força: 4
Energia: 2
Agilidade: 3
Destreza: 2  
Vigor: 3  
Habilidades Especiais: Link do seu tópico de HE

Equipamentos: Uma espada simples, Sacola de viagem, Armadura leve de couro, Cantil de água.


Última edição por Gats G. Gaius em Qui Maio 29, 2014 7:10 am, editado 1 vez(es)

Gats G. Gaius

Mensagens : 3
Idade : 25

Ficha Secundária
Título: Nenhum
Lvl: 1
Raça: Meio-Dragão

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Ficha] Ryujin

Mensagem por GM Zato em Qua Maio 28, 2014 11:13 pm

Opa, quase tudo certo cara, mas seus atributos somam 15 pontos, a quantia inicial é 14.
Corrija isso para que eu possa aprovar a ficha ^^

_________________

Sanity can be the toll - Leading to the core of your soul...
avatar
GM Zato

Pontos de Medalhas : 1000
Mensagens : 280
Idade : 23

Ficha Secundária
Título:
Lvl: 20
Raça: Humano

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Ficha] Ryujin

Mensagem por Gats G. Gaius em Qui Maio 29, 2014 7:11 am

Feito

Gats G. Gaius

Mensagens : 3
Idade : 25

Ficha Secundária
Título: Nenhum
Lvl: 1
Raça: Meio-Dragão

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Ficha] Ryujin

Mensagem por GM Zato em Qua Jun 04, 2014 9:11 pm

Ficha está aprovada.

Peço que coloque os seguintes itens em sua assinatura:

- Moedas de Ouro (MO)
- Link para este tópico.
- Atributos com Ranks.
- Nome da personagem.

Não se esqueça também de ativar sua ficha de personagem em seu perfil.

_________________

Sanity can be the toll - Leading to the core of your soul...
avatar
GM Zato

Pontos de Medalhas : 1000
Mensagens : 280
Idade : 23

Ficha Secundária
Título:
Lvl: 20
Raça: Humano

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Ficha] Ryujin

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum