Fórum Inativo!

Atualmente Lodoss se encontra inativo. Saiba mais clicando aqui.










Vagas Ocupadas / Vagas Totais
-- / 25

Fórum Inativo!

Saiba Mais
Quadro de Avisos

>Dizem as más línguas que o anão Rookar, que fica no Porto Rangestaca, está procurando por mercenários corajosos - ou loucos - que estejam afim de sujar as mãos com trabalhos "irregulares". Paga-se bem.

> Há rumores sobre movimentações estranhas próximas aos Rochedos Tempestuosos. Alguns dizem que lá fica a Gruta dos Ladrões, lar de uma ordem secreta. Palavra de goblin!

> Se quer dinheiro rápido, precisa ser rápido também! O Corcel Expresso está contratando aventureiros corajosos para fazer entregas perigosas. Por conta da demanda, os pagamentos aumentaram!

> Honra e glória! Abre-se a nova temporada da Arena de Calm! Guerreiros e bravos de toda a ilha reúnem-se para este evento acirrado. Façam suas apostas ou tente sua sorte em um dos eventos mais intensos de toda ilha!




Quer continuar ouvindo as trilhas enquanto navega pelo fórum? Clique no botão acima!

As Raças

Ir em baixo

As Raças

Mensagem por ADM GabZ em Qua Fev 26, 2014 1:04 pm

As Raças



A ilha de Lodoss. Uma terra extensa, repleta de muitos mistérios e de peculiaridades. Por aí se encontra de tudo e com isso pode-se destacar as diversas raças. São muitas e talvez nem coloquemos todas em nosso registro, mas a seguir terá a descrição de cada uma delas assim como suas diferenças e detalhes únicos. Vale lembrar que aqui só iremos listar as raças inteligentes, e nem todas são fáceis de se jogar.

Cada raça tem sua descrição, vantagens e desvantagens já determinadas, cabendo ao jogador decidir o que prefere para sua personagem.


Puros

Seres puros são aqueles que nasceram de pais de raças iguais, os chamados puro-sangue. Com suas vantagens e desvantagens, estes seres costumam ser superiores aos meio-sangues, alguns tão raros e sábios que até duvida-se de sua existência.



Humano


A raça dominante na ilha, existindo em maior quantidade. No entanto, em Lodoss é apenas uma raça "comum". Apesar disso humanos são uma raça inteligente e equilibrada, prova disso é o grande número de humanos levando caminhos como o da magia, da espada, etc. Com uma boa resistência física e facilidade para aprendizado, podem ser ótimos magos e, por terem bons reflexos, chegam a ser magos-guerreiros de alto nível. Assim usam magia e a força bruta ao seu favor. Outra característica marcante dos humanos é a incrível facilidade de adaptação, podendo viver em basicamente qualquer tipo de ambiente desde que possam conseguir alimento e abrigo. A maioria prefere viver em grandes comunidades, mas um ponto forte deles é a individualidade, não sendo raro encontrar humanos que se destaquem dos demais. Chegam à idade adulta aos 20 anos e envelhecem aos 60. Sua altura varia bastante, variando desde 1,60m até 1,90m.

Vantagens:
• Aptidão para armas em geral;
• Aptidão para magias;
• Maior facilidade acesso às diversas áreas da ilha.

Desvantagens:
• Tendência maior a ser corruptível. (Envolve ganância, inveja e semelhantes);
• Vulnerável a maldições, podendo se torna uma raça impura.
Elfo


Os elfos são criaturas com aparência próxima da humana, porém são mais esbeltos e elegantes. Suas orelhas pontudas e rostos mais aguçados são a diferença marcante entre as raças. Dotados de grande sabedoria, os elfos são seres que vivem em meio à natureza e respeitando a mesma. Possuem incrível longetividade e, graças à sua conexão com a natureza em si, são os melhores magos existentes. Alguns seguem o caminho da espada, mas a maioria utiliza a natureza e os elementos a seu favor. Existem elfos que seguem pelo caminho da escuridão, os Dark Elven. Usando magia negra, são capazes de lançar maldições e magias devastadoras. Em geral todos os elfos preferem viver em meio à natureza, mas ainda assim existem aqueles que preferem se aventurar mundo afora. Chegam à idade adulta aos 20 anos e vivem vigorosos até os 200 anos aonde começam a envelhecer, mas as únicas marcas disto são cabelos grisalhos e poucos detalhes. Alguns elfos chegam a viver quase 400 anos. Os elfos possuem em média 1,70m a 1,90 de altura.

Vantagens:
• Visão, audição e olfato apurados;
• Maior agilidade e precisão em seus movimentos;
• Vantagem de luta em terreno: Florestas.

Desvantagens:
• São mais frágeis e recebem dano ligeiramente mais elevado;
• Dano dobrado quando atingido por magia negra/trevas. Caso seja um Dark Elf, dano dobrado de magia da luz
Anão


Duros na queda, os anões são seres com baixa estatura mas com muita força. Amantes de uma boa bebida, metais raros e pedras preciosas, anões são facilmente encontrados trabalhando em minas ou mesmo negociando em portos e centros comerciais. Dizem que eles vêm da lendária Baixa Lodoss, mas a maioria dos moradores da ilha acredita que eles vêm de fora e que são desse tamanho por viverem em cavernas. Sua paixão por metais e jóias contribuem para serem ótimos ferreiros e armoreiros, criando peças resistentes e de valor inestimável. Em cavernas e túneis são imbatíveis, conseguindo entrar em praticamente qualquer fenda sem ter nenhum problema com claustrofobia. Seus sentidos são adaptados para a escuridão das cavernas, permitindo que se guiem por sons e ecos como se realmente enxergassem no escuro. Mesmo com seu gênio forte, são seres divertidos que dificilmente recusam uma bela taça de hidromel. Os anões atingem a maturidade plena aos 30 anos de idade, aonde são desenvolvidos o suficiente, envelhecendo somente aos 200 anos. A altura dos anões varia de 1,20m a 1,50m.

Vantagens:
• Vigorosos, tendo maior resistência a danos e podendo ficar longos períodos sem comer;
• Grande aptidão com armas, principalmente machados e maças.

Desvantagens:
• Inaptidão com magias, levando mais tempo para aprendê-las e gastado mais MP pra isso.
Demônio


A séculos atrás os demônios eram criaturas trazidas direto do inferno por bruxos em rituais malignos. A prática foi proibida naquela época, e o número se reduziu. Porém estes seres puderam se reproduzir e cada vez mais adquirir aparência humanizada. Mais racionais porém ainda assim malignos em grande parte, os demônios costumam ter traços ferinos que os destacam de qualquer outro ser. Sua aparência pode variar, podendo ter pele avermelhada, asas, chifres, garras e olhos vermelho-rubi, sendo possível encontrar todas estas características em um único demônio ou apenas uma ou algumas delas. Alguns ainda podem carregar características originais dos demônios como pernas curvas e cascos fendidos, algo bastante raro atualmente. Sua longevidade é um mistério, visto que alguns demônios vivem séculos enquanto outros, criados por práticas proibidas, podem viver por apenas alguns anos. Nem todos os demônios são malignos, existindo raras exceções onde alguns lutam contra a própria natureza. Sua altura é também muito variável, existindo demônios de apenas meio metro de altura e outros com três metros.

Vantagens:
• Resistência elevada à dor física;
• Resistência à magia negra;
• Regeneração acelerada;
• Capacidade de detectar criaturas malignas próximas.

Desvantagens:
• Aura maligna, causando medo e desconfiança aos demais;
• Recebe dano dobrado de magias da luz;
• Dificuldade acentuada em aprender magias brancas, sendo quase impossível.
Lobisomem Puro


Também chamados de Filhos da Floresta, os lobisomens puros costumam viver em tribos nômades em florestas profundas. Estes seres descendem de homens que, milhares de anos atrás, ousaram utilizar da magia para transformar-se em poderosos lobos guerreiros. Com o passar dos séculos a magia se enraizou nos descendentes destes homens até chegar ao ponto de tornar-se uma característica natural, definitivamene uma nova raça. A magia se perdeu, mas a capacidade de se transformar em poderosos lobos humanóides se manteve, criando assim os Lobisomens Puros. Alguns deles preferem ficar em sua forma humana maior parte do tempo enquanto outros a abandonaram, preferindo a forma lupina. Sua forma humana, no entanto, já não é tão perfeita e sempre possui rastros de sua natureza feroz: caninos avantajados, olhos lupinos, garras e excesso de pelagem em algumas áreas são características marcantes. Por estes e outros motivos é raro ver um Puro fora de seu habitat natural. Sua longevidade é similar à dos humanos, mas vivem um pouco mais, atingindo a maturidade aos 16 anos e envelhecendo a partir dos 90. Sua altura em forma humana não é diferente dos próprios humanos, enquanto sua forma feral pode atingir 2,50m de altura.

Vantagens:
• Transformação voluntária, podendo ficar em qualquer uma das formas quando desejar;
• Força física e agilidade sutilmente acentuados;
• Sentidos apurados até mesmo em forma humana.

Desvantagens:
• Puramente carnívoro, sendo incapaz de se alimentar de vegetais;
• Alma selvagem, intolerante à grandes cidades e construções de pedra, ficando enfraquecido OU entrando em frênesi.
Orc


Originários de fora da ilha, os Orcs têm uma aparência intimidadora. Milhares de anos atrás era praticamente impossível dialogar com eles, sendo então considerados criaturas incapazes de pensar. Com o tempo, no entanto, os orcs foram se tornando uma raça consciente e pensante, não muito diferente de outras raças racionais, cada um tendo sua personalidade. Sua acentuada força física faz com que os orcs sejam guerreiros formidáveis, capazes de erguer armamentos pesados e causar um enorme estrago com eles. A cor de sua pele varia desde o verde até um avermelhado pálido dependendo de sua origem. Duas ou mais presas costumam crescer mais do que as outras, herança de seus antepassados ferais que caçavam com punhos e dentes. Sua inteligência é um pouco limitada, alguns sequer conseguem ler, mas naturalmente existem exceções raras à regra. Orcs levam um tempo para alcançar a idade adulta plena, aos 30 anos, mas seu vigor se extende por décadas e, mesmo após atingir a velhice aos 80 anos, orcs podem facilmente continuar guerreiros poderosos até os 100. Sua altura varia de 1,90m a 2,90m, alguns passando de 3 metros.

Vantagens:
• Força Bruta, dano ligeiramente acentuado;
• Aptidão para armas pesadas como machados, espadas de duas mãos e maças;
• Resistência acentuada à dor física, podendo resistir à ferimentos e ainda assim continuar a lutar.

Desvantagens:
• Inaptidão para magias, levando mais tempo para aprender e gastando mais MP;
• Aparência intimidadora, geralmente medindo mais de 2,20m de altura.
Goblin


Estes pequenos seres carismáticos são, acredite ou não, parentes distantes dos orcs. Em épocas remotas os orcs se dividiram em 2 espécies: uma mais forte, monstruosa e que deu origem aos orcs que conhecemos hoje. A outra, menor, preferia utilizar ferramentas e fazer armadilhas para sobreviver. Esta segunda espécie evoluiu através dos milênios e hoje são chamados de goblins. Inteligentes e ótimos comerciantes, estes pequenos seres são um destaque quando se trata de negociar e criar bugigangas. Conseguem construir praticamente qualquer coisa, principalmente se precisar de ferro e vapor para funcionar. São famosos pela sua língua afiada para o comércio, muitos deles tendo lojas ou negócios lucrativos. Alguns, no entanto, preferem se tornar guerreiros e conseguem de forma única: pequenos e ágeis, são peritos em utilizar adagas e podem ser perfeitos mercenários e ladinos. Pequenos e inteligentes, atingem a idade adulta aos 15 anos aonde já são bastante pensadores e suas personalidades, já formadas. Sua altura raramente passa de 1,30m.

Vantagens:
• Agilidade acentuada;
• Sentidos apurados, podendo enxergar no escuro;
• Aptidão com armas pequenas como adagas e punhais.

Desvantagens:
• Mais frágil, recebe mais dano de golpes diretos;
• Força limitada, sempre mais fraco que um humano.
Homúnculo


Com a aparência muito variável, os homúnculos são seres criados por magos ou alquimistas. Sua base é dada principalmente de organismos vivos ou seus elementos como carbono, fósforo e ferro. Dependendo de seu criador os homúnculos podem se assimilar a qualquer raça, mas a grande maioria é feia baseada em humanos e podem facilmente se passar por um. É raro de se ver, mas existem homúnculos em forma animal como cães e felinos. Independente da aparência, homúnculos são sempre inteligentes e possuem a capacidade de fala. Todo homúnculo nasce inteligente, porém ainda é necessário ensiná-lo sobre praticamente tudo. Desenvolver emoções humanas acontece com o tempo, mas é um processo demorado para o homúnculo aprender. São seres estéreis que não envelhecem e podem viver por séculos. Sua energia, no entanto, não provêm de alimentos: a energia é retirada da terra ou de plantas simplesmente pelo toque. Caso sua energia se esgote o homúnculo poderá vir a morrer. Imortais perante o tempo, os homúnculos contam sua idade a partir do dia em que são criados e ganham vida. Sua altura varia de acordo com a criatura a qual foi baseada, podendo ser de todas as raças inteligentes e animais de porte médio.

Vantagens:
• Regeneração acentuada, se recuperando rapidamente de ferimentos;
• Tolerância à dor, algumas vezes não percebendo quando é ferido(a).

Desvantagens:
• Cura-se apenas naturalmente, não sendo afetados por magias de cura, remédios ou poções.
Centauro


Seres incomuns, mas bastante inteligentes. Os centauros são criaturas que possuem corpo de homem e cavalo. Graças a isso são exímios caçadores, velozes e muito fortes. Costumam viver longe das grandes cidades, em bandos ou não. Ultimamente é raro ver um centauro pois dizem habitar as florestas em suas áreas mais profundas. Os centauros são seres que têm vários talentos de caça, sendo então perfeitos combatentes. Não necessitando de montaria e tendo como vantagem um equilíbrio perfeito, atingem grandes velocidades e também podem ser ótimos arqueiros. Se dando bem com qualquer tipo de arma, os centauros têm como único problema seu tamanho que acaba dificultando viver entre os humanos. Os centauros compartilham com os elfos sua longevidade, mas chegam à maturidade rapidamente aos 10 anos aonde são considerados jovens adultos. Chegam facilmente a viver mais de 100 anos e envelhecem aos 200. Sua altura chega facilmente a 2,20m e os tipo guerreiros batem nos 2,60m.

Vantagens:
• Maior deslocamento graças às quatro patas;
• Mais vigoros, resistem mais à ferimentos e possuem maior resistência;
• Vantagem em terrenos verdes como florestas e campos.

Desvantagens:
• Medo incomum de lugares altos e de embarcações;
• Dificuldade de deslocamento em lugares fechados.
Golem


Diferentes, fortes e ao mesmo tempo, escassos. Golens são seres tão inteligente quanto os humanos, tendo como diferença o seu corpo: feito dos mais diversos elementos, os golens podem ter uma força comparável aos mesmos. Muitos conseguem adquirir a forma humana, mas não completa. Golens de fogo, por exemplo, ao adquirir uma forma humana teria chamas no lugar do cabelo. Ao mesmo tempo, um golem de pedra em forma humana teria uma camada de pedra sobre a pele. Dessa forma, é uma raça que varia muito sua resistência, força e agilidade. Os golens são criaturas criadas através de magia pelas mais diversas situações. Magos podem evocá-los como servos fiéis e existem até mesmo aqueles que transferem sua própria alma para o golem e, assim, tendo uma vida quase eterna. Algo tão raro quanto perigoso, pois qualquer falha pode despedaçar a alma, criando golems corrompidos e imprevisíveis. Algo também raro são golens que nascem espontaneamente: vestígios de força mágica que eventualmente se unem a um elemento, criando uma vida a partir dele. Muitas pessoas acham que golens são imortais, mas a verdade é que vivem mais dependendo da energia que acumulam. Alguns vivem milênios por absorver energia de seus elementos todos os dias, enquanto alguns desavisados ou incompetentes mal passam dos dez anos de idade. Sua altura pode chegar a 3m principalmente para golens de pedra e terra, mas também é possível encontrar pequeninos golems de apenas 1 metro de altura.

Vantagens:
• Resistência ao elemento do qual se originou;
• Resistência a golpes físicos;
• Pode extrair energia de seu elemento regente para se curar (ação única que pode variar em turnos).

Desvantagens:
• Fraqueza ao elemento oposto do qual se originou;
• Dependência: deve receber energia de seu elemento ao menos uma vez a cada três dias.
Tritão


Os tritões são criaturas anfíbias e bípedes com inteligência superior. Sua forma é humanóide, porém sua aparência acaba por ser totalmente diferenciada. Possuem o corpo coberto de escamas, variando em cor, posição das guelras e nadadeiras. Longas caudas garantem um nado silencioso e preciso, principalmente em grandes profundidades. Os machos costumam ser poderosos guerreiros, tendo grande resistência e ainda tendo como vantagem suas escamas grossas e lisas: lâminas dificilmente cortam através da armadura natural. Já as fêmeas costumam ser dominadoras de magia arcana, podendo utilizar poderes baseados em água e ar, muitas delas sendo grandes feiticeiras. Apesar desta força, os tritões são uma raça pacífica e conservadora. Moram numa pequena ilha próxima ao reino de Takaras, levando o simples nome de Ilha dos Tritões. Apesar de parecerem criaturas selvagens, na verdade são bastante sábias e conhecedoras. Sua civilização é tão antiga quanto a própria ilha, e são sempre liderados por um único rei. A longevidade dos tritões é relativamente curta, mas chegam à idade adulta numa rapidez fascinante: aos 5 anos já são desenvolvidos o suficiente para lutar e procriar. Vivem uma média de 40 anos, aonde já envelhecem. Sua altura pode chegar aos 2,20 para os machos e 1,90 para as fêmeas.

Vantagens:
• Armadura natural: suas escamas lisas garantem uma defesa extra;
• Podem respirar embaixo d'água;
• Resistência ao frio.

Desvantagens:
• Recebem danos elevados de eletricidade;
• Dependência: não podem ficar sem água por muito tempo. Caso a pele seque, perderá 5% de HP por turno. Deve se molhar 1 vez a cada 3 dias.
Fauno


Criaturas incomuns e de origem desconhecida, os faunos existem a milhares de anos, sendo tão adaptáveis aos diversos climas quanto os próprios humanos. Existem três variações de faunos conhecidas: o meio-bode, mais comum, possui chifres curvos em sua cabeça e suas pernas de bode o fazem ter uma estatura ligeiramente menor que os demais. O meio-touro já possui chifres pontudos e é mais corpulento, suas pernas de touro são fortes e de cascos fendidos, algumas vezes sendo até mesmo confundidos com minotauros. O mais incomum é o meio-cavalo, sua aparência quase similar a um humano de tamanho comum, exceto pelas suas pernas de cavalo, cauda equina e o fato de seu cabelo também crescer na parte detrás de seu pescoço. Todos os faunos têm excesso de pelagem nos antebraços caso sejam machos, além de possuírem uma dieta exclusivamente herbívora. A vida dos faunos é relativamente longa, atingindo a maturidade aos 20 e envelhecendo a partir dos 120. Sua altura chega a um máximo de 1,60m no caso do meio-bode,sendo raríssimo um fauno que passe disso, enquanto as outras duas variações podem chegar a quase 2m de altura.

Vantagens:
• Vantagem em terrenos naturais (florestas, montanhas, etc);
• Maior resistência a venenos, doenças e pode ficar longos períodos sem comida ou água;
• Audição e visão apurados.

Desvantagens:
• Puramente herbívoro, sendo incapaz de se alimentar de carnes;
• Medo incomum de lugares altos e de embarcações.
Feral


Seres puros e bastante ligados à natureza, os ferais são seres tão variados quanto a fauna existente. Tratam-se de seres humanóides mas com fortes traços animais. Sua origem data de milhares de anos atrás, quando tribos nômades ligadas a espíritos animais eram comuns pelo mundo. Foi então que estes espíritos passaram a se unir às crianças que ainda estavam por nascer, desde a formação do seu embrião, renascendo assim como uma nova raça. Hoje isto ocorre em uma escala muito mais reduzida, mas os descendentes de quaisquer feral carregam consigo as características dos pais, sendo que apenas ferais de mesma espécie podem se reproduzir. Muitas vezes sendo mais fera do que homem, os ferais são seres selvagens que em maioria preferem viver em seu habitat natural. Sua aparência varia, fortemente as características animais. Um Feral leão, por exemplo, pode ter corpo humano forte coberto por pelagem dourada e ter a cabeça leonina. Ferais lagarto podem possuir braços, pernas e tronco humanos mas serem basicamente lagartos enormes com suas escamas, cabeça chata e cauda longa. Ferais costumam envelhecer aos 80 anos mas ainda vivem vigorosos até os 100, aonde geralmente tornam-se anciões. Sua altura também varia, existindo ferais que atingem facilmente 2,50m enquanto outros não passam dos 1,20m.

Vantagens:
• Sentidos aguçados, recebendo maior percepção;
• Força acentuada (no caso de descender de animais fortes) ou Agilidade acentuada (no caso dos demais);
• Aptidão para armas (no caso de descender de animais fortes) ou Aptidão para magia (no caso dos demais).

Desvantagens:
• Caso carnívoro, é incapaz de se alimentar de vegetais. Caso herbívoro, é incapaz de se alimentar de carnes. Caso onívoro, ainda assim deverá optar por alimentar-se apenas de carne ou apenas de vegetais.
• Aparência incomum ou monstruosa, independente da descendência.


Híbridos


Diferente dos puro-sangues, os híbridos são seres nascidos da união de raças diferentes e, por muitas vezes, são estéreis. Alguns deles são comuns como meio-elfos e meio-orcs, enquanto outros são tão raros que surpreendem. Assim como quaisquer raças, híbridos podem sofrer tanto preconceito quanto admiração dependendo do lugar e das pessoas com quem convivem. Por terem uma aparência incomum, híbridos chamam atenção facilmente, mas nem de longe são inferiores ou fracos. São seres que herdam as habilidades tanto do pai quanto da mãe, algumas vezes sendo uma grande vantagem.




Meio-Elfo


Resultado da junção de humano e elfo, um meio-elfo acaba por ter as características de ambas as raças. Com orelhas não tão pontudas quanto a dos elfos e corpos não tão robustos quanto os humanos, meio-elfos conseguem ter a agilidade necessária e uma sabedoria ímpar. Graças a isso, os meio-elfos conseguem ser magníficos guerreiros com armas de curto alcance, e lançar magias em curto período de tempo. Esta raça consegue adaptar-se facilmente tanto entre os elfos quanto entre os humanos, pois sua aparência é aceitável em ambos os lados. Sua atração pela natureza, no entanto, é mais forte graças ao seu lado élfico, e por conta disso meio-elfos também possuem sentidos apurados ao mesmo tempo em que são resistentes. Não vivem tanto quanto os elfos, mas sua longevidade é melhor que a dos humanos: atingem a maturidade aos 20 e envelhecem aos 100 anos de idade. Sua altura vai de 1,60m a 1,75m.

Vantagens:
• Visão, audição e olfato apurados;
• Fácil acesso a diversas áreas da ilha.

Desvantagens:
• Recebe dano elevado contra magias das trevas. Se for descendente de Dark Elf, recebe dano elevado contra magias da luz.
Meio-Demônio


Estas criaturas são comuns em Takaras, porém rejeitadas em praticamente todo o resto da ilha. São seres frutos da óbvia união de um demônio com uma humana, muitas vezes resultado de rituais macabros e doentios. São crias perigosas, pois algumas vezes podem se misturar por entre os humanos com facilidade. Sua aparência em geral pouco lembra um demônio propriamente dito, variando ligeiramente. Alguns nascem com chifres que podem ser facilmente cortados em seu nascimento e oculto pelo cabelo quando crescem. Outros podem herdar a pele ou olhos avermelhados, uma aparência intimidadora. Em raros casos um meio-demônio nasce com asas e até mesmo cascos fendidos no lugar dos pés. Mas algo que sempre acompanha qualquer meio-demônio é sua aura maligna, herdado por grande parte das crias. Diferente dos demônios puros, os meio-demônios tem uma vida limitada graças à união com humanos, atingindo a maturidade aos 20 anos e envelhecendo aos 100. Sua altura geralmente fica entre 1,60m a 2m.

Vantagens:
• Resistência elevada a magias das trevas;
• Recuperação acentuada a ferimentos, podendo resistir a feridas letais.

Desvantagens:
• Aura maligna, causando medo e desconfiança aos demais.
Meio-Orc


Uma raça não tão incomum, podendo sendo encontrados em qualquer parte da ilha. Meio-orcs são basicamente o meio-termo entre um humano e um orc, sendo seres corpulentos mas não tão altos, tendo a cor de sua pele variando entre o vermelho e o verde assim como os orcs. Raramente possuem presas e costumam ser tão inteligentes como os humanos, sendo capazes de gerir negócios, aprender com facilidade e até mesmo conjurar magias. Graças à sua aparência não tão monstruosa, meio-orcs são facilmente aceitos em diversos lugares na ilha e chegam até mesmo a fazer parte da guarda real. Em geral meio-orcs são abandonados logo após seu nascimento, sendo assim grande parte deles são independentes e preferem aventurar-se sozinhos. Atingem a maturidade mais cedo que os orcs, aos 20 anos, vivendo facilmente até os 80. Sua altura média está entre 1,80m a 2,20m.

Vantagens:
• Força Bruta, dano ligeiramente acentuado;
• Aptidão para armas em geral;

Desvantagens:
• Tendência maior a ser corruptível. (Envolve ganância, inveja e semelhantes).
Meio-Feral


Seres tão variados quanto os próprios Ferais, acabam surgindo em raras uniões entre ferais e humanos. Os meio-ferais herdam também as características animalescas, mas em escala menor. Seus traços animais são mais discretos, mas ainda assim é fácil de se notar sua origem. Presas, garras, excesso de pelagem, olhos incomuns e até mesmo chifres são comuns em meio-ferais, mas costumam ser mais humanos do que fera. As aparências variam drasticamente, sendo até possível encontrar meio-ferais com asas e outros com guelras, este permitindo que respirem debaixo d'água. Costumam ser muito ligados à natureza, mas não é incomum vê-los nas cidades e levando vidas humanas. Dependendo do caso, um meio-feral pode-se facilmente passar por um humano comum. Sua longevidade e altura são similares aos humanos mas envelhecem mais tarde, aos 80 anos e chegam à idade adulta aos 15. Sua altura vai de 1,60m a 1,90m.

Vantagens:
• Sentidos aguçados, principalmente em ambientes naturais;
• Força acentuada (no caso de descender de animais fortes) ou Agilidade acentuada (no caso dos demais);

Desvantagens:
• Tendência maior a ser corruptível. (Envolve ganância, inveja e semelhantes).
Meio-Dragão


Dragões são seres sábios e poderosos, tanto que alguns chegam a aderir a capacidade de possuírem uma forma humana. Graças a isso surgiram os meio-dragões: seres raros e inconstantes, tão instáveis quanto os próprios dragões. Basicamente são humanos com traços dracônicos mas que variam para cada indivíduo. Chifres, escamas, garras e membros dracônicos são bastante comuns, e seus olhos são sempre hipnotizantes e intensos. Alguns chegam a possuir pernas, braços, cauda e até mesmo asas de dragão, não necessariamente tudo de uma vez. Existem meio-dragões com pouquíssimas características animalescas, mas ainda assim possuindo no mínimo áreas da pele cobertas por escamas grossas e resistentes. Podem vir a adquirir a capacidade de cuspir fogo, e em raros casos ouviu-se falar de meio-dragões que possuem uma forma feral. Sua longevidade é surpreendente, podendo em alguns casos superar às dos elfos. Atingindo a maturidade aos 20 anos, um meio-dragão pode facilmente ter 150 anos de idade e envelhecer apenas a partir dos 300, herdando assim a incrível longevidade dos dragões anciões. Sua altura, por conta de seus traços animalescos, vão de 1,70m a 1,90m.

Vantagens:
• Maior resistência física, podendo aguentar maiores impactos e ferimentos;
• Quase impossível de se queimar, sendo praticamente imune ao fogo;
• Força acentuada.

Desvantagens:
• Fica enfraquecido em ambientes gelados;
• Aparência incomum, algumas vezes confundidos com meio-demônios.


Impuros e Amaldiçoados


Seres cuja sorte é difícil de se definir, os impuros e amaldiçoados costumam sofrer um preconceito em vários casos. Os impuros, em geral, são gerados por raças puras mas por meios errados ou hediondos, muitas vezes sendo considerados escórias ou aberrações. Amaldiçoados não são diferentes: humanos que acabaram por se transformar em outro ser contra sua vontade. Podem ser resultados de punições, feitiços ou até mesmo infecções, e raramente existe uma cura. Os impuros e amaldiçoados listados abaixo possuem raciocínio e capacidades humanas comuns.



Lobisomem Impuro


Chamados também de Filhos da Lua, estes seres originaram-se naturalmente dos próprios Lobisomens Puros. Apesar de orgulhosos e de praticamente não terem relações com humanos, em raros casos estas regras foram quebradas, resultando em Lobisomens Impuros. Suas características básicas se dão em terem uma aparência totalmente humana, mas sem qualquer controle de sua transformação lupina. Quando sobre extrema pressão ou quando irritados, estes seres se transformam em lobos humanóides poderosos e muitas vezes sem controle. Durante a lua cheia a transformação também acontece, mas ainda mais intensa: em frênesi, o animal ataca todos que encontrar. Apenas durante a lua cheia um Lobisomem Impuro pode infectar outro humano, desde que este sobreviva. É possível controlar a transformação com treinamento de auto-controle, sendo que alguns conseguem até mesmo manter-se conscientes em sua forma lupina. No entanto é impossível não se transformar durante a lua cheia. A maldição faz com que os impuros vivam por mais tempo que os humanos, mas mesmo envelhecendo aos 80 continuam intocados pelo tempo na aparência. Sua altura é exatamente como a humana, mas sua forma feral é monstruosa: batem facilmente nos 3m de altura quando em frênesi.

Vantagens:
• Força acentuada, principalmente na forma lupina;
• Maior vigor, resistindo a longas atividades e também à falta de comida e água;
• Regeneração moderada, se recuperando muito mais rápido do que qualquer humano.

Desvantagens:
• Fraqueza à prata: tocar neste metal queima e drena energia;
• Filho da Lua: Não pode impedir sua transformação durante a lua-cheia a não ser que esteja no subterrâneo. Personagem muito nervoso ou irado pode ter transformação involuntária.
Ghoul


Seres de aparência horrenda, os ghouls são vítimas de uma maldição cruel e degradante. Na verdade são pessoas vivas e saudáveis, mas a tal maldição faz com que, por fora, pareçam podres, rasgados, decompostos, bastante similares e muitas vezes confundidos com zumbis. As aparências variam, alguns ficam totalmente sem pele, outros até expõem ossos enquanto uns mais sortudos apenas possuem a pele cinzenta e feridas pelo corpo. Ainda assim sentem fome, sede, frio e calor como qualquer outro, podem se ferir normalmente e também são inteligentes. Basicamente são seres cuja apenas sua aparência se tornou algo degradante e bastante desagradável. Qualquer raça pode ser amaldiçoada desta forma, e até então sabe-se de poucos ghouls que conseguiram quebrar o encanto e voltar ao normal. Sua longevidade é a mesma que a raça original, assim como sua altura.

Vantagens:
• Aptidão para armas em geral;
• Imune a venenos, doenças e maldições.

Desvantagens:
• Aparência monstruosa.
Possuído

Inconstantes e perigosos, os Possuídos são humanos de alma fraca que se deixaram ser dominados por espíritos demoníacos. Sua aparência não muda em grande parte, exceto pelas olheiras profundas e pelos olhos vermelhos, já que geralmente esta raça nunca dorme. O demônio então habita sua cabeça, existindo duas consciências em um único corpo. O possuído muitas vezes adere aos pensamentos do invasor, seguindo as vontades dele como se fossem suas. Possuídos possuem uma forma demoníaca, onde chifres, garras, cascos e até mesmo asas surgem no hospedeiro. Tudo isso faz do Possuído um ser inconstante e perigoso, sendo praticamente um demônio com aparência totalmente humana. Sua energia também é conseguida de formas hediondas: o Possuído alimenta-se da energia vital, praticamente um vampiro, preferindo saciar-se com humanos e muitas vezes os deixando à beira da morte. Drenar a energia vital de uma vítima, em geral, não deixa ferimentos ou marcas além de enfraquecê-la. No entanto, um Possuído dificilmente consegue parar antes que sua vítima morra. Em raros casos, Possuídos acabam dominando o demônio que o habita, mas trata-se de algo extremamente perigoso. Esta raça acaba vivendo o dobro do que humanos comuns graças ao poder da possessão, que segura a alma ao corpo com maior intensidade. A altura é alguns centímetros a mais de um humano comum.

Vantagens:
• Força acentuada, principalmente na forma demoníaca. Transforma-se por vontade própria ou por emoções extremas;
• Resistência à dor, podendo continuar lutando mesmo gravemente ferido;

Desvantagens:
• Uma vez na forma demoníaca, perde-se o controle entrando em estado de frênesi, permanecendo assim por no mínimo 3 rodadas.
Vampiro


Seres que há muito tempo assustam a mente humana apenas por saberem de sua existência. Os primeiros vampiros foram criados através de uma maldição aterradora que se estendeu não somente para eles, mas a qualquer uma de suas vítimas se assim desejarem. Resistentes e praticamente imortais perante o tempo, vampiros podem viver durante séculos sem sequer envelhecer. Sua natureza noturna faz do vampiro um ótimo caçador, porém sua principal refeição concentra-se no sangue vivo e pulsante, principalmente de raças humanóides. Sangue de um ser morto não os interessa, e pode até causar sua morte. Uma característica marcante dos vampiros é que geralmente são belos, possuindo a aparência quase que totalmente humana mas de pele pálida e olhos penetrantes. Graças a isso são famosos por seduzirem suas vítimas e assim conseguirem se alimentar de seu sangue. Alguns possuem a capacidade de ocultar seus caninos avanjados, mas muitas vezes não é suficiente para esconder sua verdadeira natureza. A altura de um vampiro varia de 1,70m a 1,90m.

Vantagens:
• Tolerância elevada a ferimentos;
• Regenera seu HP caso sugue sangue vivo;
• Audição e visão aguçados durante a noite, podendo enxergar no escuro;
• Caso a MP se esgote, o vampiro poderá utilizar o próprio HP no lugar.

Desvantagens:
• Vulnerável ao fogo, recebendo dano dobrado;
• Fraqueza ao sol, recebendo 5% de dano por turno a não ser que se proteja com roupas pesadas ou encontre abrigo;
• Apenas pode se curar ao drenar sangue fresco.


Última edição por ADM GabZ em Sab Jul 15, 2017 5:58 pm, editado 3 vez(es)

_________________
avatar
ADM GabZ

Pontos de Medalhas : 999
Mensagens : 1086
Localização : Extrema - MG

Ficha Secundária
Título:
Lvl: 1
Raça: Humano

Ver perfil do usuário http://www.flickr.com/photos/gabzero

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: As Raças

Mensagem por ADM GabZ em Ter Maio 13, 2014 9:28 am

As seguintes raças foram modificadas:


> Vampiro agora possui a desvantagem "Apenas pode se curar ao drenar sangue fresco" ao invés de dependência.

> Possuído teve a vantagem Regeneração removida. Ao invés disso foi acrescentado "Força acentuada, principalmente na forma demoníaca. Transforma-se por vontade própria ou por emoções extremas".

> Possuído teve todas as suas desvantagens removidas e substituídas por "Uma vez na forma demoníaca, perde-se o controle entrando em estado de frênesi, permanecendo assim por no mínimo 3 rodadas."

> Homúnculo perdeu a vantagem "Rápido aprendizado com magias".

> Homúnculo perdeu as desvantagens "poções e antídotos não funcionam" e "dependência". Agora a única desvantagem do homúnculo é "Cura-se apenas naturalmente, não sendo afetados por magias de cura, remédios ou poções."

_________________
avatar
ADM GabZ

Pontos de Medalhas : 999
Mensagens : 1086
Localização : Extrema - MG

Ficha Secundária
Título:
Lvl: 1
Raça: Humano

Ver perfil do usuário http://www.flickr.com/photos/gabzero

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum