Fórum Inativo!

Atualmente Lodoss se encontra inativo. Saiba mais clicando aqui.










Vagas Ocupadas / Vagas Totais
-- / 25

Fórum Inativo!

Saiba Mais
Quadro de Avisos

>Dizem as más línguas que o anão Rookar, que fica no Porto Rangestaca, está procurando por mercenários corajosos - ou loucos - que estejam afim de sujar as mãos com trabalhos "irregulares". Paga-se bem.

> Há rumores sobre movimentações estranhas próximas aos Rochedos Tempestuosos. Alguns dizem que lá fica a Gruta dos Ladrões, lar de uma ordem secreta. Palavra de goblin!

> Se quer dinheiro rápido, precisa ser rápido também! O Corcel Expresso está contratando aventureiros corajosos para fazer entregas perigosas. Por conta da demanda, os pagamentos aumentaram!

> Honra e glória! Abre-se a nova temporada da Arena de Calm! Guerreiros e bravos de toda a ilha reúnem-se para este evento acirrado. Façam suas apostas ou tente sua sorte em um dos eventos mais intensos de toda ilha!




Quer continuar ouvindo as trilhas enquanto navega pelo fórum? Clique no botão acima!

Ponderações

Ir em baixo

Ponderações

Mensagem por NR Nayruni em Seg Mar 09, 2015 4:43 am

Olá pra você!

Esse tópico é voltado aos meus jogadores e para quem lê minhas narrativas. Vamos direto ao ponto. Eu falei MUITA coisa, então... Leia quem tiver paciência =X

Eu não sou como os outros GMs, não estou querendo me exibir, me destacar, querer expor algo que de alguma forma pareça que sou melhor que os demais. Longe disso, tudo bem no passado eu era um pouco arrogante, mas isso ficou na metade de 2014 quando eu escutei uns sermões da Gabz e principalmente da Sabrina, minha amada, então eu mudei, fiquei na minha e segui em frente. Meus olhos se abriram pra novos horizontes, era como se um véu negro houvesse sido removido da minha mente e agora eu via uma verdade nunca antes vista, uma verdade maravilhosa.

Mas apesar da atitude ter mudado, o estilo de se jogar e se narrar não mudou, eu não comecei jogando RPG em um fórum, eu comecei com papél, lápis, um livro de regras e sentado em uma mesa com 7 outras pessoas. E eu joguei por 18 anos assim e ainda jogo, todos os domingos a noite lá estou eu, atualmente interpretando Aslan, O Vampiro que busca uma forma de vencer a maldição, mas que por dentro é um monstro, vivendo nas crônicas de Chicago By Night, uma crônica que já vem durando um ano de tempo real.

Meu sistema favorito pra cenários medievais é D&D, eu amo esse sistema, eu joguei jogos eletrônicos baseados nesse sistema e pra mim de longe ele é o melhor pra se jogar uma ambientação medieval, pelo menos o 3.5, porque o atual 4.0 parece um MOBA... Outros sistemas que joguei foram o GURPS que eu adoro também, o Storyteller e o 3D&T, joguei também Cyberpunk 2020 e Invasão, Lobisomen O Apocalipse, Vampiro A Máscara e Mago a Ascensão. Eu comecei a jogar na Lodoss porque certo dia eu fui pesquisar o nome Kalahan e encontrei no Google este fórum que tinha um jogador com esse nome no personagem. Li o fórum e apaixonei, na época eu estava sem jogar e encontrei aqui uma forma de voltar pro meu passatempo favorito. Foi muito difícil a adaptação, eu tive muitos problemas pra ser honesto, pra me acostumar com a velocidade de jogo, com a dinâmica e tudo mais.

Depois que eu finalmente consegui me instalar, eu comecei a criar minhas asinhas, comecei a fazer parte da ADM daqui e de outros fóruns, a narrar e jogar bastante, ajudar a desenvolver sistemas e tudo mais. Mas na época eu era arrogante, de uma forma que eu não via, mas eu era e eu conquistei muitos "inimigos" com isso. Depois quando finalmente eu vi o quanto eu estava errado eu decidi abrir mão das coisas que eu havia conquistado, eu abandonei tarefas de ADM, abandonei cargos e tudo. Eu ia abandonar o cargo de GM aqui também mas a Gabz insistiu tanto que não tive coragem de lhe dizer um não.

Muitos falam que eu narro bem, muitos falam que se divertem comigo, mas sei lá, volte e meia eu faço uma coisa e o pessoal acaba não gostando e ai começam as comparações.

1 "Todos os outros GMs narram assim, só você que fica fazendo isso."
2 "Você não usa o sistema do fórum, você fica narrando D&D disfarçado."
3 "Argumentar com você é o mesmo que falar com uma porta, você é muito teimoso."
4 "Você não tem responsabilidade, vive atrasando."
5 "Você sempre inventa regras pra prejudicar o jogo dos outros."
6 "Você não é imparcial, você não tem profissionalismo."
7 "Você adora se destacar, narrar diferente dos outros pra se aparecer."

Pois bem, vamos responder todas essas críticas.

1: "Todos os outros GMs narram assim, só você que fica fazendo isso."
Spoiler:
Em todo lugar eu sempre encontro a maioria fazendo de um jeito, eu tenho um sentimento de identidade muito forte. Não é exibicionismo ou qualquer coisa do gênero, eu apenas faço o que eu gosto sem me importar se é uma moda ou um padrão. As vezes as pessoas se irritam com isso, porque sei lá, tem gente que acha incômodo isso, existem pessoas que dão muito valor a opinião dos outros e quando elas encontram alguém que faz diferente porque quer fazer elas se sentem incomodadas. Seja por inveja ou porque aquela pessoa tem coragem de sustentar um estilo que é só dela.

Um monte de gente faz um monte de coisas, a maioria faz um monte de coisas, e eu muitas vezes vejo a maioria fazendo coisas erradas. Eu não sei se a maioria está certa ou errada, então pra não ficar na dúvida vou pela minha cabeça. Essa tendência se reflete em tudo na minha vida, no ano novo todos se vestem de branco, eu uso preto, eu adoro preto pra mim o preto é a minha cor comemorativa e eu uso preto em todas as ocasiões que considero especial. Eu adoro música eletrônica e havy metal, eu escuto isso mesmo que esteja em um lugar onde 99% das pessoas escutam funk e coisas assim. Então parem de achar que eu narro diferente pra me exibir ou me aparecer ou tentar criar tendências ou ser do contra, eu narro diferente porque vim de uma escola diferente e faço meu jogo da forma como acho melhor.

Se você quer narrar igual os outros, pra seguir uma tendência, vá em frente se isso te fizer se sentir bem, mas não venha me criticar, eu não vou seguir nenhuma tendência a menos que eu ache cabível.

2: "Você não usa o sistema do fórum, você fica narrando D&D disfarçado."
Spoiler:
Eu uso, quando ele existe, quando não existe não uso. Como assim? O sistema do fórum não tem um bestiário? Tem? Como não tem eu tenho que criar meus monstros, então no lugar de criar um monstro novo do zero, um Ugamulukulanga que tem habilidades de disparar bananas pelas mãos que nascem de sua cabeça. Eu prefiro pegar algo que já existe e adaptar, assim não preciso ficar pensando em nomes estranhos e detalhes irritantes, eu vo lá pego algo pronto e coloco no fórum dentro das regras e pronto!

Quanto a magias, HEs e habilidades especiais, tudo dentro das regras também, eu garanto eu consigo criar monstros dentro do perfil de ficha do fórum. Mas eu não poso isso, imaginem só eu ter que criar uma ficha de um monstro e pedir pra avaliarem HEs pra cada monstro que eu por, quanto trabalho!

Quanto a criação de regras, o fórum também não tem regras pra todas as situações. Qual a altura máxima que posso escalar em uma montanha sem sofrer com o ar rarefeito? Quantos metros eu posso mergulhar sem ser esmagado pela pressão da água? Quanto tempo levarei para cavar um buraco de 5x5 usando apenas as mãos e tendo Força B?

Como podem ver não existem regras definidas pra cada situação, logo eu tenho que criar regras novas e ai novamente que arremete à adaptação, o GURPS por exemplo, sistema de RPG de mesa, tem regras pra se cavar buraco, regras sobre ar rarefeito e mergulho a grandes profundidades. Então no lugar de criar uma regra nova, eu adapto novamente, assim como faço com os monstros.
Jogador as vezes se sente prejudicado quando confronta algo inesperado que não está escrito em nenhum lugar, mas a vida não é assim? Quem nunca tomou um choque enfiando o dedo na tomada?

Nossos personagens estão lá, em um mundo imaginário, mas só porque é um mundo imaginário não quer dizer que vai aparecer um balão de fala em cada situação apontando: "Se andar sobre os espinhos vai tomar 20% de dano.", "Se dançar ula ula só de tanguinha você sumona o Nego Thompsom.". Isso quer dizer que: seus personagens, pelo menos em minha aventura nunca serão avisados de algo que eles jamais fizeram antes ou pelo menos ouviram falar.

3: "Argumentar com você é o mesmo que falar com uma porta, você é muito teimoso."
Spoiler:
Isso é verdade, mas não totalmente, sou teimoso, é cansativo debater comigo, você vai ter que provar por A+B que eu estou errado. Mas esperem, eu conheço um monte de gente assim. Sabrina por exemplo é assim, Akira também. O problema é que eu já tenho uma certa reputação de fazer as coisas erradas e por isso comigo as críticas são mais severas. Mas eu ainda estou pra ver um jogador vir aqui e falar que em dada situação ele saiu inteiramente prejudicado de uma forma injusta. Se alguém vier falando isso favor postar com o link do post também. ^^

4: "Você não tem responsabilidade, vive atrasando."
Spoiler:
Não conheço nenhum GM que não atrasa. Tudo bem, eu fazia de forma exagerada, mas isso é algo que está mudando. Então não vamos discutir isso ok? Eu já entendi e como falei está sendo mudado.

5: "Você sempre inventa regras pra prejudicar o jogo dos outros."
Spoiler:
Isso não é verdade, eu invento regras pra evitar abusos é diferente. Porque jogador é o pior monstro que existe, jogador quando descobre um combo OP ou algo OP vai logo querendo usar. Se a gente não controla a coisa fica muito chata e complicada. Pra vocês terem uma ideia, uma vez no GURPS por exemplo, era uma aventura de super heróis, eu criei um personagem que podia se encolher do tamanho de uma mosca e ele podia encolher coisas com ele, ele tinha vôo e superforça e o nome dele era O Mosca. Eu matava qualquer coisa... Eu ia lá encolhia um carro, voava até o ouvido da vítima e soltava o carro dentro da cabeça dela, o carro voltava ao tamanho normal explodindo a cabeça do infeliz. É um exemplo de RPG de mesa, mas serve pra fórum também, já vi muita ficha em fórum ser nerfada por causa de combos abusivos, já vi SISTEMAS INTEIROS serem mudados pelo mesmo motivo aqui na Lodoss e em pelo menos 4 outros fóruns.

Eu não crio regras pra prejudicar, eu crio pra tornar o jogo equilibrado e desafiador. E a partir do momento que eu achar que alguém tem uma HE apelona, coisa que eu não posso ir lá e tocar, eu vou gritar no ouvido da Sabrina pra dar uma reavaliada na coisa. Se ela não resolver eu chamo a Gabz. Mas coisas que não estão definidas no fórum eu irei definir.

6: "Você não é imparcial, você não tem profissionalismo."
Spoiler:
Contra essa acusação não tem argumento que preste. Mesmo que eu prove por A+B que é uma acusação falsa o acusador não vai acreditar. Então fica por isso mesmo.

7: "Você adora se destacar, narrar diferente dos outros pra se aparecer."
Spoiler:
Eu gosto, e quem não gosta? Mas eu gosto de uma forma positiva, eu gosto quando falam que minhas aventuras são emocionantes, que uma batalha foi muito hard, que tal coisa foi épica. Eu gosto de ver os personagens pra quem eu narro mudarem, amadurecerem. Olhem o Hayate, olhe a Lyza, olhem a Silmeria. Eu estou deixando uma marca neles, em cada um deles que não vai ser esquecida e essa é a minha arte. De forma alguma eu fico usando monstros de outros sistemas ou regras pra ficar me aparecendo.

Escrevi bastante, mas é porque quando eu penso que ta tudo bem, não ta tudo bem, sempre tem gente reclamando, criticando e falando coisas. Eu só queria que essas pessoas no lugar de ficarem reclamando com os amiguinhos que eu fui injusto e cruel, tivessem a coragem de pegar e abrir o painel de mensagens e falar o que pensam, o que sentem. Se ninguém fala nada como vou saber que ta ruim a coisa? '-'

Acho que pro jogo ser bom devem existir duas coisas importantíssimas: comunicação e confiança. O GM DEVE se comunicar com seus jogadores, estar disposto a escutar e a debater suas decisões e até mesmo voltar atrás. Os jogadores por sua vez DEVEM confiar no seu GM.

Quando eu posto algo, SEMPRE tem uma saída, minhas aventuras não são ensaios onde você sabe que vai entrar vivo e sair vivo. Eu realmente narro hardcore, mas pra ficar claro meu estilo quero que vocês levem algumas coisas em consideração.

1: Nível de Personagem
Se seu personagem é nível baixo, eu nunca vou te avisar de nada que não esteja anotado em sua ficha. Então se você nunca arremessou um machado de batalha na sua vida, quando você pegar um e arremessar eu vo fazer ele cair na metade do caminho desajeitadamente no chão.

"Poxa, mas tu podia ter avisado que o machado não dava pra arremessar."

Mas como? Você já fez isso antes? Como você ia saber disso? '-'

Se seu personagem fosse um guerreiro nível 5 por exemplo, ai sim eu te avisaria ANTES de fazer isso, porque eu ia considerar que ele ja é um guerreiro calejado, já passou por batalhas e viu gente arremessando machados e viu dar errado.

"Ha, mas e os atributos? Não são eles que dizem se a coisa dá certo ou não? Pra que é que eles servem se você considera o nível?"

Você pode ter Rank SS em agilidade e Destreza, mas se você nunca tiver lutado Kung Fu na vida e entrar em uma academia, pode apostar que a sua primeira vez de dar um golpe vai dar errado.

Um atributo representa suas capacidades intrínsecas, inatas e sem treino, o nível representa seu treino, seu conhecimento. Aquele numerozinho chamado Experiência pra mim não é só uma coisa que te faz subir de nível e pontuar atributos e habilidades novas na ficha, pra mim é algo que diz o que você sabe, o que você vivenciou. Experiência vem com o aprendizado.


2: O Desafio
Meu lema é No Pain! No Gain!, esqueçam essa coisa de fazer planos e dar sempre certo, complicações ocorrem, sempre ocorrerão, isso faz parte da vida de um aventureiro. Na verdade eu posso dizer que seus personagens estão acostumados a isso, mas e você jogador? O que eu proponho em minhas narrativas são situações desafiadores que SEMPRE têm uma solução, uma saída. Assim como na vida real nós temos os altos e baixos, no jogo também você vai ter seus altos e baixos, me disseram que o objetivo do fórum não é imitar a realidade mas sim ser uma válvula de scape pra um mundo onde as regras são diferentes. Acho isso legal, isso existe em minhas narrativas, com certa limitação mas existe, na vida real nunca que um grupo de 4 pessoas se enfiariam em um buraco, enfrentariam uma tonelada de monstros e sairiam vivas pra contar a história. Se isso não é heroico eu não sei o que é então.

Resumindo: tudo o que eu coloco diante de você, tem uma alternativa.


3: Realismo x Ficção
Um guerreiro da ficção da Lodoss pode usar uma espada descomunal, muito maior que o próprio corpo dele. Uma feiticeira ardilosa pode enlouquecer multidões com apenas um simples olhar. Mas se o guerreiro da espada grande tomar uma flechada no pescoço ele morre na hora. Se a feiticeira ficar dias sem beber água ela morre.

Isso é um jogo de ficção, mas por favor, vamos manter a coerência.

4: O Objetivo!
Ha! O OBJETIVO DO JOGO! Claro sem dúvida nenhuma é a diversão de TODOS os envolvidos. Mas as vezes temos que ser pacientes, as vezes eu não to afim de narrar pra vocês mas posto mesmo sem estar me divertindo, aposto que com vocês é a mesma coisa. O que realmente interessa é se na maior parte do tempo o jogo está sendo divertido. Se não estiver, me manda uma MP e me diga o que a gente pode fazer pra ele melhorar.


Enfim, falei muito, muito mesmo, desculpem o desabafo, mas eu realmente precisava postar isso, mesmo que muitos de vocês não leiam nem 1/4 disso, está ai. Por favor me perdoem pelo meu passado, aquilo tudo ficou no passado ok? Lá pela metade de 2014. Eu sou um cara legal, é sério, se você tivesse a chance de jogar comigo cara a cara, todas essas briguinhas chatas iam deixar de existir. Uma discussão furiosa sobre uma regra viraria um negócio tipo assim: "Deixa eu ver sua ficha. Hummm verdade, faz seguinte, risca esse ponto de dano, volta o turno e rola o dado de novo.". A gente pode fazer isso aqui na Lodoss também, basta ter comunicação.

Enfim, Abraços.

_________________
Aproveito este espaço para deixar meus préstimos ao meu colega de equipe GM Zato por ter lido toda a história escrita na ficha do Bluesday!!!

Parabéns fera! Você é mitológico!
avatar
NR Nayruni
Narrador

Pontos de Medalhas : 0
Mensagens : 431
Localização : Lodoss RPG

Ficha Secundária
Título:
Lvl: 1
Raça:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ponderações

Mensagem por Sérpico em Seg Mar 09, 2015 12:27 pm

Gold! To jogando contigo faz um tempo curto, então vim aqui dar um feedback.  

Primeiro as 7 criticas:

1. Colega, não entendi muito bem essa critica e a sua resposta. Acho que cada um narra de um jeito, nem tem muito o que discutir.

2. Aqui tudo ok. Mas pra usar capangas, talvez não seja necessário tanto trabalho de adaptação e criação de habilidade. Bom, sei lá.  

3. Ainda não argumentei com você pra vê se é verdade isso aí XD.

4. Ok, normal.  

5. Nada que bom senso e conversa não resolvam.

6. Essa falta de imparcialidade que dizem deve ser você jogando contra o jogador, certo? Ao menos na minha aventura eu não sinto isso.

7. Mesma coisa do item 1.


Sobre suas outras colocações.

1. De acordo. E como você faria num caso contrário: o personagem tem a experiência (pois tá lá na ficha todo um histórico de atividades), mas o personagem não tem o atributo "necessário" pra cavar o tal buraco de 5x5 ou arremessar o bendito machado.

2. Talvez nesse ponto que se sustente a acusação da tal falta de imparcialidade? Você sabe qual o caminho para o sucesso da missão, óbvio. Mas se esse for o único caminho possível, então as chances do jogador ter sucesso são reduzidas somente ao que você sabe. Nem mesmo na vida real existe apenas uma saída para os problemas. Sei lá, não quero que você me leve a mal. Como já disse, não percebo nada do tipo na campanha que jogo contigo. Mas o pouco que já ouvi de outras discussões me fez escrever isso.

3 e 4. Tá certo.

Sobre o jogo ser divertido e tal... isso também é responsabilidade do jogador! É uma roda, uma troca de favores, ambos lados criando e se divertindo. Já fui pra muitas mesas de RPG com a trama pelo meio, desmotivado pra narrar e com mil outras coisas poluindo a mente. Mas de repente aquele jogador X estava num dia tão inspirado que me contagiou e o jogo foi satisfatório, de alguma forma que não sei explicar! Então, Gold, quando o rendimento cair, não pegue esse fardo só pra você. Dou rebote das suas palavras: se tiver algo que eu possa fazer pra melhorar, é só falar.

Até.

_________________
Sérpico Vandimion
Habilidades
L$:
Atributos: Força: C (8), Energia: C (8), Agilidade: C (8), Destreza: C (8), Vigor: C (8)

Senso de direção: sempre sabe para onde é o norte, e sempre sabe voltar por qualquer caminho que tenha feito.
Senso de distância: pode julgar distâncias exata e automaticamente.
Sentido temporal: sempre sabe que horas são, e pode cronometrar eventos como se tivesse um relógio exato.

Itens: Faca (nível 1), Sobretudo de couro rígido (nível 1), Amuleto do Conselho
Itens (UAOM): Cinto com (8) adagas (nível 1), Espada curta (nível 1), Faca (nível 1), Sobretudo de couro rígido (nível 1), Amuleto do Conselho, Berrante, Poção de cura menor.
avatar
Sérpico

Mensagens : 201

Ficha Secundária
Título:
Lvl: 14
Raça: Humano

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ponderações

Mensagem por NR Nayruni em Seg Mar 09, 2015 3:07 pm

Obrigado pelo seu feedback Sérpico. Foi muito importante pelo fato de você ser um de meus players. =)

_________________
Aproveito este espaço para deixar meus préstimos ao meu colega de equipe GM Zato por ter lido toda a história escrita na ficha do Bluesday!!!

Parabéns fera! Você é mitológico!
avatar
NR Nayruni
Narrador

Pontos de Medalhas : 0
Mensagens : 431
Localização : Lodoss RPG

Ficha Secundária
Título:
Lvl: 1
Raça:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ponderações

Mensagem por ADM GabZ em Seg Mar 09, 2015 3:09 pm

Fala Gold!

Por um momento fiquei receosa achando que era outro tópico "polêmico", mas foi mais uma prova de que você realmente mudou depois de alguns puxões de orelha. Li tudo e fiquei feliz, mostra que você gosta do que faz e isso é algo muito importante pra mim. Quero que todos se divirtam: jogadores e narradores.

Todo narrador que entra eu deixo claro que ele possui liberdade para narrar. Não temos um bestiário, então se quiser colocar um monstro de D&D ou do Senhor dos Anéis... porque não? Ao mesmo tempo em que se você quiser criar um dragão de 3 cabeças aonde cada uma cospe algo diferente de fogo, vai de sua criatividade. Claro, sempre dentro do bom-senso. Os narradores sempre tiveram esta liberdade e por isso conseguem criar histórias super épicas que os jogadores adoram.

E sim, cada narrador tem seu estilo! Eu mesma gosto de fazer viagens distantes e perigosas nas minhas aventuras, outros preferem enfiar os jogadores em cavernas enquanto para alguns apenas uma mansão é o suficiente. Também tem narradores que possuem narração mais light, não levando em consideração coisas como fome, sede e até mesmo algumas feridas leves. Já outros podem ser incrivelmente detalhistas e considerar o tempo que seu personagem está sem comer, uma ferida que ficou muito tempo sem cuidados ou o simples fato se você ter narrado seu personagem não olhando em volta numa área nova. Acredito que assim como o narrador vai conhecendo seu jogador, o jogador vai conhecendo o narrador. Depois de um tempo em Lodoss a gente aprende quais narradores são mais do seu estilo.

Uma coisa que faz eu gostar muito da narração do Gold é o quanto ele envolve os personagens na trama. Eu sempre incentivo os narradores a lerem TODA a ficha dos jogadores pra quem eles narram, principalmente a história. Nela podemos encontrar muitas informações úteis e usar isso na aventura seja a favor ou contra seu personagem. E o Gold faz isso muito bem. Gosto muito do meu personagem, ele é um índio e nas narrações que faço vez ou outra incluo alguns nomes da tribo dele e algumas lembranças. No momento certo o Gold usou isso sabiamente e criou uma trama em cima de todos estes pequenos detalhes sem eu ter pedido nada. E mais uma vez provei que é incrivelmente divertido ver que a história de seu personagem saiu da ficha e foi parar na aventura. Por isso, galera, caprichem nas suas histórias! =)

E não tem muito o que falar sobre fofocas. Sempre vai ter, o ser humano vive disso, eu mesma sei de N pessoas que falam de mim pelas costas mas nunca na cara. A questão é que se é fofoca, não vale a pena importar-se com elas. Se houver um problema real pode ter certeza de que um amigo ou companheiro vai sim te avisar, vai te dar umas dicas e aí sim você pode dar a devida atenção. Porque você sabe que são críticas construtivas. Por isso é sempre bom ver o feedback dos jogadores, ver se eles estão gostando, o que falta ou não.

E isso vale para todos os meus narradores. Eu NUNCA recebi uma PM reclamando que a narração de fulano ou beltrano está ruim. Todos vocês se dedicam da sua maneira, fazem suas aventuras e dão o melhor de si. E o mais importante: quero que sempre estejam se divertindo! Narrar é um hobby, não obrigação. Jogar RPG é uma diversão que vem dos dois lados: narrador e jogador. Todos os narradores estão de parabéns, e grande parte dos jogadores também. Temos muitos jogadores fantásticos que até rola briga pra ver qual narrador vai narrar pra ele/ela hahaha.

Sim, jogadores, vocês são muito valorizados também =)

_________________
avatar
ADM GabZ

Pontos de Medalhas : 999
Mensagens : 1129
Localização : Extrema - MG

Ficha Secundária
Título:
Lvl: 1
Raça: Humano

Ver perfil do usuário http://www.flickr.com/photos/gabzero

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ponderações

Mensagem por NR Nayruni em Seg Mar 09, 2015 5:26 pm

Obrigado pelo seu feedback Gabz. Foi muito importante pelo fato de você ser uma de minhas players. =)

_________________
Aproveito este espaço para deixar meus préstimos ao meu colega de equipe GM Zato por ter lido toda a história escrita na ficha do Bluesday!!!

Parabéns fera! Você é mitológico!
avatar
NR Nayruni
Narrador

Pontos de Medalhas : 0
Mensagens : 431
Localização : Lodoss RPG

Ficha Secundária
Título:
Lvl: 1
Raça:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ponderações

Mensagem por DoBer em Ter Mar 10, 2015 12:09 am

Oi. Eu acompanho algumas das suas aventuras (principalmente UADM) e acho que devo falar alguma coisa. Até pq eu to gastando meu tempo lendo aqui entao acho que tenho direito de dar uma opinião asusauahuas

Então, vou começar pelas perguntas tb:

1 - Cara, acho que todo mundo sempre tem que ser quem é, não importa onde esteja, então não vejo problema nenhum aí.

2 - Eu acho q a surpresa é a graça do jogo, assim como da vida, então tudo certo aqui tb.

3 - Tem gente que é assim mesmo, fazer o q né. kkkk Mas se não prejudicar ninguém, não tem problema, é o jeito de cada um.

4 - Detesto GM que atrasa, mas eu atraso às vezes tb, então tudo certo =P. E nós sabemos que todos temos nossas responsabilidades, nossos compromissos e nossa preguiça, então dá pra entender.

5 - Isso aí, GM tem que controla esses players mesmo, se não vira uma bagunça =P.

6 - Isso é opinião, e até agora não vi nada disso. Algumas coisas um pouco exageradas, mas tudo dentro da lei, como dizia o Raul Seixas =).

7 - Legal, gosto disso tb. Acho que faz parte da magia do jogo, os personagens irem evoluindo com o tempo, como a vida deles mesmo. ^^

Então, enfim, acho que o jogo tem que ter a sensação de ser real! de ser possível! mesmo no mundo da ficção. poder ser um feral que viveu num mosteiro e agora descobre o mundo ou um humano que carrega uma espada maior que ele mesmo mas mesmo assim não perdendo a conexão com a realidade, com a sinceridade nos fatos, isso sim é a verdadeira aventura! imagina poder pensar: será que isso não acontece mesmo em uma universo paralelo? asuhuhsauhsauh

Viagens à parte, eu gostei bastante do que eu li. me fez ter mais certeza de que tem gente se preocupando (no bom sentido) com isso aqui, que sabe o que está fazendo e, principalmente, que se preocupa com os outros. Não sou um sábio, mas nem precisa ser pra concluir isso.
Acho que tu estás amadurecendo, parça!

Abraços

_________________
Blaze
Habilidades especiais


Força:        [][] E
Energia:     [] F
Agilidade:  [][][][] C
Destreza:   [][][] D
Vigor:         [][][] D

Moedas de Ouro: 1500
avatar
DoBer

Mensagens : 130

Ficha Secundária
Título:
Lvl: 5
Raça: Feral

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ponderações

Mensagem por Cloud em Ter Mar 10, 2015 7:51 pm

Cara, eu acompanho o Gold de outro fórum, e lá ele era meu GM e nunca tive problemas e olha, tem tempo, então pelo visto peguei a época Dark dele rs.

Acho que o player quer mandar no mundo do seu personagem, mas não é assim, você pode mandar no seu personagem, não a volta dele.

Gold, não sou mais seu player, mas mesmo que estivesse errado, eu estaria contigo!

_________________
Força: 4(D) Energia: 2(E) Agilidade: 4(D) Destreza: 4(D) Vigor: 2(E)

Vincent Eldoras 
Cloud
avatar
Cloud

Pontos de Medalhas : 0
Mensagens : 103

Ficha Secundária
Título: Nenhum
Lvl: 4
Raça: Meio-Demônio

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ponderações

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum