Fórum Inativo!

Atualmente Lodoss se encontra inativo. Saiba mais clicando aqui.










Vagas Ocupadas / Vagas Totais
-- / 25

Fórum Inativo!

Saiba Mais
Quadro de Avisos

>Dizem as más línguas que o anão Rookar, que fica no Porto Rangestaca, está procurando por mercenários corajosos - ou loucos - que estejam afim de sujar as mãos com trabalhos "irregulares". Paga-se bem.

> Há rumores sobre movimentações estranhas próximas aos Rochedos Tempestuosos. Alguns dizem que lá fica a Gruta dos Ladrões, lar de uma ordem secreta. Palavra de goblin!

> Se quer dinheiro rápido, precisa ser rápido também! O Corcel Expresso está contratando aventureiros corajosos para fazer entregas perigosas. Por conta da demanda, os pagamentos aumentaram!

> Honra e glória! Abre-se a nova temporada da Arena de Calm! Guerreiros e bravos de toda a ilha reúnem-se para este evento acirrado. Façam suas apostas ou tente sua sorte em um dos eventos mais intensos de toda ilha!




Quer continuar ouvindo as trilhas enquanto navega pelo fórum? Clique no botão acima!

Rancho Eldest

Página 2 de 3 Anterior  1, 2, 3  Seguinte

Ir em baixo

Rancho Eldest

Mensagem por ADM GabZ em Sab Fev 22, 2014 1:54 pm

Relembrando a primeira mensagem :


O Rancho Eldest é referência em toda ilha, possuindo uma estrutura formidável para criação de cavalos, grifos e hipogrifos. Recentemente o rancho fez um acordo com o Exército Real de Hilydrus, desta forma tendo um investimento maior por parte do reino. Com isso a estrutura aumentou consideravelmente, sendo que antes o rancho comportava apenas cavalos. Parte da frota, no entanto, é destinada ao exército como parte do acordo, mas graças a isso o lugar possui vigia constante de soldados reais, garantindo a segurança de todos.

Os animais criados aqui são saudáveis e bem cuidados, sendo os cavalos mais fáceis de se lidar. Os grifos e hipogrifos, no entanto, são mais temperamentais. Tendo a inteligência um pouco mais superior à de um cavalo, estes seres alados são mais teimosos e ariscos, sendo difícil deixarem qualquer um montarem neles. Por conta disso a doma é mais acirrada e seu valor, naturalmente, muito mais alto. Como vantagem os grifos e hipogrifos, além de voarem claro, são muito mais leves do que dragões, sendo também mais fáceis de alimentar. São bastante independentes e, quando bem treinados, é possível chamá-los com um assovio.

O responsável pelo rancho atualmente é o ex-general Firehawk, aposentado depois da guerra mesmo com pouca idade. Durante a fatídica batalha, Firehawk foi atingido pelo fogo esverdeado de um necrodraco, perdendo assim todo seu braço direito e do joelho para baixo de sua perna direita. Hoje ele consegue andar normalmente graças à ajuda de uma perna de madeira feita especialmente para ele, sendo praticamente impossível de notá-la quando trajando calças, o que é costume do ex-general.

Trabalhar aqui garante um bom salário e, quem sabe, uma vaga no exército real.


Última edição por ADM GabZ em Sab Jul 15, 2017 7:11 pm, editado 1 vez(es)

_________________
avatar
ADM GabZ

Pontos de Medalhas : 999
Mensagens : 1002
Localização : Extrema - MG

Ficha Secundária
Título:
Lvl: 1
Raça: Humano

Ver perfil do usuário http://www.flickr.com/photos/gabzero

Voltar ao Topo Ir em baixo


Re: Rancho Eldest

Mensagem por DoBer em Sab Jun 13, 2015 2:45 pm

Em pouco tempo já tinha matado a fome, então foi explorar o local. Não tinha nada de muito diferente ali, mas era tudo muito bonito, inspirava muita paz, então o macaco ficou ali um tempo, contemplando. Quando voltou ao lugar onde estava o monge Ang, e até o achou facilmente, pois o lugar era bem aberto, o monge tinha acordado e estava se preparando para montar seu cavalo novamente. Blaze viu que devia subir no seu também, ele estava perto, então foi na direção dele para seguirem viagem.

Vamos seguir viagem, então. - falava o macaco, balançando a cabeça e respondendo a pergunta do monge. Estava se sentindo revigorado, e sentia que ainda tinham um longo caminho pela frente.

_________________
Blaze
Habilidades especiais


Força:        [][] E
Energia:     [] F
Agilidade:  [][][][] C
Destreza:   [][][] D
Vigor:         [][][] D

Moedas de Ouro: 1500
avatar
DoBer

Mensagens : 130

Ficha Secundária
Título:
Lvl: 5
Raça: Feral

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Rancho Eldest

Mensagem por NR Lima Limão em Seg Jun 22, 2015 2:11 pm

Os dias passaram calmos, a viagem seguia monótona, chata, devagar. O tempo se arrastava e pouco a pouco a animação de Blaze ia se transformando em tédio. Mas Ang parecia irresoluto em relação a isso, pois sua postura se mantinha sempre a mesma. Após mais um bom tempo de viagem, eles começaram a ver os primeiros sinais e de neve, e com este veio também o frio e o mal tempo. Talvez por estarem numa região de clima diferente, ou por se tratar apenas de mais uma tempestade.

Mas mesmo com a neve em suas cabeças, o vento soprando forte e frio contra suas faces, e o cansaço de uma viagem longa e desgastante, eles conseguiram chegar à Calm sem maiores problemas. - É aqui, meu amigo. Chegamos à Calm. Pararemos por hoje, e seguiremos quando a tempestade passar. Pode ficar a vontade para olhar a cidade se preferir, pedirei dois quartos naquela estalagem para nós. - Disse o monge apontando para uma estalagem mais ao longe, quase invisível em meio a geada que caía. Dober estava livre para andar pela cidade agora, não sabia quanto tempo duraria aquela tempestade, então teria bastante tempo para explorar, ou caso preferisse, apenas esperar sentado em seu quarto. As pessoas olhavam curiosas para o feral, era uma visão bastante inusitada, realmente surpreendente um macaco de fogo montando um animal de pequeno porte, algumas crianças até puxavam as barras das saias de suas mães, pedindo para chegar perto do feral.

- Deixe-me levar o animal a um estábulo, ele também merece descansar. - Falou Ang, aguardando que Blaze desmontasse para leva-lo a um estabulo.

_________________

Quer ter sua HE avaliada? Clique na imagem acima e peça sem medo! =3
avatar
NR Lima Limão
Narrador

Pontos de Medalhas : 666
Mensagens : 786
Idade : 23
Localização : RJ/RJ

Ficha Secundária
Título:
Lvl: 500
Raça: Vampiro

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Rancho Eldest

Mensagem por DoBer em Seg Jun 29, 2015 12:19 am

A viagem seguia firme, mas chegou um ponto em que Blaze não estava mais tão empolgado e resolveu perguntar para Ang se faltava muito para chegarem.

Senhor Ang, estamos muito longe? Ainda não estou sentindo frio.

Bastou perguntar isso e o macaco começou a sentir os efeitos da mudança de clima. Parecia magia, chegava a ser assustador. Um pouco mais tarde, notou, chateado, que começava a cair do céu algo que tinham lhe explicado ser neve. Já tinha visto aquilo umas duas ou três vezes, enquanto explorava paisagens longínquas com seu amigo Flint, e nunca tinha tido uma impressão boa. Aquilo além de lhe causar muito frio, atrapalhava sua visão e o fazia se sentir doente. Mas se queria aprender alguma coisa com o monge e competir na arena, parecia que teria que aguentar aquilo.

À medida que o frio foi chegando, Blaze se viu se encolhendo e se abaixando no controle das rédeas do seu cavalo, para apertar melhor a armadura de couro contra o corpo e se esquentar. Algum tempo depois, enfim, chegaram a Calm. O monge falou que ia conseguir uma estada para os dois em uma estalagem próxima e lhe deu permissão para conhecer a cidade antes de dormirem. Blaze sentiu com a cabeça. Tinha muita vontade de conhecer a cidade, mas estava cansado da viagem, a tempestade estava forte e seu primeiro contato com a neve nunca o deixava muito animado.

Mesmo assim, como já estava ali mesmo, deu uma explorada nos arredores e então seguiu Ang para a estalagem. Entregou contente o animal para Ang sabendo que ele ia poder descansar também.

_________________
Blaze
Habilidades especiais


Força:        [][] E
Energia:     [] F
Agilidade:  [][][][] C
Destreza:   [][][] D
Vigor:         [][][] D

Moedas de Ouro: 1500
avatar
DoBer

Mensagens : 130

Ficha Secundária
Título:
Lvl: 5
Raça: Feral

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Rancho Eldest

Mensagem por NR Lima Limão em Seg Jul 06, 2015 9:29 am

Blaze não gostava muito do clima, e mesmo com sua pelagem natural, ele ainda sentia frio naquele lugar. Mas ele não pode deixar de ficar fascinado com a beleza daquela cidade. A simplicidade das casas, as pessoas e todo aquele clima de hospitalidade, era algo que ele não encontrava em todo lugar. Seria ainda mais bonito, não fosse a tempestade que ofuscava e escondia todo o brilho da pacata Calm.

Blaze não andou muito pelas ruas, pois logo o vento ficou mais forte e a tempestade foi piorando. Em poucos minutos as ruas já estavam desertas e o macaco teve que correr para chegar à estalagem em tempo de fugir do frio cortante do lado de fora. O dia passou daquela forma, do lado de fora, o frio congelante e uma tempestade, que agora já fazia totalmente presente. Ao olhar pela janela, tudo que Blaze via era a neve caindo com força, mas dentro de seu quarto, estava a salvo do frio e do vento.

Passada aquela noite, assim que amanheceu, a tempestade já havia diminuído, a neve caía bem de leve e uma grossa camada de neve jazia no batente da janela do lado de fora. O feral ainda dormia, quando ouviu as batidas na porta de seu quarto. Quando foi atender, viu que era Ang, que acordara bem cedo. - Bom dia, Blaze. Devemos partir logo, o templo nos espera, e não podemos perder muito tempo. - Ang falou com a sua mesma voz gentil de sempre, contudo ele parecia um pouco mais preocupado e desanimado que antes, sinal que algo havia acontecido durante aquela noite que o feral não sabia. Os dois juntos saíram da estalagem e pegaram suas montarias, para então partir novamente na sua jornada rumo ao Templo das Orquídeas.

O caminho desta vez seria mais complicado. A neve atrapalhava um pouco e as montanhas logo mostravam sua face mais dura. A paisagem completamente tomada pela neve chegava a confundir os olhos, apenas o pouco verde das folhas, o marrom dos troncos e o azul do céu destoavam de toda a neve.

_________________

Quer ter sua HE avaliada? Clique na imagem acima e peça sem medo! =3
avatar
NR Lima Limão
Narrador

Pontos de Medalhas : 666
Mensagens : 786
Idade : 23
Localização : RJ/RJ

Ficha Secundária
Título:
Lvl: 500
Raça: Vampiro

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Rancho Eldest

Mensagem por DoBer em Qua Jul 15, 2015 9:33 pm

Blaze descobriu que o povo dali era muito hospitaleiro, algo que não esperava, e a cidade ali era muito bonita, mesmo com toda neve. Chegou uma hora que a tempestade começou a aumentar, e Blaze, ou melhor, seu cavalo teve que correr para chegar na pousada. Blaze não saiu mais aquela noite, quando chegou ao seu quarto só queria saber de descansar.

Então, subitamente ouviu um barulho vindo da porta. Era Ang, que estava arrumado e parecia estar acordado a bastante tempo. Já tinha amanhecido, e parecia que eles teriam que seguir viagem logo. Ang falou, confirmando suas suspeitas. Pegou suas coisas, enquanto murmurava algo sobre comer, e então foram pegar seus cavalos para partir. Estava bem frio lá fora, e os dois teriam um longo caminho pela frente, mas antes de partir Blaze se deu conta de algo que tinha percebido há algum tempo: seu futuro mestre estava mais cansado e abatido que o normal. Deveria ter acontecido alguma coisa que não lhe contara.

Senhor Ang - Blaze fala, com um ar de preocupação - aconteceu alguma coisa essa noite?
E então fica esperando uma resposta, determinado a não montar enquanto o companheiro não falasse alguma coisa.

O caminho a seguir estava realmente difícil, mas a dupla não desistia fácil. Fu Ang estava voltando para sua casa, ele devia estar se sentindo feliz, o macaco pensava. As montanhas cobertas de branco ofereciam uma vista única, mas traiçoeira. Porém Blaze estava começando a ter que admitir que havia alguma beleza nelas.

_________________
Blaze
Habilidades especiais


Força:        [][] E
Energia:     [] F
Agilidade:  [][][][] C
Destreza:   [][][] D
Vigor:         [][][] D

Moedas de Ouro: 1500
avatar
DoBer

Mensagens : 130

Ficha Secundária
Título:
Lvl: 5
Raça: Feral

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Rancho Eldest

Mensagem por NR Lima Limão em Seg Jul 27, 2015 10:51 am

- Tudo a seu tempo, jovem. Tudo a seu tempo. - Ele falou recuperando seu sorriso. Não o mesmo de antes, mas um sorriso mais forçado, menos natural. Apenas para tranquilizar seu companheiro de viagem. Blaze não pareceu muito convencido com a resposta evasiva de Ang, mas não reclamou. Eles tinham pressa, o monge mais ainda, por algum motivo, parecia um pouco mais preocupado e apressado em chegar logo ao templo. - Devemos nos preparar pois esta parte da viagem será mais difícil. Aqui, comprei alimentos e vestes mais quentes para ti, amigo. - E entregou uma bolsa de viagem com roupas de frio feitas de peles de lobo, e frutas secas para vários dias.

A viagem pelas montanhas foi bem mais difícil. A cada galopada, a neve parecia mais e mais vasta. A cidade já não podia mais ser vista de onde estavam, apenas o branco e as montanhas ao fundo eram seus companheiros. As arvores cobertas de neve resistiam ao gelo que insistia em lhes enterrar a raízes, e mesmo durante o dia, não havia um animal sequer no lugar. Ang passou o restante da viagem sem falar nada. A jornada durou longos dias, e nesse tempo, Ang apenas respondia caso Blaze falasse diretamente com ele. E caso voltasse a tocar no assunto de sua preocupação, ele desviava rapidamente do assunto falando de qualquer outra coisa.

Após cerca de 3 dias, uma nova tempestade os assolou, era inicio da tarde, e os ventos sopravam com tanta força, que Ang precisou gritar para que Blaze ouvisse. - BLAZE! FICAREMOS ALI POR ENQUANTO, AGUARDAREMOS A TEMPESTADE BAIXAR. NÃO SE PREOCUPE, VAI FICAR TUDO BEM. - Ele tentou sorrir, mesmo em meio à neve, mas o feral não conseguiu ver. Seu olhos ofuscados pelos ventos, só conseguiam mirar na direção que Ang apontou. Uma floresta de pinheiros que resistia à tempestade, onde poderiam se esconder dos ventos e da neve. Ali, eles ficaram entre duas arvores, amarrando um pano entre elas para servir de barraca improvisada e para proteger-lhes do frio cortante. Ali eles passaram todo o dia até a chegada da noite.

Ao luar, os ventos cessaram um pouco, ficando mais amenas, o suficiente para conseguirem se ouvir se precisarem gritar. Mas a geada ainda caía abundante. Ang comia algumas frutas recostado sobre a arvore, parecia sereno, seus olhos quase fechados, quando ele pareceu acordar de súbito, como se levasse um susto. E logo em seguida, o som veio. Um uivo. Lobos das montanhas. Ang olhou em volta, mas a escuridão o impedia de ver qualquer coisa além de 1 metro à sua frente. - Fique atento, Blaze.

<Desculpe a demora, eu nem vi que você tinha postado. +50 EXP pelo meu atraso.>

_________________

Quer ter sua HE avaliada? Clique na imagem acima e peça sem medo! =3
avatar
NR Lima Limão
Narrador

Pontos de Medalhas : 666
Mensagens : 786
Idade : 23
Localização : RJ/RJ

Ficha Secundária
Título:
Lvl: 500
Raça: Vampiro

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Rancho Eldest

Mensagem por DoBer em Ter Ago 04, 2015 9:07 pm

Ang respondeu sua pergunta com um provérbio, pedindo para que tivesse paciência, e lhe deu um sorriso. Blaze aceitou a resposta, até se acalmou um pouco, mas sabia que aquela resposta não era o suficiente. Voltaria a perguntar sobre aquilo mais tarde, quando estivessem mais próximos do templo.

Enquanto o monge o advertia sobre os perigos dessa nova etapa da viagem, ele entregava uma mochila com peles quentes e frutas secas para alguns dias de viagem. Blaze recebeu as provisões com grande entusiasmo: - Obrigado pelas peles quentinhas e pela comida, senhor Ang! Ele colocou as peles rapidamente, e guardou a comida na sua mochila, devolvendo a outra mochila ao monge.

A tempestade rugia avassaladora. A viagem estava difícil, mesmo com os casacos o macaco sentia frio, e a neve e o vento o encomodavam. Mesmo assim, os dois monges e seus cavalos seguiram firmes. Chegou, enfim, uma parte em que Ang pediu que parassem para esperar a tempestade diminuir, se refugiando em um lugar que Blaze reconheceu como sendo uma floresta, logo à frente, que resistia à tempestade e poderia abrigá-los. Chegando lá, fizeram uma barraca improvisada onde ficaram até anoitecer. Blaze insistiu que fizessem uma proteção para os cavalos também.

Quando a lua surgiu no céu, trazendo a escuridão, já ventava menos. Agora eles podiam se ouvir quase sem dificuldade, mas continuava chovendo gelo. Apesar disso, estavam tranquilos ali, até que um barulho sinistro os acordou.

-Lobos! - grita Blaze, tentando controlar a voz e o susto. - Estava pensando em partir já? Não precisamos confrontá-los, né?

_________________
Blaze
Habilidades especiais


Força:        [][] E
Energia:     [] F
Agilidade:  [][][][] C
Destreza:   [][][] D
Vigor:         [][][] D

Moedas de Ouro: 1500
avatar
DoBer

Mensagens : 130

Ficha Secundária
Título:
Lvl: 5
Raça: Feral

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Rancho Eldest

Mensagem por NR Lima Limão em Qui Ago 13, 2015 12:22 pm

Ang não respondeu de cara, ele apenas fitou a escuridão, enquanto tentava, de alguma forma, observar através da camada de trevas da noite. - Não se preocupe. Estão atrás de outra presa. - Concluiu sem maiores preocupações. Encostou em sua arvore novamente, fechou seus olhos e ali ficou meditando. Por um longo tempo, somente o som dos ventos foi ouvido. Blaze permaneceu apreensivo por mais um período, mas passadas as horas, visto que o monge já não estava mais preocupado com a ameaça dos lobos, o feral simplesmente aquietou seu coração.

Após algumas horas, Ang finalmente acordou de sua meditação, ele parecia muito sério, bem mais que o normal. O monge se levantou e foi direto até o feral, o encarando seriamente, e assim que chegou, começou a falar de forma bastante rígida. - Blaze, quero que lute comigo, aqui e agora. Se aceitar, e vencer, continuaremos nossa jornada. Mas se declinar, ou se perder, eu o deixarei aqui, no meio da neve. - Aquela proposta o pegou de surpresa, pois aquela mudança de personalidade fora totalmente contraditória ao que Ang demonstrou durante toda a viagem, desde que se encontraram no Rancho.

Seu próximo post será aqui.

_________________

Quer ter sua HE avaliada? Clique na imagem acima e peça sem medo! =3
avatar
NR Lima Limão
Narrador

Pontos de Medalhas : 666
Mensagens : 786
Idade : 23
Localização : RJ/RJ

Ficha Secundária
Título:
Lvl: 500
Raça: Vampiro

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Rancho Eldest

Mensagem por DoBer em Seg Ago 24, 2015 8:47 am

Quando Ang falou que os lobos estavam atrás de outra presa, Blaze respirou aliviado, mas seu coração continuava agitado. Ele sabia que alguma coisa ainda incomodava o monge. Enquanto Ang foi meditar, Blaze se sentou na cabana e tentou fazer o mesmo. Fazia tanto tempo que não fazia isso...

Blaze tentou sentir onde estava agora, o que tinha acontecido com ele desde que saíra do rancho e conhecera o monge Fu Ang. Ele tinha sentido alguma coisa no macaco desde lá, e tinha sido tão bom para ele desde então... De certa forma ele fazia lembrar seu mestre Zen, do templo lá da sua terra. "Ele já tinha falado que queria que eu fizesse alguma coisa pra ele, mas até agora não disse o que seria... Independente do que for, deve ser uma coisa boa... Mesmo que ele não peça, algum dia vou retribuir o que ele está fazendo por mim..." E então tentava sentir o que aconteceria a seguir, quando provavelmente iriam continuar a jornada pela montanha, em direção ao templo. Talvez, só talvez, ele lhe revelaria o que estava sentindo, o porquê daquela tensão.

Quando Ang acordou do transe, Blaze já tinha acordado a um bom tempo, e o estava observando, sem muita expressão, mas com cara de que não estava entendendo alguma coisa. Quando ele abriu os olhos, Blaze continuou olhando para ele, cheio de expectativa. Sentia que alguma coisa viria dali. Então o monge falou com ele, mais sério do que nunca, declarando que eles tinham que lutar, e que se o macaco perdesse, ele ficaria ali sozinho, na neve, e o monge voltaria para casa. Blaze encarou a súbita mudança de humor com  estranha familiaridade, pois sabia a postura que era exigida de um monge quando ele precisava lutar.

Lutar? Beleza! Não faço isso faz um bom tempo já. - falava, com um sorriso zombeteiro, alongando os músculos e se aquecendo. Ele respirava fundo e se preparava para receber o primeiro golpe, dando uma olhada em volta para reconhecer possíveis vantagens e desvantagens do terreno. Ainda estava um pouco escuro, mas o macaco já tinha estado ali por tempo suficiente para conhecer aquele terreno. Tentaria desviar dos primeiros golpes para conhecer a força do oponente, que ele já sabia ser muita, mas ele também sabia que tendo fé no seu deus e conhecendo a si mesmo e ao oponente, nada era impossível. Depois de desviar de alguns socos e chutes, Blaze se posicionaria de frente ao oponente e então usaria um chute frontal com a perna direita vindo de trás e a perna esquerda fixa de base para empurrar o adversário, com um pulo para um lado para escapar de um contra ataque e um chute semi-circular com a perna de trás atingindo o torso do adversário com o peito do pé direito e então voltando para a posição defensiva tentando desviar dos ataques.

_________________
Blaze
Habilidades especiais


Força:        [][] E
Energia:     [] F
Agilidade:  [][][][] C
Destreza:   [][][] D
Vigor:         [][][] D

Moedas de Ouro: 1500
avatar
DoBer

Mensagens : 130

Ficha Secundária
Título:
Lvl: 5
Raça: Feral

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Rancho Eldest

Mensagem por DoBer em Seg Ago 24, 2015 8:52 am

Bah, foi mal me confundi. Pode excluir o post? Não consigo fazer daqui

_________________
Blaze
Habilidades especiais


Força:        [][] E
Energia:     [] F
Agilidade:  [][][][] C
Destreza:   [][][] D
Vigor:         [][][] D

Moedas de Ouro: 1500
avatar
DoBer

Mensagens : 130

Ficha Secundária
Título:
Lvl: 5
Raça: Feral

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Rancho Eldest

Mensagem por Pacificador em Ter Nov 17, 2015 4:57 pm

"O mundo é tão extenso" Foi um dos vários pensamentos ao caminhar pela trilha: ao extremo norte do laboratório. Perdido, não. Estava seguindo diligentemente as instruções. Teria de caminhar até encontrar uma estrada, ali começaria meus primeiras passos como um pseudo-Humano. Caminhei durante algumas horas, distraído ao contemplar as arvores, algumas  reconheci, pelas formas, outras nunca tinha visto. Assim me encontrei com a estrada, esta que segui sem olhar para trás. Seguia desta vez relembrando o que me trouxe até ali. O pior de tudo era ter consciência que eu fora descartado, mas não tinha uma emoção para expressar. Estranho, não? ter uma ideia mas não sentir nada, alegria ou ódio. Estas emoções iriam se desenvolver com o tempo, no laboratório contavam historias de Humunculos que nunca souberam o que é o amor e de outros que se destruirão pelo prazer.

Então, imaginava a mim daqui a uns anos, se uma emoção pudesse se manifestar naquele momento seria... "Medo: Perturbação resultante da ideia de um perigo real ou aparente ou da presença de alguma coisa estranha ou perigosa" É claro, nada disso eu sentia, eu apenas compreendia por um livro a ideia geral da coisa toda.Ah, sim. Certamente eu tenho  objetivos o primeiro: conseguir algo chamado emprego."Uma ocupação na qual se acumula experiencia e moeda do reino." A segunda me adaptar. Enquanto caminhava estiquei e contrai minha mão direita diversas vezes. Era de uma cor metalizada, normal para mim, mas para os guardiões eram um pequeno erro ao me criarem. O único legado que demonstrava o que eu era. - Um Humunculo.- Falei sem pensar se tinha alguém ao redor. Voltei a esconder minha mão ao bolso da veste e continuei andando desta vez, tentando não pensar tanto no laboratório. Segui a estrada sem prestar muita atenção ao redor, estava olhando as nuvens, tão variadas que eram dificil de acreditar que elas eram apenas água. Continuei aquele caminho não me lembro por quanto tempo, a viagem era longa, e eu não sabia em que lugar iria parar. Então me encontrei em um local, que não fazia a minima ideia do que era. Procurei por alguém nas redondezas, assim perguntei. - Que lugar é este?- Estava em duvida, e não sabia se era uma boa ideia estar naquele local.

_________________
Balltier El Raizel

MO$:0

Força: 0 (F)
Energia: 4 (D)
Agilidade: 4 (D)
Destreza: 4 (D)
Vigor: 2  ++ (E)
avatar
Pacificador

Pontos de Medalhas : 0
Mensagens : 57
Idade : 23
Localização : .-.

Ficha Secundária
Título: Nenhum
Lvl: 1
Raça: Homúnculo

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Rancho Eldest

Mensagem por ADM GabZ em Qua Nov 18, 2015 11:38 am

Ao adentrar naquele rancho os relativamente novos sentidos de Balltier entraram em ação. Havia o cheiro forte de rancho que misturava feno, suor de animais e mais feno. O som, em sua maior parte apenas composto de vento e pássaros, vez ou outra era interrompido pelo relinchar de um cavalo e do que parecia uma águia. A visão do lugar era magnífica: um enorme campo esverdeado, cercado por suaves morros, repleto de construções de madeira e pedra que abrigavam tanto os trabalhadores do lugar quanto os animais que ali tratavam. Ah, e tinha o sol: aquecia sua pele timidamente, por detrás de nuvens corriqueiras que insistiam em deixar o dia mais ameno. Tudo aquilo eram sensações novas para o homúnculo. Ah, e nem mesmo sabia o que eram cavalos ou águias. Tinha muito o que aprender.

Não demorou para o garoto procurar alguém. Na verdade não houve necessidade de olhar muito, pois logo dois soldados se aproximaram. Ao ouvirem a pergunta eles se entreolharam antes de responder.

— Você está no Rancho Eldest, sob proteção do Exército Real. — anunciou um dos soldados. Eles portavam lanças, mas em suas cintas haviam espadas embainhadas. — Está perdido? Se identifique ou se retire.

Foi quando o homúnculo descobriu o que era desconfiança. Não a entendia, claro, mas foi uma sensação diferente. Um rapaz vindo do nada e que notavelmente não fazia idéia de onde estava. Era justa uma desconfiança.

_________________
avatar
ADM GabZ

Pontos de Medalhas : 999
Mensagens : 1002
Localização : Extrema - MG

Ficha Secundária
Título:
Lvl: 1
Raça: Humano

Ver perfil do usuário http://www.flickr.com/photos/gabzero

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Rancho Eldest

Mensagem por Pacificador em Qua Nov 18, 2015 5:26 pm

Estar  naquele lugar forçou uma sensação unica, não sabia identificar os cheiros, não era agradável, mas proporcionava sensações desconhecidas para mim. Assim reconheci as construções,era sem duvida construções de seres com inteligencia,  em seguida reparei nas cores sabia seus nomes, mas até o momento pareceu insignificante diante da vastidão do local. Ergui o olhar encarando os animais ali, tudo era uma sensação bem diferente de tudo que eu tinha presenciado até agora. Observei os homens com as armas a minha frente, sabia que elas eram utilizadas para se defender, mas de que exatamente não tinha encontrado em minha curta existência.

O comportamento deles demonstrava um gesto que desconhecia, no entanto sabia que tinha lido algo parecido. Inclinei levemente a cabeça para o lado. - Rancho? - Olhei novamente para o local, compreendendo aquilo era um rancho...- Para que serve? Cuida dos animais para que não sejam devorados?- Perguntei sem levar em conta em responder a pergunta dos soldados. - Ah, eu sou Balltier. Um homúnculo.Procuro um emprego e me adaptar. Podia ter me perdido, mas encontrei esse lugar, então não me perdi.- Simplesmente respondi, imediatamente retirei a mão de meu bolso a mostrando para logo em seguida a esconder novamente no bolso. - Como se chama os animais? Aqueles que tem asas e aqueles sem asas?- Perguntei novamente, mentir não era uma opção, no entanto, dizer algo sobre o laboratório estava proibido e mesmo assim eu evitaria a todo custo voltar para aquele local. Fiz um grande esforço para prestar atenção aos soldados, queri tocar nos animais e princialmente aprender... - O que é um exercito Real. Existe um falso? Ou é de um Rei?- Terminei com as perguntas e fiquei em silencio.

_________________
Balltier El Raizel

MO$:0

Força: 0 (F)
Energia: 4 (D)
Agilidade: 4 (D)
Destreza: 4 (D)
Vigor: 2  ++ (E)
avatar
Pacificador

Pontos de Medalhas : 0
Mensagens : 57
Idade : 23
Localização : .-.

Ficha Secundária
Título: Nenhum
Lvl: 1
Raça: Homúnculo

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Rancho Eldest

Mensagem por ADM GabZ em Sab Nov 21, 2015 2:16 pm

Os soldados se entreolharam, pelo jeito confusos com as perguntas do rapaz.

— Nasceu ontem, garoto? — Perguntou o primeiro soldado, claramente não sabendo o que era um homúnculo. — Se quer emprego, terá de falar com o ex-general Firehawlk. Siga-nos.

Não se deram ao trabalho de responder as inúmeras dúvidas do garoto. Caminharam direto para um galpão médio feito de madeira escura. Lá dentro haviam várias ferramentas penduradas na parede, celas, materiais e mais algumas tranqueiras. Ao fundo havia uma porta no qual um dos soldados entrou, falou com alguém e saiu.

— Entre. — Falou a Baltier.

Uma vez dentro da sala, Baltier ficou um pouco apreensivo. Afinal era a primeira vez que lidava com pessoas além de seus criadores. Se deu conta disso agora. Olhou em volta: era uma sala simples, nas paredes haviam alguns quadros e, o que o assustou, a cabeça de um alce empalhada, seus chifres magníficos ocupando um grande espaço. Ela estava bem acima de uma escrivaninha larga e, por fim, Balter notou que ali havia um homem sentado o encarando. Ele tinha cabelos curtos e ruivos, aparentemente uns 30 anos de idade, barba curta e um olhar incrivelmente firme. Seu rosto tinha algumas marcas de queimadura, mas o que deixou o homúnculo surpreso foi que lhe faltava o braço direito.

— Se quer trabalhar aqui, rapaz, tem que me dizer o que pode fazer. — Falou sério, dizendo algo um tanto óbvio mas que, para Baltier, não era. — Tem experiência com cavalos? Sabe lutar?

_________________
avatar
ADM GabZ

Pontos de Medalhas : 999
Mensagens : 1002
Localização : Extrema - MG

Ficha Secundária
Título:
Lvl: 1
Raça: Humano

Ver perfil do usuário http://www.flickr.com/photos/gabzero

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Rancho Eldest

Mensagem por Pacificador em Dom Nov 22, 2015 2:03 am

Fiquei calado assim que os soldados me responderam, talvez fosse a magoa se desenvolvendo ou a sensação de fracasso de minha abordagem; como sempre eu simplesmente não compreendia. "Sera que foi errada minha abordagem?" Uma coisa era certa, tinha que aprender muita coisa. Compreendia que já estava começando errado e não tinha como voltar atras.

Segui os guardas, renovado e preparado, pelo menos fisicamente ja que diversas questões se formavam em minha mente e nada de respostas. No entanto, mesmo no meio de tantas coisas para matutar, fiquei impressionado com a coleções de instrumentos que se encontravam ali, não sabia se eram para estudos ou  para criar algum animal, mas continuei andando. O soldado entrou por breves segundos e voltou logo em seguida, fiquei um pouco curioso do por que disso tudo, mas continuei em frente e entrei na porta, assim como solicitado. Me sentia um pouco estranho, mudava constantemente o peso do corpo de um pé para outro, talvez era toda aquelas informações de um novo mundo para mim.- O que aconteceu com seu braço??- Perguntei surpreendido, era a primeira vez que eu encontrava com um deficiente físico.

Demorei algum tempo para assimilar qual era meu objetivo. "Cavalos? Talvez seja um daqueles animais..." - Não tenho experiencia com cavalos... eu nunca os vi antes.- Disse um pouco melancólico, eu mesmo pude perceber que o impeto de mudar estava me abandonando. - Sei me manter vivo... Fui criado para isso...- Dei de ombro. Eu sabia que não era um combatente, na verdade não sabia o que eu poderia ser, ao interrogar um dos guardiões eles disseram que eu poderia ser o que eu quisesse-se, claro isso me deixou muito confuso, um homúnculo criado sem um objetivo era uma receita certa para o fracasso, todavia estava ali.

_________________
Balltier El Raizel

MO$:0

Força: 0 (F)
Energia: 4 (D)
Agilidade: 4 (D)
Destreza: 4 (D)
Vigor: 2  ++ (E)
avatar
Pacificador

Pontos de Medalhas : 0
Mensagens : 57
Idade : 23
Localização : .-.

Ficha Secundária
Título: Nenhum
Lvl: 1
Raça: Homúnculo

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Rancho Eldest

Mensagem por ADM GabZ em Qui Nov 26, 2015 1:43 pm

Talvez Baltier estivesse esperando uma resposta grosseira ou uma reação negativa em relação à pergunta do braço. Talvez não. Talvez simplesmente ainda não tenha noção do que pode ou não ofender as pessoas, algo que ainda iria aprender de forma amarga. Ao invés disso, Firehawk apenas deu de ombros.

— Perdi na guerra. — Ele então se levantou, encarando Baltier. — Escute, rapaz. Não posso te ajudar com um trabalho se você não tem nada a me oferecer. Eu preciso de vigias, mas para isso eles têm que cavalgar durante a noite pois o rancho é grande. Se não sabe sequer andar a cavalo, acho melhor aprender antes de voltar aqui.

Uma negativa. Era exatamente isso que Baltier encontrou agora. Na teoria a vida era fácil, mas aprendia na prática que nem sempre era assim. Ao menos ele não foi chutado ou empurrado, nada violento, apenas lhe foi negado uma oportunidade. Como lidar com isso era um mistério. Deveria insistir? Oferecer outra coisa? Ou simplesmente procurar outro lugar para trabalhar?

_________________
avatar
ADM GabZ

Pontos de Medalhas : 999
Mensagens : 1002
Localização : Extrema - MG

Ficha Secundária
Título:
Lvl: 1
Raça: Humano

Ver perfil do usuário http://www.flickr.com/photos/gabzero

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Rancho Eldest

Mensagem por Pacificador em Sab Nov 28, 2015 9:57 pm

Eu havia compreendido o que tinha acontecido, mas no fundo não sentia nada. Estava conformado com o rumo dos acontecimentos? Eu realmente não sei. Assenti entendendo que o eu atual não tinha nenhuma habilidade útil para trabalhar, o que de certa forma me deixo uma sensação de desconforto. - ... - Olhei mais alguns segundos para o rosto do homem a minha frente, de certa forma eu tinha que arranjar um lugar para aprender o que faltava. - Então devo aprender a andar a cavalo.- Simplesmente respondi. Era simples e fácil, a grande questão era aonde eu poderia aprender. Assim comecei a pensar em meu proximo passo, quais eram os locais que deveria ir...

- Eu apenas não sei o que posso fazer... Mas não quer dizer que eu não posso faze-lo- Concluiu em algo que era obvio mas ao fundo confuso. Executei um comprimento de despedida me curvando, isso era simples e me foi ensinado. Iria aprender a cavalgar em outro lugar, se bem que não tinha certeza. Para onde iria? Bem, era apenas o começo da minha jovem existência e de certa forma a pouca conversar que eu tive já havia me ensinado, como uma pequena parte do mundo funcionava.


_________________
Balltier El Raizel

MO$:0

Força: 0 (F)
Energia: 4 (D)
Agilidade: 4 (D)
Destreza: 4 (D)
Vigor: 2  ++ (E)
avatar
Pacificador

Pontos de Medalhas : 0
Mensagens : 57
Idade : 23
Localização : .-.

Ficha Secundária
Título: Nenhum
Lvl: 1
Raça: Homúnculo

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Rancho Eldest

Mensagem por ADM GabZ em Ter Fev 02, 2016 1:45 pm

[Peço desculpas pelo atraso, mas não encontrei outro narrador para você. Continuarei com a aventura. Pelo atraso você recebeu 300 pontos de experiência]

Era de se esperar que Baltier estivesse chateado. Era um sentimento novo na verdade, o que ajudaria no seu desenvolvimento. Imaginou que viver era uma mistura de sentimentos e era isso que experimentaria dali em diante. Era difícil ser um homúnculo. Sua aparência era madura, porém sua experiência de vida era nula. Mas tinha que começar por algum lugar.

— Ei, garoto! — Ouviu uma voz rouca assim que saiu da casa. Olhou para o lado e viu um anão. Ele era careca, mas tinha uma barba ruiva farta amarrada na ponta. Usava uma armadura leve e em suas costas havia um machado de lâmina negra, pelo tamanho era de duas mãos. — Estou precisando de mão de obra para uma caravana. Ouvi que você não sabe andar a cavalo, mas vai aprender. Se vier comigo te pagaremos trinta lodians por dia, mais cem depois de cada entrega. Tudo que vai ter de fazer é carregar caixas, ficar de vigia à noite e carregar mais caixas.

O anão indicou, a uns 200 metros, uma caravana um tanto incomum. Eram três carroças fechadas puxada por cavalos bastante robustos, mas o que mais chamou a atenção era os anões: também com armaduras leves, haviam cinco deles, todos montados em enormes javalis armadurados.

Spoiler:

Os únicos humanos que tinham era os que estavam nas carroças, um em cada uma a dirigindo. Não pareciam do tipo lutador. Eram homens barbados, mas Baltier sentiu que eles sabiam se defender sozinhos.

— Sou Baelgun Barbafogo, mas pode me chamar de Bael. — Falou o anão. Ele tinha um olhar firme e agora encarava Baltier. — Temos um acordo ou precisarei procurar outra pessoa?

_________________
avatar
ADM GabZ

Pontos de Medalhas : 999
Mensagens : 1002
Localização : Extrema - MG

Ficha Secundária
Título:
Lvl: 1
Raça: Humano

Ver perfil do usuário http://www.flickr.com/photos/gabzero

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Rancho Eldest

Mensagem por Pacificador em Qua Fev 03, 2016 9:40 am

Balltier de fato estava estranho, não compreendia, que sentia um sentimento gerado ao ser  contrariado, assim deu de ombros logo em seguida, estava apenas começando a viver por si mesmo. Continuou seguindo para fora da casa até ser abordado por um homem de barba ruiva. " Um anão!" Sorriu ao lembrar daquela raça, era a primeira vez vendo uma raça diferente dod humanos. Observou curioso a grande barba do anão e se perguntou. " Não pode cortar a barba?" Não era um problema para ele, apenas uma pergunta que veio em sua cabeça. Olhou cuidadosamente para o anão, parecia alguém muito forte e o machado em suas costas era definitivamente uma arma assustadora.


Ele olhou para o local indicado pelo anão, realmente era uma caravana, mas o que mais chamou sua atenção eram as criaturas que outros anões estavam montando. " Se eu aprender a montar nesses menores, aprender a montar a cavalo vai ficar mais fácil?" Seus olhos estavam brilhando em um misto de ingenuidade e animação, era uma oportunidade muito atraente.

Ele pensou na proposta do anão, parecia ser algo bom, claro desconhecia o valor de cada lodians, mas parecia ser uma oferta boa.  Era uma daquelas propostas estranha que os guardiões advertiram e sempre falava para tomar cuidado, claro tinha a opção de negar, no entanto dependia de um meio de aprender sobre as coisas, e estar com aquele grupo não parecia ser uma alternativa ruim, mas que iria ensinar muitas coisas. Olhou para o anão sorrindo, estava claro que era uma proposta boa para ele. - Claro, temos um acordo. Ergueu a mão para apertar a mão do anão. Um pouco hesitante, não sabia se era assim que funcionava - Eu sou Balltier El Raizel. Pode me chamar de Ball!- Esperou alguns segundos segurando a vontade de perguntar, então finalmente disse. - Posso tocar nos bichos, posso? Qual o nome dos outros? Posso mesmo aprender a andar a cavalo? Estava ouvindo nossa conversa? Por que tem o nome de barbafogo? Claro, ela é vermelha, mas...- Seguiu perguntando diversas vezes sobre diferentes assuntos, sua curiosidade sobre tudo era chata, mas já era de se esperar. - Olá eu sou Balltier.- Disse animado, ao se apresentar não parecia estar com medo do porco ou dos outros anões, provavelmente já tinha esquecido da estranha sensação que se formava logo após o encontro com Firehawlk. Parou com as perguntas, aquilo devia ser um trabalho, mas de fato achava tudo divertido, pelo menos por enquanto. - Para onde vamos? Quais caixas querem que eu carrego?- Parou para respirar. Finalmente parecia estar um pouco cansado de tantas perguntas então ficou quieto, ouvindo qualquer conselho ou advertência. Em seguida voltou sua atenção aos javalis, tentou acariar a cabeça de um, mesmo com o protetor de metal, ele iria tentar tal gesto.

Ball, desta vez iria ficar quetinho ouvindo os demais integrantes, estava atento a cada palavra tomando cuidado para não fica desempregado no primeiro dia. O garoto iria tentar entender qual era o carregamento, mesmo sendo um grupo ruim, ele não iria recusar a trabalhar, estava claro que não necessitava daquilo, mas sim a experiencia em tal trabalho, era o importante. Por fim deixou a pergunta mais importante para o final. - Para que serve as caravanas?-

_________________
Balltier El Raizel

MO$:0

Força: 0 (F)
Energia: 4 (D)
Agilidade: 4 (D)
Destreza: 4 (D)
Vigor: 2  ++ (E)
avatar
Pacificador

Pontos de Medalhas : 0
Mensagens : 57
Idade : 23
Localização : .-.

Ficha Secundária
Título: Nenhum
Lvl: 1
Raça: Homúnculo

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Rancho Eldest

Mensagem por Near em Qua Fev 03, 2016 12:08 pm

Havia a pouco começado minha jornada, vagava inconsciente do caminho que seguia, afinal não tinha nenhum rumo em mente. Faltavam-me muitas coisas, e uma delas era lodians, estava vagando apenas com a roupa do corpo e minha espada, não havia muito que poderia conseguir apenas com isso, sei que minha espada poderia render-me alguns trocados, mas isso estava fora de cogitação, e era complicado arrumar trabalho nas capitais, pelo menos algum que pagasse algo justo, quando não se tem reputação as coisas ficam realmente difíceis.

As dificuldades que estava enfrentado pareciam apenas se acumularem, tornando-se cada vez mais problemáticas, mas os deuses não menosprezam seus crentes, creio que esteja aqui por este motivo. Esta caravana não era nada luxuosa, além de levar-me a ter leves suspeitas, mas nada tão serio a ponto de fazer-me recusar este trabalho.

Estava em uma das carroças, apenas esperando chegarmos no local destinado, foi quando paramos novamente, os anões pareciam estar recrutando bastante pessoas para este serviço, desta vez era um garoto, não sei direito o que poderiam estar querendo conosco, mas ofereceram um preço que, pelo menos eu, considerei justo, não me fazendo ter porque recusar tal oferta, na verdade a mesma apareceu no melhor momento possível para mim.

OFF:
Como dito na MP, só postei aqui como se já estivesse na caravana, espero que este post tenha sido satisfatório. ^^

_________________

Near - L$: 0

| Força: D | Energia: F | Agilidade: D | Destreza: D | Vigor: E |
avatar
Near

Pontos de Medalhas : 0
Mensagens : 10

Ficha Secundária
Título: Nenhum
Lvl: 1
Raça: Humano

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Rancho Eldest

Mensagem por ADM GabZ em Qua Fev 10, 2016 2:15 pm

O anão apertou firmemente a mão de Baltier, mais forte do que o homúnculo esperava. Para seu tamanho, Baelgun era realmente forte. Mas não demorou para que o jovem enchesse o novo patrão de perguntas, uma atrás da outra.

— Pelas barbas de Thorin! Você fala demais! — Reclamou o anão. — Entre na carroça, estamos indo a Paramet e lá você vai descobrir o que tem que fazer.

Assim os dois caminharam em direção à caravana. O anão conversou com os demais, indicando o novo integrante da caravana. Eles o cumprimentaram com um aceno da cabeça. Ao se aproximar daqueles enormes javalis, Baltier ficou surpreso. Eram bem maiores de perto e mais assustadores também. Verdadeiras montarias de guerra, imaginou. Para onde estaria indo aquela caravana depois de Paramet?

— Você! Near, certo? — O anão chamou um segundo rapaz que estava em uma das carroças. — Você vai ser responsável por este garoto aqui. O trabalho de vocês é o mesmo, mas acho que pelo menos você tem parafusos no lugar. Quando chegarmos, vamos comprar cavalos para vocês.

E de repente os novatos perceberam que eram os mais jovens dali. Mão de obra barata, talvez. Mas ainda assim, parecia promissor. Ambos almejavam uma aventura, apenas deveriam ter a sorte de que esta não fosse a última. Em pouco tempo, embarcaram em uma das carroças e a caravana seguiu seu caminho pela estrada.

[Vocês aceitaram a proposta e agora enfrentarão uma viagem longa. Durante este turno poderão conversar entre si, fiquem livres em postar quantas vezes quiserem para uma conversa mais interessante. Considerem que vocês passaram o dia na carroça sem nenhuma pausa. No final do turno estará anoitecendo.]

_________________
avatar
ADM GabZ

Pontos de Medalhas : 999
Mensagens : 1002
Localização : Extrema - MG

Ficha Secundária
Título:
Lvl: 1
Raça: Humano

Ver perfil do usuário http://www.flickr.com/photos/gabzero

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Rancho Eldest

Mensagem por Pacificador em Sab Fev 13, 2016 5:58 pm

Balltier sentiu o aperto do anão, tinha uma breve noção de como era a raça, mas so agora acreditava realmente. Ball assentiu e seguiu para a carroça, queria conversar com o anão saber mais sobre sua raça e suas historia, mas por enquanto ele iria se comportar. O homúnculo sorriu para os javalis, eram assustadores, mas a curiosidade em montar em tal criaturas mascarava qualquer sentimento de medo que ele podia entender.

Ball olhou para Near trocando o peso do corpo de um pé para o outro, meio sem jeito para ele não era fácil compreender aquela expressão usada. " Parafuso a menos, parece ser algo ruim." Imaginou, levantou a mão para o garoto chamado Near. - Olá Eu sou Balltier El Raizel, se preferir me chame de Ball. Quem é você? - Seguiu para dentro da carroça, não era uma boa ficar para trás. Sentou e esperou o garoto responder, estava se preparando para perguntar. - Me diga, o que é  Parafuso a menos? O que é uma Caravana? Já foi em Paramet? Eu tenho que aprender a andar a cavalo, talvez assim fique mais fácil de trabalhar... - Ball observou Near e perguntou. - Se você se torna responsável por mim vai ser torna um guardião... Eu talvez tenha que perguntar aos outros, mas agora não dá para voltar, então vai fica por isso mesmo. - Ficou calado por muitos minutos ponderando neste possibilidade

Encarou para fora encarando a estrada sorrindo, mas na verdade era apenas uma reação espontânea não alegre por assim dizer. estava começando a balançar os pês em ritmo constante, sinal claro de entusiasmo, mesmo ele não percebendo que se tratava disso ignorou. - Se quiser perguntar alguma coisa para mim, eu não me importo...- Parou e encarou o garoto. - Ah, eu sou um Homúnculo.- Encarou o jovem com uma súbita e rápida mudança de temperamento, estava estudando sua reação á aquele noticia.

_________________
Balltier El Raizel

MO$:0

Força: 0 (F)
Energia: 4 (D)
Agilidade: 4 (D)
Destreza: 4 (D)
Vigor: 2  ++ (E)
avatar
Pacificador

Pontos de Medalhas : 0
Mensagens : 57
Idade : 23
Localização : .-.

Ficha Secundária
Título: Nenhum
Lvl: 1
Raça: Homúnculo

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Rancho Eldest

Mensagem por Near em Sab Fev 13, 2016 9:05 pm

Após a parada Bael se dirigiu para a carroça em que me encontrava guiando o garoto, ao chegar se aproximou e me chamou, pediu para que tomasse conta do garoto, creio que o anão não gostava muito de conversar, visto que vi o menino discernindo varias palavras, as quais não pude ouvir, mas que pelo visto deixaram o anão um tanto quanto estressado.

O anão se retirou deixando o garoto ali, não sei bem o que deveria fazer, creio que só devesse manter a mim e ao garoto fora de problemas, e era justamente isso que planejava fazer. O garoto antes mesmo de entrar estendeu a mão e se apresentou para mim, após terminar suas palavras apertei sua mão dizendo:

— Prazer, assim como o anão já disse, me chamo Near!

Ao entrar na carroça Ball se dirigiu a mim com variar perguntas, acredito que seja por isso que o anão havia ficado estressado, mas não me importava com isso, ao fim das palavras de Ball soltei uma leve risada, aquele garoto me parecia ser bem divertido. Ball parecia esperar alguma resposta, sem mais delonga o respondi:

— Uou, você realmente é bastante curioso, mas vamos lá. Essa expressão é uma maneira mais sutil e delicada de dizer que a pessoa é um pouco diferente, geralmente algo como louco, mas acho que ele disse isso pelo fato de você ser uma pessoa curiosa, creio que suas perguntas tenham o incomodado um pouco.

— Enquanto a caravana, é relativamente simples, é exatamente isso que você está vendo, um conjunto de pessoas que percorrem uma longa distância, por isso das carroças, já o objetivo pode ser variado, dependendo muito das pessoas, podendo ser mercantil, segurança, ou no nosso caso algum tipo de trabalho.

— Quanto a questão do guardião também não tenho certeza, creio que só deva manter a mim e você longe de encrencas.

Soltei um leve suspiro, creio que nunca havia respondido tantas perguntas de uma só vez. Logo após as suas perguntas serem respondidas Ball olhou para a estrada sorrindo e balançando as pernas, creio que estava assim como eu bem entusiasmado com tudo aquilo que estava acontecendo. Após algum tempo Ball olhou novamente em minha direção, mas com um diferença visível, ele estava mais sério e aparentemente calmo, e sem nenhuma angústia ele havia anunciado que era um homúnculo, com um rosto surpreso disse:

— Nossa! Se você não me dissesse não iria perceber, você é praticamente uma pessoa comum, claro que só um pouco mais curioso.

Era realmente algo que nunca imaginaria encontrar, claro já havia escutado história sobre essas "pessoas", mas nunca havia pensado que iria conhecer algum, muito menos que um iria se apresentar a mim de tal maneira, logo após de desferir aquelas palavras abri um leve sorriso enquanto dizia:

— Você é realmente muito interessante, espero que posamos ser bons companheiros, não tem muitas pessoas aqui com que me daria bem, a maioria é fechada e calada, além de sermos os mais jovens aqui.

Aquele jovem me parecia ser bem diferente, mas era algo que realmente me deixava intrigado, esperava realmente com que ele reagisse com positividade a minha fala, logo após apoiei minhas costas nas extremidades da carroça e fechei meus olhos, o anão havia falado que ficaríamos de guarda anoite e por isso iria descansar para que pudesse me manter atento durante a vigia.

_________________

Near - L$: 0

| Força: D | Energia: F | Agilidade: D | Destreza: D | Vigor: E |
avatar
Near

Pontos de Medalhas : 0
Mensagens : 10

Ficha Secundária
Título: Nenhum
Lvl: 1
Raça: Humano

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Rancho Eldest

Mensagem por Pacificador em Dom Fev 14, 2016 3:45 pm

Ball escutou atentamente a explicação de Near e suas respostas pareciam ser perfeitamente o que ele procurava, assentiu diversas vezes demonstrando que para ele não era dificil compreender. Assim resolvido a questão do que ele era se sentiu ainda mais confortável em começar a conversar. - ... - Se segurou ao perceber o jovem fechando os olhos, abraçou seus joelhos e apoio a cabeça no mesmo, observando o garoto com sua curiosidade habitual, era um humano e jovem constatou o obvio. Respirou devagar, era estranho para ele perceber uma sensação vazia e desconfortante como se não tivesse mais perguntas, mas ainda sim queria conversar, fechou os olhos seguindo o exemplo do jovem, não tinha um motivo para faze-lo mas por enquanto era melhor ficar quieto.

Apenas pode constatar que havia adormecido, não sabia quantas horas ou minutos se passaram, mas a carroça ainda se mantinha em movimento, abriu os olhos e voltou sua atenção para Near e aguardou alguns segundos. . - Ah! Todas as viagens são assim? - Dependendo da resposta podia ser usada para referencia futura para o Homúnculo.

_________________
Balltier El Raizel

MO$:0

Força: 0 (F)
Energia: 4 (D)
Agilidade: 4 (D)
Destreza: 4 (D)
Vigor: 2  ++ (E)
avatar
Pacificador

Pontos de Medalhas : 0
Mensagens : 57
Idade : 23
Localização : .-.

Ficha Secundária
Título: Nenhum
Lvl: 1
Raça: Homúnculo

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Rancho Eldest

Mensagem por Near em Dom Fev 14, 2016 9:20 pm

Após fechar meus olhos parecia que a inquietante necessidade de questionamento de Ball havia se acalmado, creio que o mesmo tenha feito assim como eu e descansado, não sei ao certo se ele precisaria daquilo, mas mesmo assim ele o fez. Ao passar de algum tempo, creio que algumas horas, Ball acordou, não muito após eu despertar. O garoto me encarou por algum tempo, e soltou outra pergunta, na qual não tinha muita certeza sobre como responde-lo, mas atentei-me ao dizer:

— Não sei ao certo. Sempre vivi na minha tribo, esta é a primeira vez que saio dela, mas pelo pouco que sei posso lhe dizer que estamos nos movendo com um grupo relativamente grande, isso certamente faz com que a viagem seja mais longa.

Dizia aquelas palavras enquanto olhava para o garoto, mas naquele momento ele não era o único a ter dúvidas, após o seu anúncio apareceu vários questionamentos em minha mente, e como iríamos passar algum tempo junto, no qual não sabíamos ao certo quanto seria, creio que seria melhor nos conhecermos melhor, foi com esse pensamento que eu disse:

— Pelo visto ainda temos algumas horas antes do pôr do sol, por que nós não usamos esse tempo para nos conhecermos melhor, vamos ter que passar algum tempo juntos, então porque esse tempo não pode se tornar algo bom? Isso se você não se importar!

_________________

Near - L$: 0

| Força: D | Energia: F | Agilidade: D | Destreza: D | Vigor: E |
avatar
Near

Pontos de Medalhas : 0
Mensagens : 10

Ficha Secundária
Título: Nenhum
Lvl: 1
Raça: Humano

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Rancho Eldest

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 2 de 3 Anterior  1, 2, 3  Seguinte

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum