Fórum Inativo!

Atualmente Lodoss se encontra inativo. Saiba mais clicando aqui.










Vagas Ocupadas / Vagas Totais
-- / 25

Fórum Inativo!

Saiba Mais
Quadro de Avisos

>Dizem as más línguas que o anão Rookar, que fica no Porto Rangestaca, está procurando por mercenários corajosos - ou loucos - que estejam afim de sujar as mãos com trabalhos "irregulares". Paga-se bem.

> Há rumores sobre movimentações estranhas próximas aos Rochedos Tempestuosos. Alguns dizem que lá fica a Gruta dos Ladrões, lar de uma ordem secreta. Palavra de goblin!

> Se quer dinheiro rápido, precisa ser rápido também! O Corcel Expresso está contratando aventureiros corajosos para fazer entregas perigosas. Por conta da demanda, os pagamentos aumentaram!

> Honra e glória! Abre-se a nova temporada da Arena de Calm! Guerreiros e bravos de toda a ilha reúnem-se para este evento acirrado. Façam suas apostas ou tente sua sorte em um dos eventos mais intensos de toda ilha!




Quer continuar ouvindo as trilhas enquanto navega pelo fórum? Clique no botão acima!

[Comum] UAOM - In The North of The Island

Página 11 de 11 Anterior  1, 2, 3 ... 9, 10, 11

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

[Comum] UAOM - In The North of The Island

Mensagem por NR Nayruni em Dom Mar 09, 2014 8:22 pm

Relembrando a primeira mensagem :

Tópico criado como parte integral da campanha Uma Ameaça de Outro Mundo. Essa parte da campanha se passa nas regiões gélidas de Calm.

Jogadores:

Lyza Simons
PV: 100%
EN: 100%
XP Adquirido:
Status:

Sabrina Lima
PV: 100%
EN: 88%
XP Adquirido:
Status:

Kirshin Arcroem
PV: 100%
EN: 100%
Status:



Sérpico/b]
PV: 100%
EN: 100%
Status:


[b]Saphira

PV: 100%
EN: 100%
Status:


Eric
PV: 100%
EN: 100%
Status:


Última edição por NR Nayruni em Dom Nov 15, 2015 5:26 am, editado 13 vez(es)
avatar
NR Nayruni
Narrador

Pontos de Medalhas : 0
Mensagens : 431
Localização : Lodoss RPG

Ficha Secundária
Título:
Lvl: 1
Raça:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo


Re: [Comum] UAOM - In The North of The Island

Mensagem por Lyza Simons em Sex Fev 26, 2016 11:55 pm

Lyza adormeceu ao lado de sua Sobrinha querida, abraçada a esta em sinal de carinho e ternura. De manha quando acordou, chegou a sentir vontade de não sair mais daquele quarto, ficar ali para sempre ao lado dela, mas sabia que isso não seria o correto. Além do mais, aquela não era a verdadeira Samantha, era somente uma lembrança do passado. Samy já estava bem diferente, com certeza já mudara muito desde que fugiu de sua terra. E Lyza não desistiria tão facilmente, mesmo tendo todos os motivos do mundo para isto.

- Boa sorte, tia. Estarei aqui quando voltar. – Ela falou com um sorriso gentil, sua marca registrada. A maga então saiu e foi até o local onde seria treinada, todos pareciam ter acordado ao mesmo tempo, o que era no mínimo muito bom, mostrava que todos ali estavam começando a encarar melhor aquele desafio novo. Desafio. Talvez a palavra perfeita para aquele novo episodio que estava prestes a viver sua vida. Nunca recebera treinamento de ninguém antes, tudo que ela sabia havia aprendido sozinha, através de muito esforço, muita dedicação e muito suor e sangue. Mas agora? Bem, estava prestes a experimentar algo novo, e  como tudo que entra de novo em sua vida, a ruiva não sabia o que esperar daquilo.

Quando entrou na porta, sem saber o que esperava, talvez a primeira coisa que a assustou foi mudança repentina no clima, que apesar de não ser tão brusca para ela, ainda assim podia ser notada de forma bem contrastante com o cenário anterior. Tudo era neve, tudo era branco, e no meio daquilo tudo, como se estivesse perdido, Kalahan olhava para a maga com sua mesma expressão de sempre.

- Ola, Kalahan, o usurpador de Cania, correto? – Respondeu quando ele a cumprimentou, tentou lembrar do titulo que o mago tanto ostentava, mas ficou com receio de ter errado alguma coisa. Ele começou explicando algumas coisas, que até então pareciam sem sentido e sem importância. Havia uma diferença entre magos e feiticeiros? Lyza sempre acreditou que eram ambos denominações para o mesmo fim, mas Kalahan logo a esclareceu que não, havia uma diferença, e das grandes.

- Entendo... – Mas ele não parou por aí, a historia continuou mais um pouco, continuou até um ponto onde nem mesmo a maga poderia esperar que acabaria, sua origem. – Me-Merlinda... Como sabe? Você a conheceu?! – Ficou pasmem a mulher com tamanha surpresa, aquela informação era tão importante quanto o paradeiro de Samantha. Pois se ele a conhecia, então conhecia também a Julia, e por consequência poderia ajuda-la a encontrar sua sobrinha.

_________________


Força: D Energia: B Agilidade: D Destreza: D Vigor: E
M.O: 1500
avatar
Lyza Simons

Pontos de Medalhas : 80
Mensagens : 228
Idade : 28
Localização : Rio de janeiro, RJ

Ficha Secundária
Título:
Lvl: 6
Raça: Humano

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Comum] UAOM - In The North of The Island

Mensagem por Sérpico em Sab Fev 27, 2016 3:17 pm

Ficou. Apenas ficou. Por quanto tempo? Não saberia dizer. Quando cansou, levantou, saiu. Elas também. Achou estranho, mas já não se importava com estranhezas. O que viria agora? Viu que elas seguiam para suas portas, de modo que era essa a pista. Foi lá. Do outro lado, Kalahan.

E mais nada. Um não lugar.

Sérpico olhou feio para o homem. Se ele puxasse mais ar do que devia, se um dedo se movesse mais depressa do que o normal, uma piscada forte demais, Sérpico reagiria. Deu nisso: o homem surgiu ao seu lado, teleporte. Sérpico saltou pra longe, seu próprio teleporte. Na fila das reações, vinha o sacar da espada. Mas em vez disso, Sérpico ficou escutando a prosa.

Não rebateu o papo. Coisa estranha, prolixo demais. Pra Sérpico, bastava querer e pronto, estava em outro lugar, orientado e operante. Não havia teoria na prática. Pensar de forma quadrimensional, penta? Kalahan falava élfico, Sérpico não entedia bulhufas. Errado: entedia. De alguma forma, entendia.

Sérpico, a vida inteira trabalhando com os bois ─ de repente entra Kalahan e dá nome aos bois. Mesmo assim, continuou olhando feio para o mago. E resolveu dar algum rebote:

─ Está querendo dizer que consegue ir e voltar no tempo?

Descrença pesada desenhada na ponta da fala. Possível, claro, se o homem fosse um “verdadeiro mestre”, como tinha dito. Para Sérpico, aquilo era impossível. Ele sabia o preço que pagava para se mover no espaço sem cruzá-lo. Mas se mover no tempo ─ que tipo de tributo isso exigiria?

_________________
Sérpico Vandimion
Habilidades
L$:
Atributos: Força: C (8), Energia: C (8), Agilidade: C (8), Destreza: C (8), Vigor: C (8)

Senso de direção: sempre sabe para onde é o norte, e sempre sabe voltar por qualquer caminho que tenha feito.
Senso de distância: pode julgar distâncias exata e automaticamente.
Sentido temporal: sempre sabe que horas são, e pode cronometrar eventos como se tivesse um relógio exato.

Itens: Faca (nível 1), Sobretudo de couro rígido (nível 1), Amuleto do Conselho
Itens (UAOM): Cinto com (8) adagas (nível 1), Espada curta (nível 1), Faca (nível 1), Sobretudo de couro rígido (nível 1), Amuleto do Conselho, Berrante, Poção de cura menor.
avatar
Sérpico

Mensagens : 201

Ficha Secundária
Título:
Lvl: 14
Raça: Humano

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Comum] UAOM - In The North of The Island

Mensagem por NR Nayruni em Qua Mar 09, 2016 1:20 am

@ Sérpico

Trilha Sonora

Sérpico começava aos poucos a entender as explicações de Kalahan. As palavras do mago abriam novos horizontes para o jovem aventureiro, ele agora estava adquirindo uma compreensão muito maior de suas habilidades do que jamais tivera.

-- Viajar no tempo? Com teletransporte? Bom isso é possível mas é uma magia muito avançada e apenas aqueles que alcançaram o pensamento hexadimensional como eu são capazes de tal feito. Você teria que treinar por anos, talvez décadas e ainda teria que aprender com alguém que saiba o caminho. Mas não se atente a isso, se atente ao presente. Olhe para mim Sérpico, onde estou? -- O mago abriu os braços enquanto falava como que exibindo seu corpo.

Sérpico o encarou e então o mago sumiu.

-- Aqui estou eu! -- Sérpico ouviu a voz dele atrás de si então virou para vê-lo mas nada encontrou.

-- Aqui! -- Ouviu novamente a voz de outro ponto, quando se virou para ver, nada.

A cena se repetiu sete vezes ao todo até que Kalahan finalmente estava ao lado de Sérpico.

-- Agora eu estou exatamente aqui, mas por causa de minha habilidade eu estou potencialmente em todos os lugares desta planície e o mesmo serve para você, consegue entender? -- Dizia o mago encarando-o com um brilho de poder nos olhos.

Sérpico aos poucos começava a entender, estava pensando quando sentiu a mão de Kalahan pousar em seu ombro. Ele sabia o que aquilo poderia significar, não deixaria o mago tocá-lo novamente e por isso teletransportou-se. Mas quando o fez encontrou Kalahan na mesma posição ainda tocando-o. Sem pensar duas vezes Sérpico repetiu o ato e a mesma coisa aconteceu, era como se Kalahan adivinhasse pra onde ele ia se teletransportar e ia junto dele ao mesmo tempo. Como isso era possível?

-- Vamos Sérpico escape de meu toque, enquanto você se vir apenas em um lugar jamais escapará, você precisa se ver em toda a parte. Teleporte-se Sérpico, aqui neste lugar tu não se cansará! -- Assim ordenou Kalahan e assim Sérpico o fez.

Não precisava de duas ordens para tentar escapar de Kalahan. Sérpico neste dia tentou se livrar do mago um total de 500 vezes mas falhou em todas, por mais que tentasse Kalahan apenas aparecia junto dele ao mesmo tempo, no exato momento sem nenhum atraso.

Se houvesse alguém observando os dois agora, veria um show de luzes e flashs com Sérpico e Kalahan se teletransportando por toda a planície.

-- Já chega por hoje Sérpico, descanse e aproveite as maravilhas do teu quarto. -- Disse Kalahan tirando a mão de Sérpico e saindo da planície pela mesma porta por onde Sérpico havia chego.


@ Lyza

Trilha Sonora

A expressão séria de Kalahan não se alterou ante a demonstração de emoção de Lyza.

-- Não, eu não ha conheci, mas sei quem a conheceu. -- Respondeu ele. Nisso um portal se abriu e dele saiu Lazarus.

O dragão estava em sua forma humana, agora vestia uma reluzente armadura de prata toda ornamentada com diamantes azuis. Ele tinha a aparência de um humano muito forte em seus 40 anos de idade, cabelos negros e compridos caiam até sua nuca e seus olhos brilhantes e zuis como o mais límpido céu brilhava. Lyza não precisou de mais explicações, ela entendeu der repente quem era aqiele homem, aquele dragão.

Lágrimas escaparam dos olhos da feiticeira de forma incontrolável e surpreendentemente dos olhos do dragão também. Kalahan por sua vez sorriu, virou-se de costas e desapareceu.

-- Deixarei vocês a sós. -- Disse ele, mas Lyza percebeu que até mesmo Kalahan estava emocionado, pois teve a certeza de ter visto uma pequena lágrima de emoção escapar dos olhos do mago antes dele se virar.

-- Venha minha filha, minha amada filha, me abrace. Sim eu sou teu pai. -- Disse ele choroso.

Lyza não suportou aquilo e quando se deu conta estava em um abraço apertado com seu recém descoberto pai. Ela sabia que aquilo era verdade, ela podia sentir em seu coração, em seu sangue. Lazarus era seu pai e Lyza não era humana, mas sim uma meio-dragão.


@ Saphira

Trilha Sonora

Karen riu de Saphira, uma risada divertida.

-- Kalahan me disse tudo sobre você... Tudo e até mesmo alguns segredinhos dele. -- Disse a demônia desfilando sensualmente em volta de Saphira, agora ela estava nas costas da vampira.

-- Suas mordidas minha querida... Elas doem, elas trazem o desespero para suas vítimas e estas se debatem até os últimos momentos de suas consciências. -- Disse Karen agora abraçando Saphira por trás.

A vampira podia sentir o corpo macio da demônia que exalava um perfume de rosas, a calda da demônia foi para frente e começou vagarosamente a se enrolar em uma das coxas de Saphira.

-- Mas no fundo suas mordidas trazem o prazer sobrenatural do êxtase a suas vítimas, e você sabe... Kalahan deixou escapar que ele é doidinho pra ser sua presa... Por isso vou te ensinar direitinho... -- Saphira sentiu os lábios finos da demônia roçarem em seu pescoço e depois sentiu a linguá e por sua vez uma pequena dor. As prezas de Karen agora estavam no pescoço de Saphira, perfurando-o e ela não fez nada para impedir porque era terrivelmente prazeroso.

Saphira sentiu-se na ponta da língua de Karen, sentiu-se consumir, esvair, mas quanto mais ela era consumida mais prazer sentia, mais ela queria, até que subitamente tudo parou e a demônia afastou-se de Saphira. Livre do abraço de Karen, Saphira foi ao chão de joelhos completamente amolecida e desarmada o que fez Karen gargalhar.

-- Sua alma é uma delícia, quase a devorei, hihihi. -- Falou a demônia parando de cócoras a frente de Saphira. -- Eu não sou uma vampira, eu sou uma demônia, eu sugo almas para aumentar meu poder, eu as devoro assim como você devora o sangue dos vivos. -- Explicou ela.

-- Eu vou te ensinar a controlar as mentes de suas presas e a tornar sua mordida irresistivelmente fatal. -- Disse a demônia passando a língua nos lábios. -- Se fizer tudo direitinho, eu te entrego Kalahan, o verdadeiro. Sei uma forma que você pode matá-lo sem ser para sempre, para o seu prazer. Agora levante-se, vamos testar sua mordida nessas pessoas... -- Falou agora se levantando e estalando os dedos.

As pessoas e a cidade de Hilydrus voltaram a ganhar vida, mas ainda assim todos agiam como se Saphira ou Karen não estivessem ali.

-- Saphira, devore aquele mendigo. -- Ordenou a demônia em um tom imperativo, cruel e sádico enquanto apontava seu dedo indicador com uma unha pontuda para um pobre mendigo que comia um pão em um beco escuro.


@ Sabrina

Trilha Sonora

-- Há! É por isso que gosto tanto de ti. Veja esse brilho nos olhos. Um misto de sadismo e fome por poder. -- Falou Alice aproximando-se bem perto de Sabrina. -- Ganhar poder é bom, mas melhor ainda se for feito de forma a causar o sofrimento alheio não é mesmo? -- Alice deixou-se rir alto.

-- Você já aprendeu a sensação deliciosa de sugar uma alma, agora mesmo você tem a alma de Aldarion presa dentro de você, e não é ótimo? -- Explicou Alice. -- Mas agora vou te ensinar a sugar a alma de seus inimigos e usá-las como combustível para o seu poder e o seu corpo, você aprenderá como tornar suas magias corruptas e profanas através do pecado alheio.

-- Quando eu liderava a Irmandade da Lótus Negra consegui fazer acordos com vários demônios e eles me ensinaram a forma como fazem pra sugar as almas das pessoas. -- Falava Alice encarando Sabrina com um ar imponente, imperativo. -- É através do pecado, quando as pessoas cometem pecados suas almas tornam-se presas para qualquer demônio astuto ou para qualquer um que conheça os meios certos, como eu.

-- Para sugar a alma de alguém, você precisa fazer essa pessoa cometer um pecado, isso se você for um demônio. No seu caso amor, você pode sugar as almas dos outros através dos SEUS próprios pecados. Matando, causando dor, sofrimento, violando o que é sagrado e profanando-o. -- Alice falava com um brilho sinistro nos olhos.

_________________
Aproveito este espaço para deixar meus préstimos ao meu colega de equipe GM Zato por ter lido toda a história escrita na ficha do Bluesday!!!

Parabéns fera! Você é mitológico!
avatar
NR Nayruni
Narrador

Pontos de Medalhas : 0
Mensagens : 431
Localização : Lodoss RPG

Ficha Secundária
Título:
Lvl: 1
Raça:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Comum] UAOM - In The North of The Island

Mensagem por Lyza Simons em Qui Mar 17, 2016 10:41 am

O momento era de emoção para a maga, mas também de duvidas, pois até então ela não compreendia como Kalahan sabia o nome de sua mãe. Mas a verdade não tardou em chegar, e tão logo quanto ela perguntou, o mago magnifico a respondeu de prontidão, lhe dando até mais respostas do que ela realmente procurava.

Quando Lyza viu sair de dentro do portal Lazarus, mas com uma aparência diferente, ela logo entendeu do que se tratava, até porque, ela reconhecia aquela aparência, lhe era muito familiar. Era seu pai. Sim, por mais incrível que parecesse, aquele era seu pai, e ela podia reconhece-lo, mesmo após tantos anos afastada dele. As lagrimas saíram controle e ao ouvir o chamado de Lazarus, ela não se conteve em correr até seus braços e abraça-lo com força.

- P-Pai... – Ela claramente não sabia como reagir ali, estava feliz, muito feliz. A emoção a dominava por completo. Ela tinha tantas perguntas, mas ao mesmo tempo tinha medo de gastar todo seu tempo e o de Lazarus com perguntas bobas.

- Eu... Eu estou tão feliz... – Ela abriu um largo sorriso ao fim daquele abraço apertado e reconfortante. – Eu queria te perguntar tanta coisa, mas acho que... Acho que não seria bom gastar nosso tempo com perguntas bobas. Hehe

- O-Onde está minha mãe? Ela ainda está viva? – Quando a deixou, Merlinda já era uma senhora com certa idade, não surpreenderia a feiticeira que ela talvez já tivesse partido. Mas também não deixaria de ser uma noticia triste se fosse verdade.

_________________


Força: D Energia: B Agilidade: D Destreza: D Vigor: E
M.O: 1500
avatar
Lyza Simons

Pontos de Medalhas : 80
Mensagens : 228
Idade : 28
Localização : Rio de janeiro, RJ

Ficha Secundária
Título:
Lvl: 6
Raça: Humano

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Comum] UAOM - In The North of The Island

Mensagem por Saphira em Seg Mar 21, 2016 10:56 am

Karen era um pedaço de mal caminho, uma demônio ardilosa, suja, mas de uma beleza e sensualidade incomparáveis. Ela andava e caminhava a minha volta de forma que me deixava ao mesmo tempo atenta e arrepiada. Eu não me movi, deixei que ela fizesse seu joguinho, mesmo imaginando que alguma hora algo iria acontecer, não tive medo pois sabia que não iria morrer ali, pelo menos não naquele primeiro momento. E confirmando minhas suspeitas, logo senti o abraço da demônio, seu aroma de rosas e seu toque eram irresistíveis, mas jamais poderia imaginar que em meio ao seu joguinho, ela quase me sugaria todo o resto de vida que ainda tinha.

Quando ela me mordeu, senti um misto de pavor e prazer, era uma sensação tão irresistível, que minhas pernas ficaram tremulas e eu não consegui reagir. Na verdade, meu corpo pedia por mais, mais daquele prazer incomparável, e juntamente com este, vinha também a fraqueza após ter sido quase sugada por inteiro. Caí de joelhos no chão ofegante, sentia-me como se tivesse corrido de Takaras a Hilydrus numa única noite, e agora mal tinha forças pra ficar em pé.

- Você… Isso foi… - Tentei recuperar o folego antes de voltar a falar, afinal de nada adiantava ficar tentando e não conseguir. Quando recuperei um pouco de minhas forças e me coloquei de pé, ela explicou tudo. Explicou o que queria de mim, e também explicou as recompensas que receberia ao finalizar meu treinamento com sucesso. – Está certo, e o que preciso fazer?

Ela então ordenou que atacasse a um mendigo que estava ali no meio da rua, num beco isolado e afastado dos demais. As pessoas pareciam sequer nos notar, mas ainda assim estava mais acostumada a atacar meus alvos na surdina e no escuro, que as claras e na frente de tanta gente. Quando me senti pronta, fui na direção de meu alvo, não tinha pressa, fui caminhando e me aproximando dele com calma. Se ele me veria ou não, isso não era um problema, pois assim que começasse, ele não teria mais como correr, sequer gritar ele conseguiria.

_________________

Força: D
Energia: F
Destreza: D
Agilidade: C
Vigor: D
L$: 0
avatar
Saphira

Mensagens : 131
Idade : 23
Localização : Rio de janeiro

Ficha Secundária
Título: Nenhum
Lvl: 2
Raça: Vampiro

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Comum] UAOM - In The North of The Island

Mensagem por Sassa em Seg Mar 21, 2016 12:18 pm

Não havia duvidas que tanto eu como Alice compartilhávamos dos mesmos interesses, queríamos poder, apenas nossos objetivos eram distintos. Enquanto eu desejava o poder para trazer o sofrimento a todos, Alice... Bem, desde que a tinha como minha mentora, ela jamais havia dito o exato motivo pelo qual buscava poder. Talvez receio que os males que trouxera no passado voltassem caso ela retornasse com as velhas praticas. Ou será que ela tinha um outro plano em mente? Algo maior, algo que talvez não envolvesse Sabrina, ou até mesmo suas limitações como simplesmente um espírito não permitissem. Mas vê-la ali, em carne e osso era algo majestoso, poder ver minha mestra fora de minha mente era uma dádiva que devia à Kalahan com certeza.

- E como é possível fazer isso, mestra? – Disse totalmente submissa, coisa que poucos, ou quase ninguém viam em mim, esse meu lado mais obediente. Alice, e talvez até mesmo Aldarion, em certas ocasiões, eram dignos de ter minha atenção e minha obediência, caso contrario, faria de tudo para ir contra as ordens de quem fosse, a não ser é claro que me trouxessem algum beneficio.

Imaginava que àquela altura ela já deveria ter um plano de ação para como treinarmos, estava curiosa, ansiosa, avida pelo poder e pelo conhecimento que iria adquirir. Mal podia esperar para começar, meus olhos brilhavam de excitação enquanto observava Alice fazer seu discurso, tanto que mal podia conter minha ansiedade em começar. – Quando começamos?

_________________

Sabrina | Narração | Alice | "Pensamentos"
My invincible champion.

For.: E En.: S Agi.: D Dex.: D Vig.: D
L$: 1975
avatar
Sassa

Pontos de Medalhas : 200
Mensagens : 339
Idade : 22
Localização : Ao lado do meu biscoitão *-*

Ficha Secundária
Título:
Lvl: 10
Raça: Humano

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Comum] UAOM - In The North of The Island

Mensagem por Sérpico em Sex Mar 25, 2016 2:58 pm

Voltou para o quarto. Ainda não conseguia entender como estar em mais de um lugar ao mesmo tempo, se é que era realmente possível. Para se ver em toda parte ele precisaria, no mínimo, conhecer muito bem o ambiente. E o que mais? Vai ver Kalahan tinha um meio de sacar pra onde Sérpico iria a cada teleporte, apenas isso. "Não sei", concluiu, desorientado.  

Deitou de novo. Fechou os olhos, ficou quieto.

_________________
Sérpico Vandimion
Habilidades
L$:
Atributos: Força: C (8), Energia: C (8), Agilidade: C (8), Destreza: C (8), Vigor: C (8)

Senso de direção: sempre sabe para onde é o norte, e sempre sabe voltar por qualquer caminho que tenha feito.
Senso de distância: pode julgar distâncias exata e automaticamente.
Sentido temporal: sempre sabe que horas são, e pode cronometrar eventos como se tivesse um relógio exato.

Itens: Faca (nível 1), Sobretudo de couro rígido (nível 1), Amuleto do Conselho
Itens (UAOM): Cinto com (8) adagas (nível 1), Espada curta (nível 1), Faca (nível 1), Sobretudo de couro rígido (nível 1), Amuleto do Conselho, Berrante, Poção de cura menor.
avatar
Sérpico

Mensagens : 201

Ficha Secundária
Título:
Lvl: 14
Raça: Humano

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Comum] UAOM - In The North of The Island

Mensagem por NR Nayruni em Seg Mar 28, 2016 3:34 pm

@ Sérpico

Sérpico adormeceu pensando no que havia aprendido com Kalahan, tentava entender como o mago sempre sabia para onde ele ia. Seu sono foi tranquilo e renovador e através dele Sérpico foi capaz de memorizar as lições ensinadas. Foi adormecido e não acordado que Sérpico aprendeu o segredo, durante um sonho, ele se via em um lugar surreal com muitas figuras geométricas flutuando em todas as direções, indo e vindo. Eram incontáveis seus números como suas formas, flutuavam sobre um lugar tomado pela escuridão completa onde a única luz vinha dos próprios objetos.

Sérpico se via em cima de um grande retângulo, de uma direção ele pode ver uma estranha criatura, parecia um borrão negro de tinta com olhos e uma bocarra repleta de dentes. O monstro se deslocava teleportando-se por entre as figuras geométricas. Logo seu objetivo ficou claro: Sérpico. O jovem apavorou-se ao ver o monstro se aproximando e rapidamente se teletransportou para longe, para cima de um círculo achatado que girava em trono de um ponto branco. Para seu desgosto descobriu que o monstro tinha um comportamento similar ao de Kalahan e se teletransportava adivinhando pra onde Sérpico ia.

Finalmente depois de muitas tentativas Sérpico começou a pensar de forma pentadimensional, ele começou a ver não apenas um objetivo, mais vários, viu suas possibilidades e cópias. Finalmente teletransportou-se usando esse novo sentido e para sua surpresa o ser estranho que o perseguia não foi capaz de segui-lo como fizera antes. Ele havia entendido finalmente o pensamento pentadimensional. Sérpico havia aprendido o segredo.

Despertou pouco depois, completamente ciente do sonho que tivera.


@ Lyza

Lyza encheu Lazarus de perguntas, o dragão apenas sorriu para ela e enxugou as lágrimas do rosto da jovem.

-- Sua mãe está adormecida em um esquife de gelo eterno, ela foi pega por uma maldição e eu a congelei para ter tempo de encontrar uma cura. -- Explicou ele. -- Mas agora não é hora de pensar nisso, preciso ensinar você a usar sua herança dracônica. Para isso preciso que feche seus olhos, se concentre, sinta seu corpo, sua respiração.

Lyza obedeceu seu pai, fechou os olhos e fez o que ele mandou. Ela podia sentir no início o corpo como sempre o sentira, mas quanto mais se concentrava mais conseguia sentir algo novo dentro de si. Um poder oculto que ela jamais havia visto antes e que somente agora com as orientações de seu pai e a descoberta da verdade é que ela podia imagina que o tinha. Esforçando-se ao máximo ela tentou trazer a tona este poder e quando abriu seus olhos surpreendeu-se consigo mesma.

Seu corpo estava completamente coberto por escamas brancas e reluzentes, em suas costas havia um par de asas e ela sentia um poder pulsando em seu peito, um hálito gélido pedindo para ser liberado. Usando seu poder de gelo ela criou um pequeno espelho para si e viu-se no reflexo como algo entre um humano e um dragão. Ela era um meio dragão em todos os sentidos.


@ Saphira

Saphira fez como Karen ordenara, atacou e predou o mendigo como de costume e como de costume sua vítima lutou até não poder mais. Karen observava tudo com certo prazer nos olhos, quando Saphira terminou a demônia bateu palmas e riu.

-- Hahahahaha muito bom adorei! Adoro ver uma pessoa inocente sofrendo, mas sua atuação foi péssima, observe como eu caço e aprenda. -- Ao falar isso a demônia mudou de forma ficando com a mesma aparência de Saphira, ela sorriu para a vampira exibindo as presas de fora.

Disfarçada como Saphira, Karen foi até um homem que andava na rua e então falou com ele em alto e bom som.

-- Você! Olhe para mim. -- Ordenou.

Em resposta o homem se virou inicialmente tomado por reação normal de quem tem sua atenção chamada repentinamente, mas assim que ele olhou para Karen, ele mudou a expressão se desarmando totalmente, parecendo desprovido de vontade.

-- Venha até aqui para que eu possa beber do seu sangue. -- Ordenou sorrindo para o homem com os caninos a mostra.

Saphira se surpreendeu porque se ela fizesse isso na vida real as pessoas fugiriam apavoradas, mas com Karen não acontecia isso, ela viu espantada o homem se aproximar de Karen, pegar na mão dela e ir com ela até um lugar reservado onde ela drenou toda a vida dele. Saphira notou que até mesmo quando ele foi mordido, ele não resistiu, muito pelo contrário pareceu sentir ainda mais prazer.

Finalmente o corpo do homem caiu pesado, frio e sem vida enquanto Karen parecia saciada lambendo os lábios com gula e sadismo.


@ Sabrina

O treinamento de Sabrina começou logo que ela se mostrou pronta, Alice começou a materializar vários inimigos para Sabrina lutar e sua pupila os matava facilmente. Depois de um tempo a própria Alice passou a atacar Sabrina e esta, apesar de surpresa, começou a revidar. Sabrina percebeu que sempre que Alice a feria, ela drenava parte de sua essência no processo.

Sabrina estava pouco a pouco sendo derrotada por Alice e percebeu que se isso viesse a acontecer ela morreria. Ela não podia morrer ali, não daquela forma, ela precisava salvar seu amado, ela tinha planos de poder para cumprir. Então em dado momento ela se levantou e começou a revidar os ataques de sua mestra com igual crueldade, com igual ódio, com igual fúria e começou a sentir a energia roubada por Alice retornando para seu corpo.

Ela estava aos poucos aprendendo o vampirismo demoníaco.

_________________
Aproveito este espaço para deixar meus préstimos ao meu colega de equipe GM Zato por ter lido toda a história escrita na ficha do Bluesday!!!

Parabéns fera! Você é mitológico!
avatar
NR Nayruni
Narrador

Pontos de Medalhas : 0
Mensagens : 431
Localização : Lodoss RPG

Ficha Secundária
Título:
Lvl: 1
Raça:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Comum] UAOM - In The North of The Island

Mensagem por Sérpico em Dom Abr 03, 2016 12:05 am

Acordou e foi passando a mão na cara. Sonho doido. Mas de alguma forma, entendeu a mensagem. Kalahan que fizera aquilo, entrando em sua mente durante o sono? Que coisa. Sérpico saltou da cama, bebeu água, garganta que nem lixa de tão seca. Bebeu mais. Não tinha certeza do quanto dormira, se é que realmente dormira.

Inquieto, saiu do quarto. No corredor, foi, novamente, até a janela. Observou lá fora, voltou a vista pra dentro, olhou o espaço. Possibilidades de copias, e não um objetivo único. Era isso, então. Sentia que tinha entendido, mas não tinha completa certeza. Estava um pouco cético, digamos. Precisava praticar pra ver se era real. Por isso disse:

─ Acho que entendi. ─ Esperando que o mago pudesse lhe ouvir. ─ Venha ver. Acho que posso escapar dessa vez.

E tentaria demonstrar o que achava saber caso o mago realmente viesse ver, aparecendo casualmente ao alcance do toque. Sérpico escaparia pra longe com o teleporte onipresente, naquele corredor onde cabiam vários Sérpico ao mesmo tempo, hm.

_________________
Sérpico Vandimion
Habilidades
L$:
Atributos: Força: C (8), Energia: C (8), Agilidade: C (8), Destreza: C (8), Vigor: C (8)

Senso de direção: sempre sabe para onde é o norte, e sempre sabe voltar por qualquer caminho que tenha feito.
Senso de distância: pode julgar distâncias exata e automaticamente.
Sentido temporal: sempre sabe que horas são, e pode cronometrar eventos como se tivesse um relógio exato.

Itens: Faca (nível 1), Sobretudo de couro rígido (nível 1), Amuleto do Conselho
Itens (UAOM): Cinto com (8) adagas (nível 1), Espada curta (nível 1), Faca (nível 1), Sobretudo de couro rígido (nível 1), Amuleto do Conselho, Berrante, Poção de cura menor.
avatar
Sérpico

Mensagens : 201

Ficha Secundária
Título:
Lvl: 14
Raça: Humano

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Comum] UAOM - In The North of The Island

Mensagem por Sassa em Dom Abr 10, 2016 5:46 pm

O treinamento começou com Alice com ela materializando alguns inimigos, mas todos eles eram muito fáceis e eu os destruía rapidamente. Mas chegou um ponto em que a própria Alice entrou na batalha e foi aí que as coisas começaram a ficar diferentes. Ela era bem mais forte que os monstros, talvez até mais que eu. Eu comecei a perder a batalha, mas não era somente isso que eu estava perdendo. Eu estava sentindo que pouco a pouco minha energia ia embora, e a culpa disso era dela, ela estava sugando minha energia.

“Então é assim que funciona? Ótimo, vou mostrar pra você como um aprendiz supera seu mestre...” Agora mais determinada, eu revidava os ataques com igual ferocidade, não mais com a intenção de treinar, mas sim de derrota-la de verdade, e aos poucos aquilo surtia efeito, pois sentia que a energia antes roubada estava voltando. “Está na hora de dar a você um pouco do próprio remédio.” E com um movimento que mais parecia um soco potente de esquerda, usei a telecinese para lhe dar um belo “murro” com toda a força de minha mente.

_________________

Sabrina | Narração | Alice | "Pensamentos"
My invincible champion.

For.: E En.: S Agi.: D Dex.: D Vig.: D
L$: 1975
avatar
Sassa

Pontos de Medalhas : 200
Mensagens : 339
Idade : 22
Localização : Ao lado do meu biscoitão *-*

Ficha Secundária
Título:
Lvl: 10
Raça: Humano

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Comum] UAOM - In The North of The Island

Mensagem por Saphira em Qui Abr 14, 2016 11:50 pm

Quando ela pediu que eu atacasse o mendigo, apenas fiz aquilo que sempre fiz, a única coisa que sabia fazer. Atacar e matar, como uma predadora, como um monstro. Como haviam me ensinado a ser. Mas ao ve-la fazendo aquilo eu duvidei que realmente fosse verdade. “Não pode ser, ela não fez isso só com um olhar, deve ter algum truque...” Talvez nem fosse verdade, quem sabe, algum teste? Talvez aquilo fizesse parte da tal dimensão de bolso, as pessoas não eram reais afinal, poderiam muito bem ser controladas por ela a seu bel prazer. Ou talvez algum tipo de magia estranha, não tinha como fazer aquilo somente com um olhar.

- Não é possível. Como fez isso somente com o olhar? É impossível, tem algum truque nisso, não tente me enrolar, vamos.

Falei séria, cruzei os braços a frente dela esperando por uma explicação, pouco me importava com as pessoas a nossa volta, aparentemente não podiam nos ver a não ser que quiséssemos isso. Mas estava curiosa para ver que tipo de desculpa ela me daria pra aquele show de horrores bem no meio da rua, não que estivesse com pena do homem, mas ainda queria saber que raio de truque fora aquele que ela usou.

- Não tem como te feito isso somente com um olhar e algumas palavras de ordem, ainda mais usando minha aparência, é mais do que obvio que sou uma vampira, qualquer um em sã consciência teria corrido ao menor sinal de ter me visto.

_________________

Força: D
Energia: F
Destreza: D
Agilidade: C
Vigor: D
L$: 0
avatar
Saphira

Mensagens : 131
Idade : 23
Localização : Rio de janeiro

Ficha Secundária
Título: Nenhum
Lvl: 2
Raça: Vampiro

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Comum] UAOM - In The North of The Island

Mensagem por Lyza Simons em Sab Abr 16, 2016 7:02 pm

- Mas... – Lyza se calou de imediato. Ele era seu pai, se ele havia dito que estava tudo bem e que não deveriam se preocupar com isto no momento, ela assim o faria. E obedecendo-o sem questionar, ela fechou seus olhos e se concentrou. Ela tinha uma certa duvida do que aquilo significava, o que aquilo traria para si, mas à medida que sentia aquele poder aflorando, ela se esforçava mais e mais.

No fim, quando ela finalmente abriu os olhos, estava diferente, tanto fisicamente, quanto espiritualmente. Seu corpo agora era o de uma outra espécie, uma meio dragão como chamavam em Lodoss, suas escamas eram brancas e reluzentes, como as de seus pai, e de suas costas, duas asas brotaram e agora ela podia senti-las como se fossem parte de seu corpo, e eram.

- Isto é incrível. Como... Como nunca soube disso antes?

_________________


Força: D Energia: B Agilidade: D Destreza: D Vigor: E
M.O: 1500
avatar
Lyza Simons

Pontos de Medalhas : 80
Mensagens : 228
Idade : 28
Localização : Rio de janeiro, RJ

Ficha Secundária
Título:
Lvl: 6
Raça: Humano

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Comum] UAOM - In The North of The Island

Mensagem por NR Nayruni em Dom Abr 17, 2016 1:14 pm

@ Sérpico

Sérpico divagava em seus pensamentos quando repentinamente um estalo o fez despertar. Quando percebeu estava na mesma planície esverdeada de antes, Kalahan estava sentado ao seu lado sorridente. Sérpico a princípio não entendeu muita coisa, mas Kalahan logo explicou a ele que era tudo uma ilusão, que ele havia sido encantado para adormecer e achar que estava sonhando porque só assim iria se concentrar mais e deixar o medo de lado. E era verdade, Sérpico tinha medo do mago e por causa desse medo era incapaz de se concentrar.

Agora que havia aprendido o que Kalahan queria ensinar, o mago agora explicava uma série de conhecimentos para Sérpico, muitas dessas coisas pareciam apenas teorias infundadas, coisas sobre outros mundos, outros planos, divisões temporais, universos paralelos. Sérpico achava que aquilo era tudo teoria, mas no fundo duvidava se era verdade, Kalahan falava as coisas com uma convicção assombrosa como se ele houvesse visto e testemunhado tudo o que ele contava.


@ Lyza

Lyza estava surpresa com seu novo poder, estava encantada, soberba.

-- Todos os meio dragões nascem assim, mas você nasceu com uma aparência inteiramente humana porque sua mãe usou feitiços poderosos e também a linhagem élfica que tem no seu sangue, sim um de seus antepassados era um elfo. Ela fez tudo isso para te proteger.

Lyza mal podia conter sua alegria, sentia como se pudesse ganhar os céus, como se pudesse vencer todos os desafios. Quando se deu conta lá estava ela voando em cima da infinita planície congelada, o vento batendo em sua face, ao seu lado estava seu pai em sua colossal forma draconiana. Lyza estava feliz, mais feliz do que jamais estivera, logo se viu brincando com seu pai, de pega pega em pleno ar, voando e correndo de um lado a outro.


@ Saphira

Karen reassumiu sua forma normal, então com um sorriso suntuoso encarou Saphira.

-- Isso não é truque, isso é uma disciplina vampírica chamada Dominação. Ela lhe dá poder sobre as pessoas normais, permitindo que você as controle com palavras, gestos e olhares. Estou aqui para te ensinar isso, para que você aprenda a tornar sua mordida prazerosa, para que você aprenda a dominar a vontade dos fracos. - Explicou ela.

Saphira estava surpresa e incrédula, mas logo começou a dar um pouco de crédito para Karen. A demônia começou a ensinar os segredos da dominação e do êxtase para Saphira que aprendia tudo com cuidado. O primeiro passo era transformar sua mordida em algo prazeroso e pra isso precisavam de uma pessoa de verdade e adivinhem quem foi o escolhido? Kalahan em pessoa!

Saphira mal pode acreditar quando viu o mago aparecendo ao chamado de Karen.

-- O que você quer Karen? Disse ele em um tom irritado.

-- Lembra-se do nosso acordo não é mesmo mago? Você perdeu uma aposta para mim e agora tem que pagar sua dívida. Disse Karen a todo sorrisos.

-- Nunca mais jogo Kaltala com você, você me trapaceou. Protestou ele. -- Sua vitória não foi justa, não contou.

-- Ha mas é claro que foi, não tenho culpa se você preferiu ficar olhando meus seios do que os movimentos das peças no tabuleiro. A aposta era clara, você vai me obedecer desde que não fira seus princípios ou custe a vida de alguém.

-- Está bem Karen o que quer de mim?

-- Quero que você seja a presa de Saphira, a coitadinha aqui está doidinha pra beber de você, eu ficaria feliz se estivesse em seu lugar.

Kalahan encarou Saphira e engoliu em seco.

-- Só se ela quiser... Disse ele.

O que Saphira faria?



@ Sabrina

A luta entre Sabrina e Alice se desenrolava furiosa, até que Sabrina começou a vencer, parecia que iria dominar sua mestra mas então Alice começou a rir no lugar de gemer, a gargalhar no lugar de gritar. A feiticeira se levantou e contra atacou Sabrina com muito mais fúria que antes pegando a jovem desprevenida. Quando se deu conta estava caída no chão com o pé de Alice na barriga.

-- Francamente, acha que pode mesmo comigo? Disse ela. Eu só estava fingindo, você não pode me vencer, aliás, Sabrina chegou a hora de tudo isso acabar.

Sabrina não entendeu muito o que ela quis dizer com isso até que ela explicou. Alice contou que protegeu Sabrina, a ensinou, a educou e fez aquilo tudo com um único propósito: tomar o corpo de Sabrina para si e Aldarion como seu escravo.

-- Está surpresa Sabrina? Não fique, no fundo você sabia que isso era o que eu queria, ou acha que eu ia me contentar sendo uma segunda voz na mente conturbada de uma garotinha? Disse ela sorridente. -- Chegou a hora é o seu...

Não conseguiu terminar a frase, um relâmpago estalou no ar e jogou Alice para trás, ambas as mulheres estavam surpresas.

-- Não tão fácil, esqueceu que está em meus domínios? A voz era clara, era Kalahan, e lá estava ele.

-- Pouco me importa o que quer com ela, mas a alma de meu irmão não pode ser sua.

-- Você não pode fazer nada a respeito disso mago e sabe muito bem disso.

-- Tem certeza? Veja com seus próprios olhos. -- E depois de falar isso o mago começou a cantar um ritual profano, Sabrina não entendia nada mas sabia no fundo que as palavras que saiam da boca do mago eram repletas de morte, destruição e decadência. Alice por outro lado sabia muito bem o que estava acontecendo e pela primeira vez Sabrina viu sua mestra se apavorar e descontrolar.

Não demorou até que um portal se abriu e um sujeito alto medindo três metros, incrivelmente magro, usando um sobretudo preto que deixava apenas sua cabeça de pele azulada exposta e olhos penetrantes apareceu. Sabrina não sabia o motivo daquilo, mas sentia um parvo indescritível daquela figura de olhos completamente negros como o mais profundo abismo que existe entre os mundos. ela viu Kalahan fazendo uma reverência e então falar.

-- Lorde Asmodeus, obrigado por atender meu chamado.

-- Ha mas se não é Kalahan o usurpador?! Por que me invocou? Veio me entregar sua alma e seu reino?

-- Quase isso Lorde Asmodeus, peço ao senhor que seja o juiz de uma contenda desigual e use as leis do Baator como regras.

-- Você sabe que isso tem um preço não sabe? Está disposto a pagar?

-- Sim, ouça minha oferta. Sabrina lutará com Alice pelo seu corpo e pela alma de meu irmão. Quero que você equivale os poderes delas e seja o juiz, se Alice vencer eu, minha alma e meus domínios serão seus, se Alice perder, ela será sua bem como todas as almas de todos os descendentes dela com exceção de Sabrina e dos filhos de Sabrina e de todos que vierem da árvore genealógica de Sabrina.

O diabo parou para pensar e enquanto ele fazia isso, Sabrina pensou naquilo sobre descendentes, seria ela descendente de Alice?

_________________
Aproveito este espaço para deixar meus préstimos ao meu colega de equipe GM Zato por ter lido toda a história escrita na ficha do Bluesday!!!

Parabéns fera! Você é mitológico!
avatar
NR Nayruni
Narrador

Pontos de Medalhas : 0
Mensagens : 431
Localização : Lodoss RPG

Ficha Secundária
Título:
Lvl: 1
Raça:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Comum] UAOM - In The North of The Island

Mensagem por Sassa em Ter Abr 19, 2016 11:47 am

A batalha parecia estar virando para meu lado, apenas parecia. Eu já podia sentir o gosto da vitória nos lábios, mas então tudo virou de cabeça pra baixo, e como num passe de mágica, ela simplesmente virou o jogo. Ela agora estava sobre mim, seu sorriso sádico havia retornado e eu sabia muito bem o que aquilo significava. Apesar de ter tentando acreditar durante os longos anos que aquilo não iria acontecer, que ela mudaria sua forma de pensar, eu meu intimo eu sabia que a bruxa jamais se contentaria em ser somente a voz na mente de sua aprendiz.

Mas ela me subestimava, eu não era mais a pequena e indefesa Sabrina que ela salvara há anos atrás, eu agora era a Sabrina Lima, a Ilusionista. Eu tinha adquirido muito poder em minha longa jornada, e mesmo com a ajuda dela, eu havia conquistado muitas coisas. Se ela pensava que seria fácil, estava enganada, eu não deixaria que simplesmente me pisasse como se fosse um inseto. Eu ia mostrar a ela quem era a inferior, ela que era somente uma alma, condenada a vagar por este mundo sem um retorno digno, ela era a inferior, ela não tinha vida, não tinha nada.

Kalahan então interveio naquela situação, ao ver que a alma de seu irmão também estava em jogo, ele decidiu que era hora de parar aquela “brincadeira”. E o que antes deveria ser um simples treinamento, agora era uma luta de vida ou morte. Um lorde demoníaco agora seria o juiz daquela batalha, e a recompensa nada mais era do que as almas dos perdedores.

- Que seja assim. – Disse já me levantando. – Mas não espere que eu fique sentada e veja você tomar meu corpo e usa-lo como bem entende. Eu aprendi a controlar sua vontade quando fui à Academia de Magia e virei aprendiz de Cobernick. Eu aprendi a usar minha mente e transformar a energia em imagens surreais, a criar ilusões que enganam o corpo e a alma.

- Eu não sou mais a menininha que você salvou há anos atrás, eu sou Sabrina Lima. E mostrarei a você, como uma aprendiz supera seu mestre.

E naquele momento eu tinha plena certeza que não perderia, pois independente do quão forte ela fosse, eu não desistiria da minha vida, nem da vida de Aldarion. Era hora de mostrar a ela tudo que havia aprendido naqueles longos anos, e que agora era tarde demais para ela tentar alguma coisa. O ultimo passo de meu treinamento, onde a energia já não é mais uma simples miragem, e sim algo concreto. O simples ato de pensar e realizar, de imaginar e ver aquele pensamento tornar-se algo concreto, não somente uma ilusão. Era hora de por em pratica o ultimo nível da visão surreal, aonde meu desejo não era só um desejo, mas sim a realidade...

- Eu chamo você, guerreiro da armadura de espinhos, para me auxiliar. Aldarion, O Juggernaut.

Alice fora quem me ensinou praticamente tudo que sabia, então por lógica, ela certamente deveria ter algum meio de se defender de minhas habilidades. Então de nada adiantaria usar a telecinese, ou mesmo a ilusão contra ela, mas sim algo novo. Algo aprendido naquele momento, algo que eu já visionava há algum tempo e só agora tornava realidade. E que o calor de minha raiva tornasse aquilo real, e fosse o combustível de minha magia, pois a partir daquele momento, nada me impediria de eliminar a bruxa, nem mesmo aquele demônio. Em meu ombro o corvo de vento apareceu, e ele era tanto meu ajudante, como também uma lembrança de que nem tudo que eu sabia, fora cortesia de Alice. O corvo que que representava parte da minha alma, minha maestria elemental, concebido na Academia de Magia com a ajuda de Cobernick, ele agora seria testemunha daquela luta, assim como Kalahan e Asmodeus.

[Usando a HE Unreal Evocation pra chamar Aldarion para a batalha. Mesmo que não tenha a alma dele, é uma copia idêntica.]
Observações:
Como já havia comentado há um tempo atrás enquanto criava minhas habilidades, eu não sou fã desse negocio de simplesmente criar a HE e pronto, o personagem já sabe aquilo. Eu sempre coloco um background nas minhas HEs e com essa não foi diferente. A HE da invocação surreal é uma evolução do mundo surreal, que a habilidade da ilusão de Sabrina e também a sua mais poderosa arma até então. E eu já havia planejado, que nesse meu primeiro uso, seria algo mais experimental, algo espontâneo, como se eu tivesse acabado de evoluir a habilidade da ilusão e ela tivesse se transformado nisso, numa criação real e tangível. Eu já planejava fazer isso tudo, e inclusive era nessa campanha que eu o faria, porem estava programada para ser um pouco mais tarde. Mas como o momento pediu por isso, então decidi usar esse gancho da habilidade logo agora, só pra ficar ainda mais interessante.

_________________

Sabrina | Narração | Alice | "Pensamentos"
My invincible champion.

For.: E En.: S Agi.: D Dex.: D Vig.: D
L$: 1975
avatar
Sassa

Pontos de Medalhas : 200
Mensagens : 339
Idade : 22
Localização : Ao lado do meu biscoitão *-*

Ficha Secundária
Título:
Lvl: 10
Raça: Humano

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Comum] UAOM - In The North of The Island

Mensagem por Lyza Simons em Sex Abr 22, 2016 8:00 pm

Lyza viu sua transformação ocorrer com espanto enorme, mas logo em seguida felicidade, ela não sabia bem se era por sentir-se mais forte, ou pelo fato de estar frente a frente com seu pai. Talvez um pouco dos dois. Quando ela se deu conta, estava já voando, em pleno ar e ao seu lado estava Lazarus. Os dois voavam em alta velocidade ao redor da planície congelada, eles brincavam entre si, passavam por vales e picos, ela mas ela não estava somente aproveitando aquele momento, estava testando seu novo corpo, suas novas capacidades.

O que mais ela seria capaz de fazer? De repente ela parou no ar, olhando para as próprias mãos. Ela já tinha maestria com o gelo, mas agora que estava daquela forma, como será que ficaria sua magia?

- Eu gostaria de testar meu poder, Kalahan disse que vim aqui para treinar, então quero fazer isso.

Lyza nunca se sentira tão determinada a completar uma missão em sua vida como naquele momento.

_________________


Força: D Energia: B Agilidade: D Destreza: D Vigor: E
M.O: 1500
avatar
Lyza Simons

Pontos de Medalhas : 80
Mensagens : 228
Idade : 28
Localização : Rio de janeiro, RJ

Ficha Secundária
Título:
Lvl: 6
Raça: Humano

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Comum] UAOM - In The North of The Island

Mensagem por NR Nayruni em Dom Abr 24, 2016 12:06 pm

@ Sabrina

Alice mesmo diante do desafio ria desdenhosamente de Sabrina, mas quando viu a imagem de Aldarion surgir seus olhos se arregalaram em surpresa por um breve segundo, tão breve que apenas Kalahan e Asmodeus notaram, pois estavam prestando muita atenção na mulher.

-- Ha mas o que é isso? Você é mesmo uma idiota não é? Venha mande seu guerreiro me atacar. -- Disse a feiticeira sorrindo largamente.

Kalahan e Asmodeus apenas observavam, o segundo começou a sorrir de ansiedade.

-- Me parece, Kalahan, que sua escolhida é um tanto quando inexperiente não é mesmo? Tanto poder bruto e tão pouco conhecimento... É uma lástima. - Disse Asmodeus aos sussurros.

-- Tenha calma Asmodeus, um único erro não significará o fim desta luta. -- Respondeu o mago solenemente.

Sabrina não entendeu muito bem o que estava acontecendo, erro? Mas que erro ela havia cometido? Por que Alice estava tão confiante e Asmodeus tão alegre? Fosse o que fosse, o Aldarion materializado atacou, e apesar de Sabrina não ser capaz de copiar habilidades especiais, esta materialização era diferente porque ela sim, neste caso podia copiar porque a alma do verdadeiro guerreiro estava agora neste exato momento dentro dela. Tamanha era a força do amor dos dois, que até mesmo na morte Aldarion estava com ela, se Sabrina resolvesse puxar a espada que estava em suas costas e lutar com ela, ela o faria exatamente igual o guerreiro porque ele estava dentro dela, com ela, junto dela e jamais a abandonaria. Ele a amava tanto que seu amor era eterno capaz de atravessar qualquer barreira até mesmo a da morte.

A cópia avançou furiosa, sacou sua espada com a técnica Quick Draw e desceu o golpe violentamente sobre Alice que ficou imóvel, se a feiticeira fosse acertada nem mesmo ela seria capaz de sobreviver. Mas foi com terrível espanto que Sabrina viu a espada de Aldarion atravessar a feiticeira uma vez, duas vezes, e de novo, mais uma vez, várias vezes. Alice apenas gargalhava. Sabrina estava confusão, não conseguia acreditar no que via.

-- Idiota estúpida, acha mesmo que uma mera EVOCAÇÃO pode me destruir ou sequer me afetar? Esqueceu que quem a ensinou fui eu? -- Bradou a feiticeira entre mil gargalhadas.

-- Faltou percepção nessa situação, Sabrina, você devia saber que ela por ser sua mestra conheceria seu ponto fraco. -- Explicou Kalahan.

Quando Sabrina se deu conta, já era tarde demais, Alice já a atacava. Sentiu uma dor aguda nas costas acompanhada por um estalo, a força do ataque havia sido tanta que Sabrina caiu para frente ficando de quatro no chão. Antes que pudesse se virar levou uma outra chicotada dessa vez acertando a lateral da sua coxa esquerda, uma nova lambida e um novo corte e mais sangue sendo jorrado.

Então Sabrina entendeu na hora o que havia acontecido, a Alice diante dela, a que Aldarion atacava, era uma ilusão, a verdadeira Alice havia de alguma forma ludibriado Sabrina e agora a atacava pelas costas.

-- Ha esperei por isso durante muito tempo, sempre quis torturar seu corpinho, porque não se rende a mim e entrega-se de uma vez? Suas ilusões não vão funcionar, seus poderes psíquicos são inferiores, nenhuma de suas magias vai me afetar, ou acha que eu a teria treinado para ter tamanho poder. -- Disse a feiticeira para Sabrina.

A jovem havia recuado por força das chicotadas, sua roupa na altura do seio esquerdo e da coxa esquerda estava rasgada e filetes de sangue vertiam dali. Mas além da dor e dos ferimentos, Sabrina sentia que Alice ficava mais forte a cada ferimento que lhe causava.

Informações:
Spoiler:
Você perdeu 15% de HP nessa brincadeira.
"Todas as estradas levam a Roma."

@ Lyza

Depois de desfrutar dos prazeres de voar e da companhia de seu pai, Lyza agora queria testar seus poderes, como será que eles eram naquela forma? Estendendo uma das mãos em pleno vô ela ousou conjurar uma feitiço simples para produzir estilhaços de gelo, esperava algo grandioso mas o que viu a deixou ligeiramente decepcionada. Sua magia não estava mais poderosa, estava a mesma coisa que sempre fora, nem mais fraca nem mais forte.

Seu pai logo lhe explicou que a sua natureza dracônica já havia lhe conferido os poderes que tinha e que assumir sua verdadeira forma não os fariam aumentar. No entanto ela agora podia desfrutar de outras vantagens. Ela agora podia voar, tinha presas e garras mas estas também não a atrapalhariam de usar uma arma naquela forma se fosse preciso, seu corpo estava coberto por pequenas escamas macias e flexíveis, porém muito resistentes, estas escamas não atrapalhariam o uso de armadura e ainda adicionariam uma proteção extra. A forma dracônica em nad alhe atrapalhava, mas em muito a ajudava.

Logo Lyza foi informada por seu pai que além das mudanças físicas existia uma mudança extraordinária, ela podia respirar embaixo água naquela forma e era completamente imune ao frio, mas somente na forma dracônica, outra coisa interessante, dentro do peito Lyza sentia um poder enorme, tão grande que pedia para ser liberado, quando questionou ao seu pai o que era aquilo, ele explicou a ela que aquele era o poder mais temível de todo o dragão, a baforada.

Depois de muitas horas de treino ao lado de seu pai, Lyza foi capaz de soprar sua primeira baforada gélida, ela viu com espanto e satisfação um cone de gelo se formando, grande o suficiente para castigar um pelotão de soldados inimigos. O frio intenso além de ser mortal era mágico e somente alguém especialmente preparado para ele seria capaz de ter alguma chance de resistência.

Todas aquelas novidades eram estasiantes para Lyza.

_________________
Aproveito este espaço para deixar meus préstimos ao meu colega de equipe GM Zato por ter lido toda a história escrita na ficha do Bluesday!!!

Parabéns fera! Você é mitológico!
avatar
NR Nayruni
Narrador

Pontos de Medalhas : 0
Mensagens : 431
Localização : Lodoss RPG

Ficha Secundária
Título:
Lvl: 1
Raça:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Comum] UAOM - In The North of The Island

Mensagem por Lyza Simons em Dom Maio 01, 2016 7:14 pm

Lyza testou seus poderes, mas não deixou de se sentir um pouco decepcionada com os resultados. Aparentemente, apenas suas aparência havia mudado, mas então seu pai a explicou do que se tratava aquela mudança, que sua herança havia sido aquele poder de gelo que ela agora controlava, e isso tudo alem de algumas outras vantagens que podia desfrutar como meio dragão, como voar, poder respirar embaixo d'água, e outras coisas.

- Entendi. E o que... O que isso que sinto aqui dentro?

Perguntou ela apontando para o próprio peito, e então enfim ele lhe explicou que era sua baforada de gelo. Com ajuda de Lazarus, Lyza aprendeu como soltar sua baforada, e viu com espanto o poder que aquela habilidade nova possuía. Era realmente incrível, como tudo isso esteve escondido dentro de si por tanto tempo?

- É realmente impressionante.

Se ao menos Samantha pudesse ver isso, ficaria impressionada. Aproveitou a chance, já que estava diante de seu pai, e tentou conseguir outra informação útil, agora que sabia que seus pais estavam vivos, poderia ficar ainda mais tranquila em procurar por sua sobrinha.

- Pai... Sabe algo sobre Samantha? Desde que soube que ela estava aqui em Lodoss meu objetivo tem sido procurar por ela, mas nunca encontro uma pista concreta, e sempre algo acontece que me impede de continuar minha busca.

_________________


Força: D Energia: B Agilidade: D Destreza: D Vigor: E
M.O: 1500
avatar
Lyza Simons

Pontos de Medalhas : 80
Mensagens : 228
Idade : 28
Localização : Rio de janeiro, RJ

Ficha Secundária
Título:
Lvl: 6
Raça: Humano

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Comum] UAOM - In The North of The Island

Mensagem por Saphira em Dom Maio 01, 2016 7:23 pm

Dominação vampírica? Nunca havia ouvido falar disso, tudo bem que desde que me transformei nunca parei para aprender nada sobre minha condição, sempre odiei ser o que sou e quando enfim me aceitei como era, estava bem satisfeita com o que já tinha. Ser respeitada pelo medo era bom, já estava acostumada com isso, mas ser respeitada de outras formas era algo totalmente novo.

- Ok, então me ensine isso, quero aprender como se faz.

Se ela garantia que aquilo não era um simples truque, então estava disposta a aprender. E chegando a hora de testar, a cobaia era ninguém menos que o próprio Kalahan. Confesso que fiquei surpresa quando Karen o chamou, não imaginava que ele aceitaria, muito menos que viria para atende-la, mas ele não só veio, como estava disposto a “aceitar” ser minha vitima.

- Será um prazer.

E disse com um sorriso malicioso no rosto. Há muito tempo desejava ter o sangue daquele mago maldito correndo em minhas veias, mas este seria o momento em que poderia faze-lo e ainda poderia brincar com isso, já que não seria pra valer. Poderia ser melhor? Talvez não.

_________________

Força: D
Energia: F
Destreza: D
Agilidade: C
Vigor: D
L$: 0
avatar
Saphira

Mensagens : 131
Idade : 23
Localização : Rio de janeiro

Ficha Secundária
Título: Nenhum
Lvl: 2
Raça: Vampiro

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Comum] UAOM - In The North of The Island

Mensagem por NR Nayruni em Seg Maio 02, 2016 3:27 am

@ Lyza

-- Infelizmente Lyza, eu também não sei onde está Sam, mas sei de uma coisa, talvez se você conseguisse me ajudar a tirar sua mãe com vida do esquife de gelo a gente possa conseguir uma pista onde está sua irmã. Sua mãe certamente nos ajudará, o que me diz? - Questionou o dragão.

- Mas agora não é hora de pensar nisso, você precisa treinar suas habilidades. Vamos testar suas habilidades de combate. - E falando isso, Lazarus fez surgir um gigante da colina, não era um gigante do gelo, portanto era vulnerável aos ataques de Lyza.

O gigante vinha correndo furiosamente com uma enorme clava em direção a Lyza, ele logo a alcançaria mas a maga tinha a iniciativa, o que faria?


@ Saphira

Kalahan gelou ao ver a resposta de Saphira acompanhada de um sorriso sádico.

-- Não precisa pegar leve com ele Seph, Kalahan tem o poder de se regenerar, mesmo que você reduza ele a um pedacinho de carne. - Avisou ela soltando uma gargalhada e em seguida desaparecendo no ar sendo envolvida por uma fumaça negra. Kalahan fez uma cara de desgosto, certamente ele preferia que Karen não tivesse avisado sobre suas habilidades, porque assim Saphira pegaria leve com ele.

-- E-espera Saphira pega leve comigo certo? Eu estou pagando uma aposta pra Karen você não precisa ir tão longe não é mesmo? -- Dizia Kalahan enquanto recuava.

Ao perceber que Saphira não iria recuar, o mago, que agora não podia usar seus poderes por causa da aposta, fez a única coisa que um homem comum sem nenhum poder faria: ele correu.

Kalahan virou de costas para Saphira e começou a correr pela Hilydrus fantasmagórica que agora neste momento se encontrava completamente deserta, havia ali apenas Kalahan e Saphira. A vampira estava pronta para pegar sua vítima e se divertir com ela a seu bel prazer. E agora o que Saphira faria com o pobre Kalahan?

_________________
Aproveito este espaço para deixar meus préstimos ao meu colega de equipe GM Zato por ter lido toda a história escrita na ficha do Bluesday!!!

Parabéns fera! Você é mitológico!
avatar
NR Nayruni
Narrador

Pontos de Medalhas : 0
Mensagens : 431
Localização : Lodoss RPG

Ficha Secundária
Título:
Lvl: 1
Raça:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Comum] UAOM - In The North of The Island

Mensagem por Sérpico em Seg Maio 02, 2016 9:22 am

Então foi tudo uma ilusão. Sendo assim, Sérpico podia continuar dormindo, para que aprendesse. Ouviu as teorias fervorosas do mago e esperou o que viria depois: Sérpico acordando de fato ou "indo dormir" de novo. Uma prisão. Mas alguns chamam de "escola".

_________________
Sérpico Vandimion
Habilidades
L$:
Atributos: Força: C (8), Energia: C (8), Agilidade: C (8), Destreza: C (8), Vigor: C (8)

Senso de direção: sempre sabe para onde é o norte, e sempre sabe voltar por qualquer caminho que tenha feito.
Senso de distância: pode julgar distâncias exata e automaticamente.
Sentido temporal: sempre sabe que horas são, e pode cronometrar eventos como se tivesse um relógio exato.

Itens: Faca (nível 1), Sobretudo de couro rígido (nível 1), Amuleto do Conselho
Itens (UAOM): Cinto com (8) adagas (nível 1), Espada curta (nível 1), Faca (nível 1), Sobretudo de couro rígido (nível 1), Amuleto do Conselho, Berrante, Poção de cura menor.
avatar
Sérpico

Mensagens : 201

Ficha Secundária
Título:
Lvl: 14
Raça: Humano

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Comum] UAOM - In The North of The Island

Mensagem por Lyza Simons em Dom Maio 22, 2016 3:39 pm

Ajudar a trazer sua mãe de volta era algo que certamente Lyza faria com todo prazer do mundo, mas por enquanto ela deveria se focar na missão que haviam vindo completar, salvar a ilha de ser tomada pelos demônios. Seu pai agora lhe pedia para treinar suas habilidades, e não esperou confirmação, logo jogou contra a feiticeira um gigante da colina. Este não tinha nenhum tipo de resistência contra os poderes de gelo da feiticeira, mas certamente tinha uma enorme força física.

- Certo, então vamos ver o quão forte é o meu sopro gelado.

E tomando todo o folego possível, ela estufou o pulmão, e quando o gigante já estava próximo o suficiente, ela soprou com toda sua força sua baforada de gelo. Esperava que aquilo ao menos o parasse e me desse a chance de conjurar minha foice de gelo, assim não precisaria lutar de mãos vazias contra ele.

Spoiler:
Só uma observação, a Samantha é sobrinha da Lyza, e não irmã.

_________________


Força: D Energia: B Agilidade: D Destreza: D Vigor: E
M.O: 1500
avatar
Lyza Simons

Pontos de Medalhas : 80
Mensagens : 228
Idade : 28
Localização : Rio de janeiro, RJ

Ficha Secundária
Título:
Lvl: 6
Raça: Humano

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Comum] UAOM - In The North of The Island

Mensagem por Saphira em Dom Maio 22, 2016 5:07 pm

Não é como se eu fosse recusar a proposta feita pela demônio, dissecar aquele mago de araque era um de meus desejos desde que o encontrei pela primeira vez nas cavernas geladas em busca do tal cálice que poderia me curar do vampirismo. Porem desde aquele dia sua presença na minha vida vem sendo bastante enigmática. As vezes parece que ele quer somente ajudar, outras parece que quer zombar de mim, mas no fim das contas acaba sempre provando que não devo sugar seu sangue, pelo menos não até mata-lo.


- Haha, espero que seja bom em correr, quero brincar um pouco antes de sugar seu sangue.

Será que as palavras de Karen eram mesmo verdade? Eu poderia fazer o que quisesse com o mago sem medo de mata-lo? Bem, a única forma de descobrir era tentando. E quando ele já estivesse a uma boa distancia, começaria a ir atrás dele, apenas para deixar as coisas mais divertidas, seria engraçado ver o tão poderoso Kalahan sucumbindo sem poder se defender.

- E agora, Kalahan, como se sente? Voce sera meu almoço de hoje.

_________________

Força: D
Energia: F
Destreza: D
Agilidade: C
Vigor: D
L$: 0
avatar
Saphira

Mensagens : 131
Idade : 23
Localização : Rio de janeiro

Ficha Secundária
Título: Nenhum
Lvl: 2
Raça: Vampiro

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Comum] UAOM - In The North of The Island

Mensagem por NR Nayruni em Qua Maio 25, 2016 6:01 pm

@ Sérpico

Habilidade Adquirida
Spoiler:
Nome: Translocação Evasiva
Nível: Único
Descrição: Sérpico é capaz de se teletransportar instantaneamente de forma evasiva.

Efeitos: Esta habilidade permite que Sérpico teletransporte a si mesmo de forma evasiva e instantânea para um lugar próximo a sua escolha em um raio de até 20 metros de forma a evitar um ataque. Essa habilidade permite escapar de qualquer tipo de ataque desde que Sérpico esteja ciente de que está sendo atacado. Ele não precisa saber exatamente o tipo de ataque, ele precisa simplesmente saber o momento em que vai ser atacado para poder se evadir. Essa evasão é instantânea e muito rápida, portanto Sérpico pode usar essa habilidade e ao mesmo tempo desempenhar outra ação, por exemplo, se evadir e atacar, se evadir e usar uma outra magia ou habilidade especial. Sérpico só pode se translocar para locais que esteja vendo. Com exceção da distância, todos os outros limitadores de peso e distância são idênticos a outra habilidade Teletransporte.

Para que Sérpico consiga se teletransportar ele precisa estar visualizando o destino ou ter uma grande familiaridade com o mesmo. Caso ele tente se teletransportar para um lugar desconhecido o GM poderá decidir se a tentativa foi bem sucedida ou não. Em caso de falha Sérpico será teletransportado aleatoriamente para qualquer lugar que seja capaz de comportar seu corpo e sua carga e esteja ocupado apenas por ar, água e outras substâncias deslocáveis, isso inclui é claro um abismo ou um rio de lava!

Sempre que Sérpico se teletransporta toda a energia cinética que estiver acumulada em seu corpo é perdida no processo, desta forma ele poderia por exemplo teletransporta-se para o chão quando estivesse em queda livre evitando se espatifar.

Custos: 0 de PE para a primeira Translocação, o custo aumenta em +5 PE para cada translocação subsequente. Para ter o custo zerado novamente, Sérpico deverá ficar pelo menos uma hora sem usar esta habilidade novamente. Se translocar continuamente é algo extremamente cansativo.

Duração: Permanente, uma vez teletransportado, ele permanecerá no lugar para onde foi.

Tempo de Conjuração: Instantâneo

Alcance: 20 metros no máximo

Área de Efeito: Idêntico a Teletransporte

Sérpico já estava cansado de toda aquela aula, começava a se questionar sobre a realidade de tudo aquilo. Kalahan percebendo a situação de seu aluno, teletransportou ambos para um outro lugar, tratava-se de um labirinto de paredes, teto e chão feitos de mármore. O labirinto era naturalmente iluminado como se o próprio ar emanasse luz, os corredores eram largos com cerca de 3 metros de largura, porém dobravam-se em diversas curvas todas elas retas.

-- Bem vindo Sérpico ao Labirinto de Zoltan, aqui você terá suas habilidades testadas em batalha, o labirinto é feito para que você não consiga se localizar de forma alguma pelos meios normais. Apenas através da percepção da quinta dimensão será possível escapar dele. -- Explicou Kalahan.

-- Desta vez você não está em uma ilusão, tome cuidado o labirinto é cheio de monstros e armadilhas. Use suas habilidades sabiamente, estarei esperando por você na saída. Boa sorte! -- Terminou a frase e desapareceu no ar.

Agora Sérpico teria que escolher um dos quatro caminhos da onde estava, sendo que para frente havia um corredor reto que virava para a esquerda, na esquerda um corredor reto que virava para a direita, na direita um corredor reto que virava para a esquerda e atrás um corredor reto que virava pra direita e esquerda. Qual direção Sérpico tomaria?


@ Lyza

Lyza inflou seus pulmões e soprou com força, um cone de ar gélido projetou-se da boca de Lyza por uns 10 metros, o sopro atingiu o gigante em cheio causando nele grande dor e fazendo-o gritar, mas a criatura era forte e corajosa tanto quanto vigorosa. Tomado em fúria ele continuou correndo em direção a Lyza chegando muito perto aplicou um poderoso golpe de sua clava. Lyza não teve tempo de desviar e foi acertada em cheio sendo arremessada muitos metros para trás.

Agora ela estava caída no chão e o gigante vinha novamente para atacar mais uma vez.

Informações: Tomou 30% de dano na HP.


@ Saphira

Kalahan corria desesperado por entre as ruas, ele estava sem poderes mas era esperto, fez-se perder por entre vielas e becos, escondeu-se entre a multidão de pessoas ilusórias que iam e vinham de todos os lados. Essa seria uma caçada complicada para Saphira que subestimou sua presa. O último lugar onde ela viu Kalahan foi dentro de uma estalagem abarrotada de pessoas.

Ao entrar no lugar Saphira sentiu no ar aquele cheiro bem familiar de comida, suor, pessoas fedidas, bebida e genitália. Era difícil andar entre as pessoas sendo preciso abrir caminho por entre elas com muitos pedidos de licença e leves empurrões.

Como Saphira faria para procurar Kalahan agora?


Informações: Todos vocês ganharam 2200 de XP acumulado por atrasos e narrativa.

_________________
Aproveito este espaço para deixar meus préstimos ao meu colega de equipe GM Zato por ter lido toda a história escrita na ficha do Bluesday!!!

Parabéns fera! Você é mitológico!
avatar
NR Nayruni
Narrador

Pontos de Medalhas : 0
Mensagens : 431
Localização : Lodoss RPG

Ficha Secundária
Título:
Lvl: 1
Raça:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Comum] UAOM - In The North of The Island

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 11 de 11 Anterior  1, 2, 3 ... 9, 10, 11

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum