Fórum Inativo!

Atualmente Lodoss se encontra inativo. Saiba mais clicando aqui.










Vagas Ocupadas / Vagas Totais
-- / 25

Fórum Inativo!

Saiba Mais
Quadro de Avisos

>Dizem as más línguas que o anão Rookar, que fica no Porto Rangestaca, está procurando por mercenários corajosos - ou loucos - que estejam afim de sujar as mãos com trabalhos "irregulares". Paga-se bem.

> Há rumores sobre movimentações estranhas próximas aos Rochedos Tempestuosos. Alguns dizem que lá fica a Gruta dos Ladrões, lar de uma ordem secreta. Palavra de goblin!

> Se quer dinheiro rápido, precisa ser rápido também! O Corcel Expresso está contratando aventureiros corajosos para fazer entregas perigosas. Por conta da demanda, os pagamentos aumentaram!

> Honra e glória! Abre-se a nova temporada da Arena de Calm! Guerreiros e bravos de toda a ilha reúnem-se para este evento acirrado. Façam suas apostas ou tente sua sorte em um dos eventos mais intensos de toda ilha!




Quer continuar ouvindo as trilhas enquanto navega pelo fórum? Clique no botão acima!

[Classica] O misterio na mansão Celebros.

Página 2 de 2 Anterior  1, 2

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

[Classica] O misterio na mansão Celebros.

Mensagem por NT Neon Lily em Qua Abr 27, 2016 6:59 pm

Relembrando a primeira mensagem :

Balltier El Raziel
PV 100/100
PM 100/100
Atributos:
Força: F
Energia: D
Agilidade: D
Destreza: D
Vigor: E
Itens:
Nenhum.
Anotações: Nenhuma.
Exp rendida: 50


Ezer Macola
PV 100/100
PM 100/100
Força: E
Energia: F
Agilidade: C
Destreza: E
Vigor: E
Itens:
(1) Dirk de Nível 1;
(1) Armadura de couro de Nível 1 (Protetor para o tórax e protetores para o antebraço);
(1) Cantil de água;
(1) Bolsa de viagem simples
Anotações: Uma
Exp rendida: 50


Silmeria Lockwood
PV 100/100
PM 100/100
Força: E
Energia: D
Agilidade: B
Destreza: B
Vigor: D
Itens:
Arco comum e aljava de flechas
- Adaga comum adquirida no teste do exército, após uma luta com um jogador.
- Manto negro comum.
- 4 Elixires (Cura independente do ferimento que tiver. Se estiver a beira da morte com um ferimento no coração, ele te cura; se estiver sem uma perna e hemorragia, também cura e ainda faz crescer outra no lugar)
Anotações: Nenhuma.
Exp rendida: 50


Torak
PV 100/100
PM 100/100
Força: B
Energia: E
Agilidade: D
Destreza: D
Vigor: C
Itens:
Nenhum.
Anotações: Uma
Exp rendida: 50







NPCs da campanha:

Brandir Celebros: Conde das terras a oeste de Hilydrus, futuro marido de Annael.
Annael: Futura esposa de Brandir.
Hector: Homem de confiança de Brandir.


Última edição por NT Neon Lily em Qui Jun 09, 2016 4:00 pm, editado 3 vez(es)
avatar
NT Neon Lily

Pontos de Medalhas : 0
Mensagens : 10

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo


Re: [Classica] O misterio na mansão Celebros.

Mensagem por NT Neon Lily em Qui Jun 23, 2016 11:55 am

-------------------------------------------------- Torak, Ezer, Balltier --------------------------------------------------

Àquela altura as perguntas e ações de Balltier já estavam quase sendo ignoradas por Hector. Este que parecia não ser um anfitrião tão paciente quanto o seu senhor, ele apenas observava todos na sala. Quando Balltier falou sobre a fuga do assassino, Hector o olhou com um misto de surpresa e indignação no olhar, como se não acreditasse que o rapaz fosse capaz de fazer alguma pergunta realmente útil para a resolução do mistério.

- Parece que ele entrou pela porta e saiu por ela também, acho que sua amiga poderá te dar mais detalhes depois que voltar.

Hector pareceu responder um pouco de má vontade à pergunta do homúnculo, e mesmo não tendo escutado seus resmungos, dava para notar que agora o dono de sua atenção era Balltier e não mais o lycan. Ele se voltou então para Ezer, sua feição não mudou muito, apesar de ele ter respondido de forma bem mais educada que com o homúnculo.

- Sim, havia somente nós 5 vigiando. Até o dia do assassinato, não tínhamos recebido nenhuma ameaça, isso nos pegou completamente de surpresa, tanto que senhor Brandir tratou de chamar mais gente para cuidar da casa logo depois desse dia, e foi então que as ameaças começaram a acontecer.

Aparentemente o assassino estivera a espreita, aguardando o momento exato para executar seu intento, mas não tendo sucesso, ele agora jogava ameaças contra a família para tentar intimida-los. Mas a cada nova informação, tudo parecia ficar ainda mais confuso. As duvidas eram tantas acerca do que ocorria ali, que eles poderiam passar o dia todo ali falando sobre elas e mesmo assim não concluiriam nada. O jeito era agir, e Ezer já estava querendo isso.

- Os levarei até eles assim que sua amiga voltar. E senhor Torak, não se preocupe, apenas ficamos assustados e surpresos com sua transformação, mas se diz que tem isso sobre controle, irei confiar em você. Toda ajuda é bem vinda neste momento.


-------------------------------------------------- Silmeria --------------------------------------------------

Brandir apenas assentiu com a cabeça e deu um passo atrás para deixar que Silmeria ficasse a vontade para falar. A arqueira então deixou seu arco de lado, possivelmente para não parecer tão ameaçadora aos olhos da jovem, e se aproximou de forma bem mansa tentando ser o máximo gentil com ela, mesmo que em sua cabeça pensasse de forma completamente diferente de como agia. A jovem ainda a fitava com seu olhar meio sofrido, não pareceu mudar sua expressão ao ver a mestiça se aproximando. Ela esperou que Silmeria terminasse de falar, para confirmar com um aceno de cabeça suas ultimas palavras.

- Eu estava dormindo, a vela sobre a cabeceira já estava apagada e já era bem tarde. Estava muito escuro e não dava para ver quase nada. Eu acordei com o som de minha irmã gemendo e chamando meu nome, ela tentou gritar para mim, mas sua voz saiu fraca. Ainda assim eu acordei e quando vi aquela sobra no quarto eu me apavorei, eu não consegui ver nada além de seu queixo, o restante estava escondido sob um capuz e pela escuridão.

E à medida que a jovem ia falando, seu olhar parecia se perder um pouco no cenário, olhando para os cobertores, seus olhos já ficavam marejados e Silmeria podia sentir que em breve ela cairia em pranto, mas ainda assim ela continuou.

- Ele... Ele vinha devagar na minha direção e eu me levantei da cama para tentar correr e comecei a gritar. Ele pulou sobre a cama pra tentar me pegar, mas ele não era muito alto então eu escapei. Eu tentei chegar até a porta, mas ele... Ele me pegou pelos cabelos, não era muito forte, mas era mais forte que eu e ele me puxou de volta pra cama... e... e... Eu gritei mais, e então...

E nesse momento ela levou a mão até a barriga, aparentemente o local onde havia sido atingida pelo golpe, e nesse momento foi que ela perdeu o controle e desatou a chorar. Silmeria então se afastou um pouco, ao mesmo tempo que Brandir chegou para acolhe-la.

- Calma, minha querida. Não chore, nós iremos encontrar este infeliz, e faremos ele pagar por tudo que fez a você e às nossas famílias, eu lhe prometo que não deixarei que nada de mal te aconteça.

Ele acariciava seu rosto com ternura enquanto a garota respirava fundo e tentava se recompor.

- D-Desculpe. E-Eu não consegui ver como ele era. Eu só. Eu só sei que ele parecia ser um pouco mais alto que eu, seu rosto parecia ser limpo, o seu queixo não tinha nenhuma marca ou pelo. E ele não disse nada, ficou calado o tempo todo.

A descrição do assassino era bem escassa, mas aparentemente não tinha como tirar mais da jovem, não só pelo fato de estar bem abalada, como também pelo fato de esta já ter dito tudo que se lembrava. Brandir fitou Silmeria e a questionou se ainda havia algo mais que precisava perguntar à jovem, e quando eles terminassem ali, Brandir apenas beijaria sua noiva de forma terna e a deixaria descansar.

Observações::
Sem problemas, Ezer. Também estou na mesma situação, por isso estou postando sempre no ultimo dia também, mas assim que acabar, se estiverem todos livres, podemos até dar uma agilizada na campanha caso queiram. ^^
avatar
NT Neon Lily

Pontos de Medalhas : 0
Mensagens : 10

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Classica] O misterio na mansão Celebros.

Mensagem por Phyress em Dom Jul 03, 2016 5:42 pm

Então o assassino havia ido antes para cima da irmã da jovem. Se perguntava porque, ele havia tomado um risco ao fazer isso... O melhor seria ter atacado primeiramente seu alvo já que ela estava vulnerável. Apesar de quase se entregar ao choro, a garota se esforçou para tentar contar tudo o que havia visto e em resposta a isso, Silmeria passou a mão no ombro da jovem para confortar e encorajá-la.

Então quem a atacou não era alto e sua força física não era impressionante. Bem, a garota parecia muito frágil e provavelmente não era tão diferente a um mês atrás, então se ela mesma disse que a pessoa não era forte... Será que era uma mulher? Explicaria a falta de força e a altura, além do “queixo limpo”.

Quando Brandir se aproximou, Silmeria se levantou e permitiu que ele confortasse a futura esposa sem impedimentos. Se surpreendeu um pouco com a ternura que ele demonstrava pela jovem, ele pareceu ter realmente carinho por ela e isso era algo que Silmeria não esperava tanto.

- Está tudo bem. Você já ajudou bastante, obrigada Annael. – deu um sorriso leve para a jovem. O que queria dela era mais os acontecimentos daquela noite, ainda restavam algumas dúvidas, mas eram informações que acreditava que pudesse conseguir de Brandir ou dos empregados, por isso deixou de lado – Eu vou encontra-lo, descanse tranquila. – e recolheu seu arco enquanto aguardava Brandir se despedir da esposa.

Ela esperou ele próxima da porta e assim que ele começou a fazer o caminho para ir até a saída, Silmeria abriu a porta e se retirou antes e o aguardou do lado de fora.

- Senhor, eu prefiro perguntar isso a você, já que Annael ainda está muito abalada e eu acho que falar sobre isso a machucaria mais... Como era a irmã dela? Ela era gentil e frágil como sua mulher parece ser ou ela era... Mais difícil de lidar?

_________________
~Silmeria Lockwood~

Atributos:
Forca: 2 [Rank E]
Energia: 4 [Rank D]
Agilidade: 12 [Rank B]
Destreza: 12 [Rank B]
Vigor: 4 [Rank D]
MO:1000
avatar
Phyress

Mensagens : 208

Ficha Secundária
Título:
Lvl: 11
Raça: Meio-Elfo

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Classica] O misterio na mansão Celebros.

Mensagem por Torak em Dom Jul 03, 2016 5:56 pm

Torak estava começando a ficar inquieto. Não fazer nada por muito tempo causava isso a ele, principalmente quando estava em um local fechado como aquela sala. Isso o deixava ansioso e podia apostar que os outros dois também se sentiam dessa forma.

— Silmeria pode demorar, vamos falar com os vigias logo. E vai ser mais fácil dividir o grupo. — Olhou para o garoto de cabelos pretos. — Ezer, certo? Você parece bem atento, nós dois vamos com Hector falar com os homens. E Balltier, você e Silmeria podem olhar as saídas, ver se tem algo estranho. Mas antes...

O lycan fechou os olhos por um momento e levou o punho fechado ao peito, citando baixo algumas palavras. Em alguns instantes um lobo espectral se materializou à sua frente. Era ligeiramente difícil de vê-lo, parecia um fantasma e tinha uma cor azulada. Se movia como um animal real e andou até Balltier.

— Ele é uma parte de mim, vai te ajudar. — Explicou e então olhou para Hector. — Sei que isso vai separar o grupo por um tempo, mas acho que vai ser útil. Podemos ir?

[Usei minha HE Cerberus. Ela ainda não foi avaliada mas por ser a nível 1 e de uso interpretativo não vejo problemas em usá-la]

Spoiler:

Nível 1

Efeitos: Torak materializa apenas sua Alma Clã, que tomará a forma de um lobo espectral, tendo sua coloração azulada. É usada principalmente para reconhecimento, espionagem ou coleta de informações, mas também é útil em combate. Por ser semi-material, o lobo praticamente não emite sons ao se mover caso isso dependa apenas dele. Também pode ser difícil de vê-lo em alguns ambientes.


Custos: 10% de EN para ativar. Em batalha, custa 10% de EN por turno.

_________________

Torak

Habilidades Especiais
MO: 2225

Força: B
Energia: F
Agilidade: D
Destreza: D
Vigor: C
avatar
Torak

Pontos de Medalhas : 0
Mensagens : 124

Ficha Secundária
Título:
Lvl: 9
Raça: Lobisomem Impuro

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Classica] O misterio na mansão Celebros.

Mensagem por Ezer em Sex Jul 08, 2016 8:34 pm

Diante da resposta de Hector, Ezer fez um gesto de concordância com a cabeça. Preferia que fossem logo tirar aquilo a limpo, era inquietante aquela espera.

Quando Torak, que também parecia estar tão ansioso como o próprio garoto, propôs que fossem procurar os vigias antes de Silméria retornar, um brilho passou pelos olhos do garoto, concordou mais uma vez com a cabeça e, antes que pudesse fazer qualquer outra coisa, deu um passo para trás quando a projeção espectral de Torak se materializou e andou até Balltier.

Respirou fundo e então, passado o susto, respondeu ao lobo.

- Também acredito que se nos dividirmos seria mais eficiente. Concordo com o... senhor.

Hesitou ao chamar Torak de senhor, não tinha certeza se era adequado, mas como era mais velho, lhe pareceu razoável. Voltou então a atenção para Hector, esperando uma reposta de seu novo superior.

Off:

Gente sério, desculpa o sumiço... acontece que... meu laptop pifou e eu demorei esse tempo todo pra arrumar :X Desculpa mesmo
A boa notícia é que agora as férias são oficiais... e posso postar na velocidade da luz, se tudo der certo

_________________


Ezer Macola
H.E.
FOR: E - ENE: F - AGI: C - DES: E - VIG: E
avatar
Ezer

Mensagens : 29

Ficha Secundária
Título: Nenhum
Lvl: 1
Raça: Humano

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Classica] O misterio na mansão Celebros.

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 2 de 2 Anterior  1, 2

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum